“Radicalização” palavra que assusta

Arruda aparentemente atingiu o objetivo ao ameaçar de “contar tudo o que sabe”. E segundo alguns, até mesmo da cúpula do DEM, “ele sabe muito”.

E um homem como Arruda, pelo passado e pelo presente, é bem capaz de tentar salvar o futuro, mesmo que seja chafurdando ainda mais. O que se percebe, é que o DEM, ao receber emissários do governador (ainda) demonstra todo o receio do confronto.

Assembléia Legislativa

Não votarão o impeachment de modo algum. São 24, 9 estão acusados e envolvidos. Ora bastariam mais 4 votos para salvar a todos. A decisão da OAB, será importante e deve ser anunciada dentro de pouco tempo.

O DEM preserva Paulo Otávio

Revelei isso, logo no primeiro dia do escândalo. O DEM perderia Arruda, mas ganharia o próprio governo, o vice é do DEM. Defesa do DEM: “Paulo Otávio não aparece em nada, falam o nome dele, não aparece no vídeo”. Além do mais, divulgarão: “O vice é um homem riquíssimo, sempre respeitado, por que se SUJARIA com essas bobagens?”.

A reviravolta de Lula

O presidente da República, em Portugal, afirmou, “esse fato não tem a menor importância, é preciso esperar o inquérito, o processo e o julgamento”. Isso foi considerado a favor de Arruda.

Na Ucrânia, já tendo conversado com gente do seu governo, mudou embora taxativamente. Essa segunda declaração, prejudica visivelmente Arruda, na medida em que ajuda a “coragem” do DEM.

A terceira de Lula

Mas o que se discute e se acredita, é que Lula não ficaria por aí. Chegando ao Brasil, ou do exterior mesmo, faria declaração que não precisaria de nenhuma interpretação. Liquidaria Arruda mas tranquilizaria o DEM.

A sucessão no DEM, ponto
para sepultar Arruda

Expulso ou desfiliado, Arruda consideraria uma boa solução. Certo de que não sofrerá impeachment, teria 1 ano no governo para escolher novo partido. Não conseguirá? Existem 22 partidos sem representatividade, que “adorariam” receber Arruda. E este garante, “os votos são meus e não de qualquer partido”.

Tudo pode acontecer.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *