Artigo de Mourão passa recados e tranquiliza os 6 mil militares que trabalham no governo

Mourão

Mourão afirma que ordem errada não é para ser cumprida

Merval Pereira
O Globo

O vice-presidente Hamilton Mourão foi dubio no artigo publicado nesta terça-feira no jornal “Estado de S.Paulo”, e espero que tenha sido de propósito.

Por exemplo, soa meio estranho quando afirma que a sociedade espera mais dos militares no cumprimento das missões constitucionais, porque das Forças Armadas têm que se esperar o cumprimento de sua função constitucional, que é garantir os poderes constituídos.

CRAVO E FERRADURA – Não sei o que mais poderiam fazer para cumprir sua missão. Ao mesmo tempo, destaca o papel das Forças Armadas nos EUA, garantindo a posse de Joe Biden depois da invasão do Capitólio.

E diz também que ordens ilegais não podem ser cumpridas. Ele deu uma no cravo e outra na ferradura, porque agrada os militares, garantindo que a participação deles é normal numa democracia e que as ordens cumpridas pelo Exército vêm de quem tem direito dentro da lei e da ordem.

Foi um artigo para se posicionar, e o fez bem. Garante aos seis mil militares que estão no governo que estão dentro da normalidade e dentro de suas capacidades. Se coloca como uma alternativa em caso de crise e leal em caso de o governo superar a crise.

6 thoughts on “Artigo de Mourão passa recados e tranquiliza os 6 mil militares que trabalham no governo

  1. Embora Mourão seja sinônimo de estaca fixa, esteio; ainda assim, ele se dá muito bem ao papel de “Amélia” e rebelde ao mesmo tempo!
    Quando perceber que não cabe mais na função de Vice, passará a se identificar apenas como Sub.

  2. Como já sabe que vai perder o emprego de vice-presidente na próxima eleição, o vice quer se descolar o máximo possível do mito. Com esta declaração começa a trilhar o próprio caminho, com o mito não caminha mais.

  3. Quais as especialidades desses 6 mil militares? O milico já tem garantido o salário, por que não dar oportunidade a civis jovens a procura de emprego.
    O que esses milicos sabem fazer? Puxa-saco não é profissão reconhecida oficialmente.

  4. Militares no governo civil nada tem de normalidade.

    Basta comparar o Brasil com qualquer outro país desenvolvido – isso mssmo, o Brasil não é um deles, isto é, desenvolvido, mas um país de quinta categoria, cheio de corrupto até a alma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *