Crise no PSL, que não aceita substituir Bolsonaro por Mourão nos debates

Resultado de imagem para general mourão

General Mourão está aguardando resposta do TSE

Jussara Soares, Marco Grillo e Eduardo Bresciani
O Globo

A decisão do PRTB de fazer uma consulta ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre a possibilidade de o general da reserva Antônio Hamilton Mourão substituir Jair Bolsonaro em debates na televisão ampliou a divisão na campanha do PSL. O movimento irritou a cúpula da sigla e um dos filhos do presidenciável, Flávio, afirmou que qualquer atitude sobre esse tema precisa passar pelo candidato, que está hospitalizado em São Paulo após ter sofrido um atentado há uma semana em Juiz de Fora (MG).

— O momento é de ter calma, não pode se afobar. Meu pai está se recuperando ainda. A prioridade é essa. É uma decisão (sobre o debate) que cabe exclusivamente a ele (Bolsonaro). Qualquer decisão importante como essa tem que passar pelo Jair. Ele é o capitão e todos nós temos que seguir. Se ele entender que vai o Mourão, vai o Mourão; se entender que eu vou, eu vou; se ele entender que ninguém vai, ninguém vai. Mas não é o momento disso ainda — disse Flávio ao GLOBO.

SEM LEGITIMIDADE – Na terça-feira, o general Mourão disse que seu partido vai consultar o TSE sobre a possibilidade de que ele, como vice, represente o cabeça da chapa nesse tipo de evento.

Mas o presidente do PSL Gustavo Bebiano,  principal articulador da campanha, também rechaçou a iniciativa do partido coligado. Ele afirmou que o PRTB não tem legitimidade para consultar o TSE sobre essa possibilidade. Bebianno enfatizou que Bolsonaro, hospitalizado há uma semana após levar uma facada, segue vivo e no comando da campanha.

– Qualquer coisa neste sentido (de substituição de Bolsonaro nos debates) deve ser conversado primeiro pelo PSL. Quem dá a palavra final chama-se Jair Bolsonaro, afinal de contas está vivo e é o nosso chefe, nosso líder – afirmou Bebianno ao Globo.

NOVA OPERAÇÃO – Bolsonaro sofreu nova operação no Hospital Albert Einstein, nesta quarta-feira e não tem previsão de alta. Desde de o ataque a Bolsonaro, há uma disputa interna entre militares e políticos aliados do presidenciável sobre os rumos da campanha. Enquanto o primeiro grupo defende que o general Mourão assuma os compromissos do cabeça da chapa, o segundo quer que o vice siga apenas participando de encontros com empresários, produtores rurais e pequenos grupos de eleitores, como ele já vinha fazendo.

O entendimento é que Bolsonaro é “insubstituível” e deverá fazer campanha de dentro do hospital, gravando vídeos aos eleitores assim que o seu quadro de saúde permitir.

– O PRTB não tem legitimidade jurídica para fazer esse questionamento – reafirmou Bebianno.

CONSULTA AO TSE – Em nota enviada à imprensa na tarde desta quarta-feira, o PRTB reafirmou que fará a consulta ao TSE e que a informação poderia ser solicitada por qualquer cidadão. Porém, disse que a decisão final será tomada “em conjunto pela coligação PRTB/PSL.”

Nesta quarta-feira, Mourão chegou ao Paraná para cumprir uma série de compromissos deste tipo em cidades como Cascavel e Londrina. Na sexta, o militar viaja para Manaus, no Amazonas.

– Tenho o maior apreço, o maior respeito pelo general Mourão. Identifico nele uma liderança de nível nacional e ele pode contar comigo como um soldado para qualquer missão. Tenho certeza que essa suposta iniciativa, em fazer essa consulta (para participar dos debates), não parte do general Mourão – minimizou Bebianno.

PANCADA EM CIRO – O presidente do PSL também respondeu às declarações do candidato Ciro Gomes (PDT) sobre Bolsonaro, a sabatina promovida pelos jornais O Globo, “Valor Econômico” e a revista “Época.” Na entrevista, Ciro afirmou que “Bolsonaro nunca administrou uma mercearia” e que, caso o adversário seja eleito, deixará a política.

– Ciro Gomes é um frouxo, um fanfarrão, que enche a boca para falar dos outros pelas costas e não tem nem 1% da estatura de Jair Bolsonaro. Para abrir a boca para falar de Jair Bolsonaro ele tem que se colocar de joelhos e se reduzir à insignificância dele.

###
NOTA DA DECISÃO DO BLOG
A decisão de descartar Mourão é insensata. O PSL também não tem legitimidade para evitar que o vice substitua o titular impedido por força maior. O TSE vai decidir e Mourão poderá participar dos debates, como já antecipou aqui na Tribuna o jurista Jorge Béja. (C.N.)

39 thoughts on “Crise no PSL, que não aceita substituir Bolsonaro por Mourão nos debates

  1. -Que BAIXEZA do PSL.
    -Será que querem usar um CADÁVER como TRAMPOLIM eleitoral?
    -Ou será que é parte da imprensa vendida que está dramatizando para gerar polêmica e gerar desconfiança?

    -Esse caso me lembra o do ENÉAS, que foi eleito e levou de carona SEIS CARRAPATOS grudados na barba, que, depois de eleitos, debandaram e “traíram a causa” para a qual tinha sido eleitos e deixaram o parlamentar FALANDO SOZINHO.

    Veremos.

        • Amiga se eu fosse da família alugaria um jatinho UTI e levaria para os EUA. Acho que a Globo contratou um país de Santo , pois no Fantástico fizeram uma reportagem sobre o Tancredo. …

          • Amiga depois que passar esse clima eu vou contar como aquele moleque que tentou sequestrar a filha do Silvio Santos morreu vítima de infeção generalizada …

          • Juro foi por isso que um meu amigo deixou a diretoria do IML e voltou a ser professor da FMUSP .
            De 2002 a 2006 eu trabalhei como voluntário no grupo de psicologia do HC que dava assistência a pacientes terminais , já vi de tudo …

        • Amigo o medico que salvou a vida dele na Santa Casa vai receber do SUS por todos os procedimentos 356 reais do SUS .
          Quando eu vejo o segundo hospital mais caro do Brasil fazer tanta K H da eu fico com o pé atrás.
          Até hoje não divulgaram a causa mortis das vítimas do avião do Teori , nem exame de toxicologia pulmonar que é procedimento obrigatório nesse tipo de acidente (?) fizeram , nem exame de sangue para determinar o nível de dióxido de carbono ..

      • Quando CN, escreveu que não gostava de teorias de conspiração eu, que também não sou dado a teoria de conspiração escrevi que os maiores beneficiados pela morte de bolsonaro seriam Mourão e Alckmin. Alckmin muito menos. Mas Mourão herdaria os votos do Capitão ou, não sendo eleito incitaria um golpe militar. Do exercito, pelo seu passado de golpes, poderia se esperar este tipo de coisa. Só que se houve um plano, o que eu não acredito (sou do tipo que só é convencido com provas), o plano deu errado pois Bolsonaro ficou vivo. Como bolsonaro perde para todo mundo no segundo, nenhgum dos outros candidatos se beneficiaria. Para que matar uma galinha morta. Só mourão se benifiaria.

  2. Boa tarde! Vejo muita MEDIOCRIDADE por parte do PSL nesse assunto. Mourão se sairá melhor que Jair se sairia nos debates que eventualmente venha a participar. Esse pessoal está discutindo o “varejo” enquanto deveria estar discutindo como baixar a rejeição a Jair pois hoje qualquer um o derrotaria no 2 turno. Se não se entenderem LOGO (sobre todos os temas da campanha) nadarão para morrerem na praia!!!

      • Eu acredito que o General seja mais preparado que Jair Bolsonaro. Minha modesta opinião. Sem contar que o capitão comprou briga com muita gente (mulheres, gays e etc) e sempre será cobrado sobre suas falas antigas nos debates diferentemente do General cujas polêmicas ocorreram menos vezes. Aliás, perde-se muito tempo, tanto nas entrevistas quanto nos debates, discutindo o passado como por exemplo na GloboNews (candidatos a vice) quando ficaram um tempo ENORME perguntando sobre 1964. O ano é 2018, quase 2019!!! Temos que olhar para frente!

  3. Diria Nhô Vitor, meu saudoso avô materno: O mourão, vara madura, não cai, mas “catucando por baixo” o general da “estatutária banda:, chega, oras pois….
    Chegou, o General da Banda, cantarolou Blecaute, em idos tempos.

  4. Pois é.

    Enquanto criticamos os candidatos ao Planalto, aonde estão nossos congressistas?!

    Vão continuar nessa vagabundagem até quando?
    Até o fim das eleições?
    E depois até o início do novo governo?
    Seis meses de vadiagem plena e total, recebendo mais de cem mil reais cada deputado e senador?!

    E queremos que os candidatos resolvam os problemas nacionais com esse Legislativo irresponsável, perdulário, vagabundo, incompetente, corrupto e desonesto?!

    Acho que estamos tanto nos iludindo quanto estarmos sendo iludidos pelas promessas de campanha!

  5. COPIADO da velha internet, HOJE, 13.09.2018:

    “””Gostaria de saber o que o TSE esta fazendo ? O LULADRÃO continua aparecendo no programa eleitoral,…”””

    o Poder Judiciário c.o.n.t.i.n.u.a a ser levado no DEBOCHE, ZOMBARIA, ESCÁRNIO, SARCASMO, MOFA, ACHINCALHE, A.V.A.N.I.A, AVACALHAÇÃO, CHICANAS e m.u.i.t.o m.a.i.s!

    ATÉ QUANDO ? Por que ?
    O Judiciário brasileiro precisa com urgência impor-se perante os LADRÕES de gola branca.
    O que falta ?
    Autoridade ?
    Ou é CONIVÊNCIA ?
    OU É M.E.D.O ???
    OU É RABO-PRESO ???

  6. O musiquinha irritante essa eleição!
    ♪♫♪♫
    PSL De quem é esse jégue?
    PSL De quem é esse jéguie…
    PSL De quem é esse jéguíí??
    ♪♫♪♫

    PSL – Partido Só Lorota

  7. Qualquer que seja o eleito, a partir da posse sigam a evolução patrimonial e os sinais de riqueza dos “cabeças” da campanha e do partido.

  8. Pois é! Os filhos do Bolsonaro devem suspeitar também de gente dentro das próprias Forças Armadas:
    ____________________________

    Mourão, o sipaio que “resolve problemas”, não perde tempo…

    Aceitei há alguns anos que burrice não tem cura. Mesmo que expliques tudo a um burro, ele nunca vai chegar lá, a não ser num golpe da fortuna. Sei que entre os meus leitores está a família Bolsonaro, que acompanha não apenas o blogue Prometheo, mas também o meu mural na rede social Facebook. Se fossem espertos, poderiam ter aproveitado o que lá postei no dia 26 de Julho.

    Mas preferem dar ouvidos ao seu guru, Olavinho de Carvalho, o tal que nunca acerta em questões de política, mas aos olhos dos fãs tem razão… Daí que frisei num post anterior a razão pela qual nunca tive problemas em aprender com um inimigo, mas mesmo assim vocês não quiseram perceber! Portanto, Bolsonari, não digam que eu não avisei:

    Facada nas costas: Mourão entra na Justiça para substituir Bolsonaro sem consultá-lo

    De resto, vos sugiro que desistam da campanha e peçam asilo numa outra nação. É que o enredo não tem final feliz, ao menos para os senhores, e falo isso considerando a hipótese de vitória da vossa chapa…

    http://libertoprometheo.blogspot.com/2018/09/mourao-o-sipaio-que-resolve-problemas.html

  9. É papel do general Mourão manter em evidência a candidatura da dupla. Não sei o motivo de o partido ser contra. Ainda que o TSE não autorize, o general tem de batalhar posições.

  10. Se parte de brasileiros , querem uma intervenção militar , aguardem . Caso aconteça uma tragédia e a chapa Bolsonaro e Mourão seja eleita , pelo que se vê , em pouco tempo , o segundo dará um golpe no primeiro . Se neste momento , mesmo não ganhando nada , já há disputa por poder , imaginem o que ocorrerá , caso Debi & Loidi cheguem lá . Que futuro nos espera ? Começou o barraco !

  11. Os militares não têm que ficar palpitando, comentando, “ameaçando”, em relação à política/administração pública; devem obedecer ordens, executar serviços, atividades, tal como o fazem jumentos e cavalos; alguém já viu jumento e cavalo falando? (o único cavalo que falava era o da série Mr Ed – Mister Ed é uma série de televisão estadunidense de comédia produzida pela Filmways, que foi ao ar pela primeira vez por Syndication, de 5 de janeiro à 2 de julho de 1961 e, posteriormente, pela CBS, de 1 de outubro de 1961 até 6 de fevereiro de 1966).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *