A seleção capenga do Dunga, felizmente não é definitiva

A única explicação: como é para jogo amistoso, fez um convescote e não convocação. Só 2 goleiros, o segundo Doni, onde joga e desde quando não joga? Gilberto (?), Michel Bastos (?), por onde anda André Santos? Felipe Melo (?) e Gilberto Silva (?) tudo interrogação.

Entre os “apoiadores”, só Kaká não leva interrogação. Elano (?), Julio Batista (?) e Ramires (?) como segunda opção? Não estão jogando nem nos seus clubes.

Único e verdadeiro quesito: “atacantes”. São esses 4 mesmos, não há o que fazer. Quanto aos dois Ronaldos, o fenômeno no limiar dos 33 anos, nunca esteve nos planos. (Não pela idade, Gilberto tem os mesmos 33 anos).

Ronaldinho não está descartado, mas as dúvidas e a não convocação, perfeitamente compreensíveis. Mas como substituto de Kaká, muito melhor do que os outros três. Mesmo jogando mal, preocupa os adversários. Ainda bem que não é a última convocação.

(No último ministério do Império, Ouro Preto encarregou um senador de comunicar por telefone ao Duque de Caxias. Como eram todos desconhecidos e Caxias já não ouvia nada, a cada nome, perguntava: “Quem? Quem?”. Ficou conhecido como o “ministério quem, quem”. Não durou muito).

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *