Aviso que nos dá Jesus, dirigido a quem é ganancioso e ajunta bens desnecessários

Charge do Pelicano (Arquivo Google)

Jorge Béja

Vamos hoje deixar de lado as questões jurídicas e outras tantas que nos atormentam, que nos perturbam e nos escandalizam nesta Terra de Santa Cruz, chamada Brasil, e também no mundo inteiro. Vamos hoje reproduzir, numa redação e linguagem de fácil compreensão, esta passagem que se lê no Evangelho de Lucas (Lc, 12,13-21), necessária para a reflexão dos materialistas e gananciosos por bens materiais, por fortunas, adquiridas lícita e – o que é muito pior –  ilicitamente.

“Jesus estava no meio da multidão e ouviu alguém lhe perguntar: “Mestre, diga a meu irmão que reparta a herança comigo”. E Jesus respondeu: “Homem, quem me encarregou de julgar ou de dividir vossos bens?”. E disse mais: “Atenção, tome todo o cuidado contra qualquer tipo de ganância. Mesmo que alguém possua muitos bens materiais, seja muito rico e tenha muitas e muitas coisas, a vida de uma pessoa não consiste na abundância de bens”. E Jesus aproveitou aquele instante e contou esta parábola:

“A terra de um homem rico deu uma grande colheita. E ele pensava consigo mesmo: ‘O que vou fazer? Não tenho onde guardar minha colheita’. Então resolveu assim: ‘Já sei o que fazer! Vou derrubar todos os meus celeiros e construir outros muito maiores; neles vou guardar todo o meu trigo, junto com os meus bens. E aí poderei dizer a mim mesmo: Meu caro, tu tens uma boa reserva para muitos anos. Descansa, come, bebe, aproveita’. Mas Deus interveio e lhe disse: ‘Louco!. Ainda nesta noite pedirão de volta a tua vida. E para quem ficará o que você acumulou?’. Assim acontece com quem ajunta bens para si mesmo, mas não é rico diante de Deus”.

 

26 thoughts on “Aviso que nos dá Jesus, dirigido a quem é ganancioso e ajunta bens desnecessários

  1. Boa, Dr. Béja … tenho escrito que estamos em Treino do Juízo Final … depois do Treino – vem o Jogo, né???

    Sendo emedebista dos históricos … aprovamos a Anistia Ampla Geral e Irrestrita – pensávamos que traria Paz a Pindorama!!!

    Porém, na primeira oportunidade de revanche … Dona Dilma instalou a Comissão da Meia Verdade e da Meia Mentira … e na tréplica o Presidente Bolsonaro elogia Ustra, né???

    Ou seja … nem Esquerda nem Direita se perdoaram, certo???

    Um aperto de mão.

  2. Esse é o meu consolo. Após a vida, todos vão para o mesmo caminho, o Sheol, o pó da terra, onde nada sabem, onde nada aproveitam. Tudo é vento, tudo é vaidade, como diria Salomão.
    Bom mesmo é deitar a cabeça no travesseiro e descansar todas as noites em paz.
    Aos banqueiros, e avarentos, idólatras do dinheiro, verão o juízo de Deus.

    • acme, meu caro … no Sheol não se sabe … nem se aproveita – NOVIDADES … porém, o que se fez é inesquecível!!!

      Foram os etruscos os primeiros com a noção de demônios levando os mortos para o além … que aos poucos passaram a ter aspecto negativo!!!

      Os gregos assimilaram tais conceitos … que finalmente chegam aos judeus, cristãos e islâmicos.

      Um aperto de mão.

    • Bill Gates e Warren Buffet doaram 100 bilhões de dolares (50 cada um) para a Fundação Bill e Melinda Gates com o fim de assistir os necessitados por acreditarem que toda vida tem o mesmo valor.
      A Igreja Catolica tem muito mais dinheiro do que os dois bilionários caridosos. Só uma pintura de Michelangelo que foi encontrada atrás de um sofá no Vaticano faz pouco tempo deve valer 300 milhões de dolares. Qual deve ser o preço da Pieta? Não tem preço!
      No entanto a Igreja não tem nada equivalente á obra dos dois americanos de bom coração. E a Igreja Católica prega os ensinamentos do homem Jesus que deu origem ao Cristianismo, mas só oferece de graça oração!
      O meu pai de santo costumava me ensinar que a ação é que mostra a intenção, o resto é bullshit.

        • E os que se servem deles pagam pelos serviços. Escola então… Em Washington DC há uma escola católica famosa do início do século XIX. Ótima, mas os alunos pagam uma nota, senhor, Vou dar um chute bem certeiro: 10 mil reais por mês. A PUC é católica e não é paga?
          Refiro-me a iniciativas importantes para melhorar a vida dos povos sem recursos. A fundação Gates gerencia pesquisas na área médica para combater várias doenças de áreas subdesenvolvidas. A Igreja não tem esse tipo de enfrentamento do problema, falta vontade ou competència. Talvez porque eles pensem que basta rezar para resolver o problema.

  3. Jesus deixou um alerta para várias de nossas altas “autoridades”, que vêm se comportando mal nos Três Poderes da República, e para seus pares e comparsas que fazem o mesmo nos diversos países do mundo. Embora Jesus tenha falado isso há dois mil anos, sua palavra fica e continua atualíssima:

    ” Cuidado com os mestres da lei. Eles fazem questão de andar com roupas especiais, e gostam muito de receber saudações na praças e ocupar os lugares mais importantes nas sinagogas e os lugares de honra nos banquetes. Eles devoram as casas das viúvas, e, para disfarçar, fazem longas orações. Esses homens serão punidos com mais rigor – Lucas 20.46-47″.

  4. Ótima sujestão de leitura e de reflexão, grande Béja…
    Aliás essa leitura foi tema de reflexão em um encontro de Catequista aqui da paróquia onde moro no interior do estado de São Paulo divisa com Paraná.
    e nas reflexões nossas também foram citados esses episódios com os políticos.
    Parabéns…..

  5. Excelente texto.
    Ainda mais, disse Jesus: é mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha, do que entrar um rico no reino dos céus. Outra: juntai tesouro nos céus, que na terra as traças comem.
    Se Jesus viesse a terra nesse momento, viria com um chicote nas mãos, entraria nos templos religiosos e diria: a casa de Deus não é um comércio;
    Os pastores de algumas igrejas evangélicas, ocupam vários canais de televisão fazendo propaganda, em geral defendendo a materialidade para atrair mais fiéis, com isso mais dízimos e mais riqueza. Muitos desses pastores ficaram riquíssimos em nome de Deus e com forte poder eleitoral.

  6. -Ótimo texto.
    -Os homens mais inteligentes e altruístas da Terra não são (e nunca foram) os mais ricos, avarentos e acumuladores.
    -Ladrões então, nem se fala!

    • Seu Francisco, procure ler um pouco a esse respeito.
      Citei acima a obra de 2 bilionários americanos e há muitos outros que estão empenhados em melhorar a vida na Terra. Uma instituição eu sei que não é altruista: a Igreja Católica. E digo mais: geralmente a crença cristã é usado para enriquecer padres e pastores evangélicos. Autores associados a certas igrejas protestantes (poderia citar os nomes mas prefiro evitar) cobram 2 mil reais por um livro que ensina como vencer através de Cristo. Só um crente conhecido da minha família paga 1 mil dolares por mês para a Igreja. Isso é pura exploração, meu caro. Em paises avançados a Igreja está desaparecendo, mas cresce vertiginosamente nos atrasados. Até o Bolsonaro virou crente!

      • Prezado Jaburu, concordo contigo. O meu texto não foi excludente do teu.
        Me referi aos grandes gênios que deixaram como legado coisas que facilitaram a vida humana e as gerações futuras.
        Abraços.

    • Sr. Francisco..o texto que o Sr. Bejá ..postou…deve ser analisado sob a luz do contexto geral da mensagem do Evangelho …Fora disso é desvirtuar o sentido do texto alegando que tudo é culpa dos ricos…e que O ALTISSIMO é contra a riqueza..cousa que vc não encontra sentido algum nas Escrituras , pelo contrário. Portanto deve-se ater muito cuidado com este e demais temas das Escrituras …SEM desprezar seu contexto ..se não corre o Risco de se escrever besteiras.
      Só para te lembrar nobre amigo comentarista desta TRIBUNA …
      O ALTISSIMO ao longo do tempo em sua SOBERANIA E BONDADE ..tem levantado HOMENS que obtiveram RIQUEZAS imensas , estes homens nada mais foram QUE barros nas MAÕS do OLEIRO CELESTIAL e muitos destes FIZERAM enormes contribuições para combater a pobreza e a miséria em várias partes do PLANETA… a saber : Rockfeller, Carnigie , Vander Bild, Colgate…etc..etc…
      Portanto temos que ver nisso tudo sempre a COSMOVISÃO do ALTISSIMO … Saúde e Paz …
      O ALTISSIMO SEJA LOUVADO …sempre

      • O Altíssimo não sabemos, se é contra a riqueza, mas o Filho deixou expresso que ” é mais fácil um camelo passar pelo vão de uma agulha do que um rico se salvar”. E ele devia ter lá as suas razões para chegar a essa conclusão. Penso que se a riqueza é feita com o suor do próprio rosto, com muito trabalho, porque há seres humanos que são mais operosos do que outros seres humanos, não me parece pecado o acúmulo de bens, até como garantia de manutenção da prole, tendo em vista a pesada carga tributária sobre os mesmos, enquanto instrumento da geração do bem comum, com o acumulador fazendo a sua parte social. Não é porque mais dias menos dias todos iremos morrer que devemos ficar de braços cruzados a vida toda esperando a morte chegar, como muitos ficam, até porque se todos cruzarmos os braços todos morreremos mais cedo. Felizes são os que não se rendem aos cantos da sereias, não negociam a alma com o Satanás, que aprendem a ser econômicos para não ser corruptos e que se satisfazem com o estritamente necessário para uma sobrevivência decente.

        • Prezado Plebeu..Sr. Luiz Felipe …não leve nada aqui para o pessoal ok..estamos apenas debatendo cada um com seus conhecimentos sobre o tema ..ok..

          Então segura : Meu nobre ..quem disse a vc que o sentido do que o filho do ALTISSIMO escreveu termina de que os RICOS não serão salvos ? Seu erro foi o que eu escrevi ; vc pegou um texto fora do contexto e pimba achou que o texto abonava o que vc acredita . Pois fique vc sabendo meu caro que os maiores homens do ALTISSIMO ( YA)… foram homens de posses..posso te citar um que as escrituras o chamam de pai da fé seu nome ABRAHÃO … posso te dar mais um ..JACÓ(ISRAEL )…portanto meu caro o texto nada diz sobre ser não salvo por ser RICO …
          E no sentido TEOLÓGICO profundo meu nobre O PAI O FILHO E O ESPIRITO SANTO formam uma UNIDADE SÓ ..ok. meu nobre . Não existe essa do ALTISSIMO pensar uma cousa e o filho PENSAR de forma diferente meu nobre ..leia de novo o texto e seu contexto e vc vai ver. Abços . e paz para sua casa .

          O ALTISSIMO SEJA LOUVADO sempre

          • O Plebeu e o Nobre, dois em um, entende o seu lado e agradece o desejo de paz na casa e retribui desejando paz em dobro na sua tb. E que os entornos das nossas casas ou moradas tb tenham muita paz, porque eles estão muito doentes, irmão, perfazem ecossistemas endemoniados, em estado de surto psicótico permanente, e a impressão é que só Deus consegue dar jeito nisso.

  7. Bolsonaro, no fundo deve ser comunista, ataca tanto os comunistas, mas se apega a Jesus Cristo, o Comunista maior que já pisou no planeta terra, para caçar votos e vencer eleições. No Brasil, dos ensinamentos de Cristo o que mais pegou foi o “crescei e multiplicai-vos”, aqui o coro come pra valer, até o Bolsonaro disse que ” comia gente com o dinheiro do auxílio-moradia”. Ante esse ensinamento de Cristo não podemos condenar nem os que vivem de barracos em barracos fazendo proles e proles, para os pagadores de impostos sustentar todos os rebentos que que os barraqueiros põe no mundo, dez, vinte, trinta… O ruim da vida, neste caso, é o fato de “a velhice chegar cedo demais e a sabedoria tarde demais’, e com ambas a escassez de testosterona fato este que prenuncia o fim da vida.

  8. Dr. Béja, Jesus Cristo, foi a 2ª revelação de Deus-Pai, que nos deu o Código da Vida, o Evangelho, com sua Parábola, em razão da “santa ignorância dos homens”, conforme Ele mesmo nos informou: “nos fins dos tempos, mandarei o “Espírito Verdade” esclarecer o que não podes compreender,, e muito mais, Promessa cumprida, em 18 de abril de 1857, foi entregue a Humanidade o “Livro dos Espíritos” em Paris, pelo Professor Rivail, que assinou com o nome da Allan Kardec, por não ser obra sua, mas dos Espíritos, que “Codificou as mensagens dos 4 cantos do Mundo”, portanto, não é Obra do homem. Caro Dr. Jorge, duas Parábolas nos alertam, “A cada um segundo suas Obras e pagarás até o último ceitil,e a conversas com o Dr da Lei: Nicodemos, é preciso que nasças de novo, para alcançar Reino dos Céus.
    Os governantes do Mundo Material,políticos, justiça, e monetário e seus Cleros de falsos profetas, já tem garantido serem banidos para “Mundos inferiores” A muitas moradas na casa de meu Pai, ass. Jesus. Que Deus Pai nos ajude.

  9. Ontem eu não pude comentar mais um artigo importante, útil e pontual, do excelso dr.Beja, em razão do tratamento que venho fazendo.
    Espero que não seja tarde, e eu registre tanto o que aprendi com este texto, quanto o mínimo que entendo a respeito do assunto abordado.

    Dito isso, qual seria o maior problema do ser humano desde que surgiu neste mundo de Deus?
    E, por mais que o tempo passa, continuamos a ignorar a única e absoluta certeza que temos?
    Isso, mesmo, acertou quem pensou na … morte!

    Quanto mais a vida é abundante em termos de riquezas, patrimônio, dinheiro, menos o homem se sente mortal, finito, que a sua existência vai até onde exatamente ele NÃO SABE!

    Então, me vem à mente a parábola do homem rico e tolo (Lucas 12:16-21):
    Afortunado, rico, muitas terras, dezenas de empregados, queria ter uma vida plena, sem preocupações com o futuro.
    Pensou em acumular mais ainda seus bens, e tratou de construir silos maiores.
    Depois de prontos, feliz porque poderia dormir em paz, em razão que a sua produção maior ainda estaria protegida, eis que Deus lhe surge e afirma:
    – Rico e tolo, a tua alma vai ser tomada esta noite, e o que farás com a tua fortuna depois de morto?
    O homem morreu tranquilo de madrugada, nada levando consigo para o seu novo destino.

    Ao ler sobre homens riquíssimos, donos de fortunas incalculáveis, penso sobre esta parábola.
    De que adianta tanto dinheiro, acumular mais ainda, lucrar sempre, se o transcurso de nossas vidas é limitado, além de não sabermos quando que deveremos partir?
    Também de nada adianta, a meu ver, doações para entidades que lidam com a pobreza ou miséria, haja vista que uma boa parte do que foi ofertado se perde pelos caminhos da burocracia.
    Se um rico quer mesmo ajudar a diminuir a carência do ser humano, que construa escolas, hospitais, creches, postos de saúde, e pague os funcionários que tais edificações precisam para seguir adiante.
    Gastará bem menos, e a sua doação terá uma utilidade sem precedentes.

    Que siga ganhando o seu dinheiro, que mantenha a sua empresa, seus funcionários, seu patrimônio, mas parte dele que seja destinado aos que não tiveram a sua sorte ou competência ou estudos ou, até mesmo, a sua inteligência, o seu tino comercial.
    Lembrando sempre que a sua vida pode ser requisitada para outra dimensão ou planeta ou universo, deixando neste, onde nasceu, viveu e morreu, um legado de amor ao próximo.

    Este é um aspecto que jamais aceitamos debater, o limite de nossa existência, pois, com raras exceções, sabemos quando será a hora que seremos chamados.

    A segunda parábola que gosto muito, e é a minha preferida, que a leio volta e meia e ponho-me a pensar, é a seguinte (Mateus 20:16):
    Certa feita,um proprietário de terras precisava fazer a colheita de sua plantação, pois o tempo ameaçava com chuvas fortes, e ele não queria perder o que plantara com tantos esforços.
    Dirigiu-se à praça da cidade, onde lá ficavam trabalhadores à espera de serviço, e contratou os que havia à disposição, combinando o valor que pagaria a cada um.
    Percebeu à tarde, que os contratados não dariam conta do serviço, e foi novamente à cidade buscar outros trabalhadores que encontrasse.

    Nesse meio tempo, entre aqueles que levou cedo pela manhã até buscar mais alguns à tarde, um grupo de trabalhadores se desesperava pela falta de trabalho, significando que não teria dinheiro para o dia seguinte comprar alimentos para suas famílias.
    O avançado da hora indicava que ficariam mesmo sem serviço.
    Eis que chega o fazendeiro, e os contrata para ajudar na colheita, deixando-os felizes e animados.

    Na hora do pagamento, o proprietário das terras pagou a mesma quantia para todos, tanto os da manhã quanto os da tarde.
    Os que haviam sido contratados pela manhã, que trabalharam mais que aqueles que chegaram depois, reclamaram:
    – Senhor, não achamos justo que o dinheiro que nos paga seja o mesmo para aos trabalhadores que fizeram o serviço pela metade.
    O fazendeiro respondeu:
    – Por acaso não estou te pagando o que foi combinado? Não estás recebendo até o último centavo? O dinheiro é meu, e faço dele o quem bem quero.

    A mensagem de Cristo é uma das mais enigmáticas até hoje porque conclui ao afirmar:
    “Em verdade vos digo, que os últimos serão os primeiros, e os primeiros serão os últimos”.

    O que se pode depreender deste ensinamento?
    Na minha modesta opinião, o homem que teve a sua vida atribulada do início ao fim;
    Que teve de trabalhar diariamente para poder sustentar a si e família;
    Que jamais teve dinheiro sobrando, pois o que recebia da sua mão de obra era gasto em alimentos e roupas;
    Que teve uma educação modesta ou quase nenhuma, e sendo a sua existência disputada dia a dia com as circunstâncias desfavoráveis e dificuldades inerentes, terá a sua recompensa mais cedo que os demais, cujo tempo na Terra foi mais ameno, menos atribulado, menos preocupante.

    Os temores e receios de uma existência pobre, que se não trabalhasse de sol a sol diariamente não teria o que comer no dia seguinte, esta pessoa encontrará a devida compensação mais cedo do que pensa, precisa apenas acreditar, ter fé, e não esmorecer ou fraquejar.
    A persistência que o grupo de trabalhadores teve quando ficou à espera de trabalho mesmo com o adiantado da hora, onde dificilmente ainda seriam contratados, acarretando-lhes preocupação, desespero, mas, mesmo assim, tiveram a esperança que conseguiriam serviço, resultou frutífera, e receberam o mesmo que aqueles contratados cedo pela manhã, que dissiparam de suas mentes a preocupação com o dia seguinte.

    Finalizo, trazendo à tona, mais uma parábola maravilhosa, que nos obriga muito a pensar e que se relaciona com as duas que citei acima.
    Refiro-me a Mateus 6:24-34 (Não a escreverei com as minhas palavras, conforme fiz com as anteriores, mas a postarei conforme escrito no Novo Testamento):
    «Ninguém pode servir a dois senhores, porque ou odiará um e amará o outro ou se dedicará a um e desprezará o outro. Vós não podeis servir a Deus e ao dinheiro. Por isso vos digo: «Não vos preocupeis, quanto à vossa vida, com o que haveis de comer, nem, quanto ao vosso corpo, com o que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento e o corpo mais do que o vestuário? Olhai para as aves do céu: não semeiam nem ceifam nem recolhem em celeiros; o vosso Pai celeste as sustenta. Não valeis vós muito mais do que elas? Quem de entre vós, por mais que se preocupe, pode acrescentar um só côvado à sua estatura? E porque vos inquietais com o vestuário? Olhai como crescem os lírios do campo: não trabalham nem fiam; mas Eu vos digo: nem Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como um deles. Se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada ao forno, não fará muito mais por vós, homens de pouca fé? Não vos inquieteis, dizendo: ‘Que havemos de comer? Que havemos de beber? Que havemos de vestir?’ Os pagãos é que se preocupam com todas estas coisas. Bem sabe o vosso Pai celeste que precisais de tudo isso. Procurai primeiro o reino de Deus e a sua justiça, e tudo o mais vos será dado por acréscimo. Portanto, não vos inquieteis com o dia de amanhã, porque o dia de amanhã tratará das suas inquietações. A cada dia basta o seu cuidado»

    Nada tenho contra os ricos, pelo contrário, admito-lhes a capacidade de ganhar dinheiro.
    Tenho contra a pobreza, a miséria.
    Sou contra o desprezo de nossos governantes pelos que sofrem, contra as injustiças, contra as segregações.
    E sou contra a desmedida opulência, a riqueza incalculável, enquanto a fome e doenças são maiores ainda!

    O meu abraço ao eminente dr.Béja.
    Desejo-lhe vida longa, e muita saúde!

  10. Universal Francisco Bendl, senti falta ontem do seu comentário, sempre rico e didático. O artigo recebeu comentários de alto nível. Todos. Mas senti sua falta. Nunca é tarde. Veio hoje. Exuberante!

  11. Obrigado, caríssimo dr.Béja, pelas suas palavras sempre animadoras e encorajadoras dirigidas a mim.

    Mas este assunto é por demais importante, quando se acumula tantas fortunas neste planeta, e deixamos de lado incontáveis seres humanos também originários desta nave cósmica, sem o mínimo para suas sobrevivências!

    Se, comentei acima, que um dos nossos problemas é de não pensarmos na morte, onde teríamos uma qualidade de vida muito melhor, por mais paradoxal que possa parecer, da mesma forma abandonamos o maior sentimento existente e pertencente à espécie humana:
    O amor ao próximo!

    Logo, amizades como esta nossa, de nós para os demais amigos diletos e queridos que temos, meu caro dr.Béja, precisam ser mantidas, alimentadas, preservadas, à base de admiração e respeito, justamente o que sinto pelo senhor e outros amigos neste mesmo blog incomparável, onde compartilhamos nossas ideias, pensamentos, interpretações, convicções, opiniões, demonstrando plenamente o que somos!

    Outro abraço.
    Mais saúde!

  12. Perdão, Wendell, perdão.

    Não há o que roubar do pobre porque ele não tem nada!

    O mal dos riquíssimos seres humanos – a grande maioria – é deixar o pobre e o miserável nesta mesma condição, sem ajudá-los a viver com menos atribulações!

    Que não deem dinheiro, mas que propiciem emprego, trabalho, serviço, mais nada!

    Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *