A volta de Carlos Germani foi a melhor coisa que aconteceu ao Blog

Carlos Newton

Eu e o engenheiro Carlo Germani já brigamos muito aqui no Blog. Temos uma relação conflituosa ideologicamente, embora ambos estejam do mesmo lado, lutando pelo bem e por uma sociedade mais justa. Agora ele está de volta, porque sempre comparece nos momentos de maior dificuldade. É uma pessoa com a qual realmente se pode contar. Na verdade, este Blog só existe por causa dele, Carlos Germani.

Quando a Tribuna da Imprensa fechou, Helio Fernandes fez um acordo com os Sindicatos dos Jornalistas e dos Gráficos, se comprometendo a retomar o jornal assim que fosse paga a indenização que lhe é devida pelo governo (União). Seu advogado, Dr. Luiz Nogueira, um dos maiores juristas do país, então sugeriu que se fizesse um blog, para manter viva a Tribuna. E o jornal retornou através da web, mas logo se mostrou inviável. Não tinha patrocinadores, a indenização não saía, Helio Fernandes não tinha dinheiro para sustentar o trabalho, caminhávamos para o fim.

Foi Germani que salvou o Blog, ao sugerir que os leitores e colaboradores passassem a contribuir, como fizemos como o jornal Movimento, no tempo do regime militar. Germani se incumbiu de tudo. Não somente conduziu a recuperação do Blog, como também o modernizou, chamando os chargistas Alpino, Duke e Sponholz para colaborar.

Agora, quando caminhamos novamente para o fim, Germani não se omite e volta ao nosso convívio, juntando-se a outros colaboradores ilustres, como Jorge Béja, que já tinham se reintegrado.

Quanto a mim, conforme prometi, ficarei até 20 de dezembro. Até lá, espero que as empresas citadas pelo Helio Fernandes já tenham organizado o novo Blog (ou Site) da Tribuna da Imprensa. Ou quem sabe Helio Fernandes e seu bastante procurador abrem um Blog (ou Site) com Pedro Porfírio? Tudo é possível e vale a pena.

Em meio a esse tumulto, com toda certeza, a melhor coisa que aconteceu foi a volta de Germani.

8 thoughts on “A volta de Carlos Germani foi a melhor coisa que aconteceu ao Blog

  1. Carlos Newton, não esqueça que sou um sexagenário.
    Você exagerou nos conceitos positivos sobre minha pessoa.
    Qualquer um fica emocionado.
    Vamos em frente,caro amigo.

  2. Ótima notícia , quando pessoas como o Carlo Germani que, como nós, que apenas nos preocupamos com fatos concretos sem essa de esquerda ou direita, talvez centro, engrossam as fileiras para rebater a mentirada da nossa esquerdinha , que nos governa e obscuramente vai levando o nosso país para o abismo do totalitarismo.

  3. A vida persiste e luta insistentemente pela sua integridade, reprodução e continuidade. Aesar das falhas evolutivas, a atividade neurológica persiste e resiste ao que reconhecemos como morte encefálica e as “experiências de quase morte” apenas confirmam a força e o capricho com que foi concebida a vida.

    Também vivemos nos outros. Vivemos em nossos filhos, em nossos amigos e mesmo naqueles que nos odeiam e perseguem. Estamos sempre incompletos, assim como toda a experiência, mas a unicidade fenotípica e a inigualável consciência nos centralizam com o primor da existência.

    Manifesto nesta Tribuna a sua eternidade.

    Onde quer que estejam viveremos sempre ligados, conectados por pensamentos verbalizados, transmitidos e impressos vividamente na alma.

    Ainda que nossos joelhos toquem nossos peitos, estaremos caminhando altiva e vividamente em pensamentos, com a projeção de músculos firmes e o moral mais elevado.

  4. Prezado Carlos Newton,
    Só vi o Sr. uma vez, numa recepção na casa do Sr. Mohamed Samad. O Samad falou uma coisa que o Sr. não gostou e o Sr. retirou-se no meio da festa. Isso demonstra caráter e personalidade. Depois que incendiaram a Tribuna da Imprensa, sempre procurei acompanhá-la pelo BLOG ou por qualquer meio escrito. É o único BLOG brasileiro que se pode ler, sabendo-se que, o que se lê É VERDADEIRO. O Sr. Hélio Fernandes me fez uma favor que nunca esqueci. Em 1962 uma amiga negra foi reprovada por racismo no vestibular da UEG. Não me lembro como cheguei ao Palácio Guanabara e ao Governador Carlos Lacerda. Relatei o caso ao Sr. Hélio Fernandes. Ele falou imediatamente com o Governador. Única vez na UEG que houve 2a. Época no Vestibular. Minha colega passou. Acredito que as rusgas entre vocês, devem uni-los e não separá-los. Precisamos do BLOG Tribuna da Imprensa.

  5. Por pertinência:

    “Reflexões sobre a linha editorial do Blog da Tribuna, enquanto Helio Fernandes não volta a escrever

    Publicado por Tribuna da Imprensa (extraído pelo JusBrasil) – 11 meses atrás

    Manter na internet um espaço independente como o Blog da Tribuna pode ser utopia. Muitos comentaristas reclamam do moderador, que nada mais faz do que seguir a inspiração de Helio Fernandes, que sempre manteve na Tribuna da Imprensa um debate livre, em que todas as facções ideológicas podiam se manifestar em defesa dos interesses nacionais.

    Alguns comentaristas estranharam, por exemplo, a publicação de um artigo de José Dirceu. Outros não aceitam que se esmiúce a vida pessoal do ex-presidente Lula, mesmo que os procedimentos dele estejam ultrapassando o importante limite entre o público e o privado.

    E assim vamos nós, tentando um equilíbrio na corda bamba deste sonho chamado de jornalismo independente. Por isso, pode-se dizer que no Blog da Tribuna tudo é permitido em matéria de opinião, menos ofensas pessoais. Vez por outra, temos de moderar algum comentário, a gente, tropeça e segue adiante.

    Estamos acima dos 6 mil acessos diretos, sem contar as reproduções em outros blogs/sites e o envio de matérias por e-mail por nossos comentaristas e seguidores, como se diz na gíria da web. Na segunda-feira passada, foram 6.146 acessos, segundo o contador americano histats.com; na terça, 6.385; na quarta, 6.398; na quinta, 6.289; e na sexta, 6.779.

    ###

    Aproveitamos para agradecer a todos que têm conseguido contribuir para manter o Blog da Tribuna, que hoje sobrevive em função de seus comentaristas, exatamente como aconteceu com o jornal Movimento nos tempos da ditadura militar, citado semana passada aqui por um de seus colaboradores, Jacques Gruman, que hoje escreve no site Carta Maior.

    A sugestão de haver apoio dos comentaristas partiu de Carlo Germani, quando o Blog ia ser extinto, por ter perdido os patrocinadores. Devemos a Germani a existência do Blog e também seu aperfeiçoamento. Foi Germani quem sugeriu a publicação de charges, entrou em contato com Alpino, Duke e Sponholz e conseguiu que eles autorizassem a publicação no Blog. Germani tem andado sumido, mas qualquer hora ele volta, é o que esperamos. Se Reis Barata já voltou, se Helio Fernandes vai voltar, por que Germani não voltaria?

    Hoje, estamos divulgando a relação de novembro, lembrando que a data corresponde ao dia em que a contribuição entrou na conta, e não ao dia do depósito. Assim, se o depósito foi feito dia 30 de novembro, por exemplo, pode ser que a entrada em conta só ocorra nos primeiros dias de dezembro.

    Bem ou mal, estamos conseguindo ir em frente. Muito obrigado a todos, e vamos ver até quando conseguiremos resistir, mantendo esse espaço livre na blogosfera da internet.

    DIA Nº OPERAÇÃO TIPO VALOR

    TOTAL …………………………………………………………R$ 1.093,98

  6. Caro Carlos Newton, não o conheço mas reconheço sua coragem e persistência e determinação em prol da liberdade de imprensa. Que tal jogar água na fervura e dar continuidade ao excelente trabalho que vem realizando no site da Tribuna da Imprensa. Segue e-mail enviado ao querido jornalista Pedro Porfírio.

    Querido Pedro Porfírio
    A indignação do Helio por conta dos comentários publicados é compreensível, mas não justifica, ainda que nós todos o consideremos o maior e mais combativo jornalista brasileiro, um motivo a mais para que participe das discussões nascedouro da luz.
    A meu ver não houve queda de braço, mas sim um entrevero em boa hora levado a público que melhorará o jornalismo nacional.
    Não devo e não posso entrar no mérito.
    O Helio Fernandes, Você, o Carlos Chagas, o Sebastião Nery e alguns outros não podem se dar ao luxo de enfrentamentos que coloquem em risco a publicação da Tribuna da Imprensa. Vocês não se pertencem e sim ao Brasil como guardiões da liberdade de imprensa.
    O dever os chama mesmo que doentes, por incrível que pareça.
    Recuar talvez, desistir jamais.
    Tribuna da Imprensa no ar sempre
    Forte abraço
    Ricardo Faria

  7. Faltou explicar se essa alegada relação de emprego, consequência do informado aviso prévio, existe ou será discutida ainda em foro apropriado. Se o HF negou essa relação trabalhista, há controvérsia nesse aspecto a ser esclarecida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *