Bolsonaro cita Clodovil e colega negro para rebater acusações de preconceito

FILE PHOTO: Federal deputy Jair Bolsonaro, a pre-candidate for Brazil's presidential elections takes part a protest against former Brazilian president Luiz Inacio Lula da Silva while the Supreme Court issues its final decision about his habeas corpus plea, in Brasilia, Brazil, April 4, 2018. REUTERS/Ueslei Marcelino/File photo ORG XMIT: HFS-SMS205

Bolsonaro busca mudar sua imagem na campanha

Ranier Bragon
Folha

Com uma extensa lista de declarações e atitudes polêmicas nos seus 30 anos de vida pública, o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) busca provar na Justiça, nas redes sociais e em entrevistas que não é racista, homofóbico ou misógino. Para isso, usa vídeos amistosos com amigos negros, como o relato de que salvou um colega negro da morte em 1978, e a troca de amabilidades com o costureiro e deputado Clodovil, morto em 2009, entre outros recursos.

A acusação de racismo contra o deputado tomou corpo em 2011 quando, em entrevista ao programa CQC, da TV Bandeirantes, respondeu que não iria discutir “promiscuidade”. Era uma resposta a uma pergunta da cantora Preta Gil sobre como ele reagiria caso um filho seu se apaixonasse por uma negra. Após a veiculação do programa, o parlamentar disse que tinha entendido “gay” no lugar de “negra”.

IMUNIDADE – O caso foi arquivado no Supremo, sob o argumento de que Bolsonaro goza de imunidade parlamentar e porque a emissora não forneceu a gravação original, sem edição, que permitisse juízo de valor sobre a possibilidade de engano em relação à pergunta.

No ano passado, nova polêmica. Em discurso no clube Hebraica, afirmou: “Eu fui em um quilombola [termo correto é quilombo] em Eldorado paulista. Olha, o afrodescendente mais leve lá pesava sete arrobas. Não fazem nada! Eu acho que nem para procriador eles servem mais”.

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, apresentou no último dia 12 denúncia por racismo ao Supremo Tribunal Federal. “Jair Bolsonaro tratou com total menoscabo os integrantes de comunidades quilombolas. Referiu-se a eles como se fossem animais, ao utilizar a palavra ‘arroba’. Esta manifestação, inaceitável, alinha-se ao regime da escravidão, em que negros eram tratados como mera mercadoria”, escreveu Dodge.

SOGRO NEGÃO – Bolsonaro nega ser racista e tem repetido o apelido do sogro, “Paulo Negão”, como um dos argumentos a seu favor. Ele e seus aliados também veiculam vídeos em que é elogiado por negros, um deles pelo jogador de futebol Somália.

No livro que escreveu sobre o pai (“Bolsonaro, Mito ou Verdade”), o deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) relata que no ano de 1978 o hoje presidenciável salvou um colega de morrer afogado. “Negão Celso”, como era conhecido, havia caído na água durante uma prova militar.

“Rapidamente, Bolsonaro arrancou a gandola, os coturnos e pulou na água para resgatá-lo. […] Uma evidente prova de ‘racismo’ de Bolsonaro já nos tempos da caserna”, ironizou Flávio.

KIT GAY – O rótulo de homofóbico Bolsonaro diz ter ganho por combater a partir de 2011 o que a bancada religiosa na Câmara batizou de “kit gay”, a distribuição de material sobre diversidade sexual nas escolas.

Em debate na Câmara em 2012, ele afirmou: “A tropa de homossexuais, agora, está batendo em retirada do campo de batalha. São heterofóbicos. Quando veem um macho na frente eles ficam doidos. […] Homossexualismo… Direito… Vai queimar tua rosquinha onde tu bem entender, porra!”

Bolsonaro coleciona, antes e depois do kit gay, declarações contrárias a homossexuais e troca de ofensas com o colega Jean Wyllys (PSOL-RJ), que é homossexual. Agora, afirma combater apenas o que chama de apologia gay nas escolas, que se dá bem como homossexuais e que até já contratou assessor gay.

ESTEREÓTIPO – “Ao contrário do estereótipo equivocado que o réu tenta imputar ao autor, este vê e trata homossexuais como seres humanos normais, detentores de direitos e obrigações”, diz peça de ação por danos morais que ele move contra o apresentador Marcelo Tas, que em entrevista o chamou de racista e homofóbico.

No mesmo documento, é relatado aparte elogioso feito por Bolsonaro, no plenário da Câmara, a Clodovil, que era homossexual. “Eu respeito a sua pureza, a sua inocência.”

“Um homofóbico iria à tribuna para elogiar, afagar e prestigiar um colega homossexual?”, pergunta sua defesa.

ESTUPRO E INJÚRIA – Em relação às mulheres, o presidenciável responde a duas ações penais no STF sob acusação de incitação ao estupro e injúria contra a deputada Maria do Rosário (PT-RS). Ele afirmou numa discussão – e, depois, em entrevista e pronunciamento – que não estupraria a parlamentar porque ela não merece.

O presidenciável defendeu em 2014, em entrevista ao jornal Zero Hora, o pagamento de salário mais baixo às mulheres, já que elas engravidam.

Advogado de Bolsonaro e presidente de seu novo partido, o PSL, Gustavo Bebianno diz que as acusações são injustas. “Ficam inventando essas bobagens, dando destaque a bobagens, como se tratasse de coisa séria. O Jair não é racista, tem 500 amigos negros”, afirma. Sobre Maria do Rosário, diz que foi só um bate-boca infantil. “Ele respondeu no calor das emoções. De cabeça fria teria outra atitude.”

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Daqui para frente, na campanha eleitoral, é hora de ataques. Os principais candidatos terão seu passado exibido em minúcias. Bolsonaro tem dito muita bobagem em sua vida pública, agora está adotando uma postura de maior maturidade, que será importante se quiser ganhar a eleição. (C.N.)

29 thoughts on “Bolsonaro cita Clodovil e colega negro para rebater acusações de preconceito

  1. O pior é uma grande nação (território população economia) como o Brasil ter um Bolsonaro liderando pesquisa e com reais chances de ser eleito presidente. Porém a falta de lideranças na politica é um mal mundial como comprova a última eleição nos EEUU com Trump e Hilary.

  2. Não vai ganhar os votos dos negros e dos homossexuais e ainda vai perder os votos dos racistas e homofóbicos. Mais para frente irá num terreiro e irá perder os votos dos evangélicos também. Isso só mostra que é um idiota. Não vai mudar o passado, então siga em frente. A melhor forma de ganhar a eleição não ficar tentando explicar o inexplicável. Apresente um projeto de governo. Mostre suas ideias. Se forem boas ganhará votos. Inclusive dos negros e homossexuais.

    • Querido, manda rápido pra justiça pra gente poder condenar logo esse cafageste omofobico negrofobico,
      Ce é um poço de informações está desperdiçado aqui,
      Nem o tas apresentou a fita original porque motivo vc as teria?

  3. Não vi nem ouvi nenhuma acusação de corrupção, esses jornalistas tão ficando preguiçosos até hoje não acharam nada pra denegrir a imagem desse facista machõa chucro, desse jeito ele vai ser eleito,
    tem de arranjar uma coisa qualquer pra sujar o cara se não vai ser no 1º turno.
    Mas bom mesmo é o ciro que estudou em ravarde.

  4. Poxa esqueci o Clodovil não pertencia ao movimento gay ele era escruido, assexuado, pois tinha orgulho de ser quem era e não de ser hétero ou gay.
    Mas se vivo fosse seria cabo eleitoral de JMB.
    E não to aqui fazendo propaganda do JMB não eu to só constatando noticiarios pagos para deturparem os fatos.

  5. Bolzonaldo, o interlocutor de epítetos como: ‘canalha’, ‘afrodescendente sete arrobas’, e de frases emolduradas na mídia, como:
    – “O grande erro da ditadura foi não matar vagabundos e canalhas como FHC.”,
    – “Estou me lixando para esse pessoal aí [do movimento gay].”
    – “Estou sofrendo preconceito heterossexual.”,

    Bolzonaldo, sabendo que atingiu o teto dos votos em seu favor e, consciente de que não dá pra nada, resolveu apelar ainda mais!

    A foto acima faz parte do ensaio proposto para posar em revistas gays no Brasil. Caso seja negligenciado, tentará sua sorte em casas de shows de striptease.
    Inclusive já ordenou, a um daqueles robôs que chama de filhos, que saia do armário, publicamente.

    Nos bastidores do Congresso, comenta-se que Bolzonaldo tenta se redimir, propondo diariamente á deputada federal inconformada, Maria do Rosário, o estupro negado publicamente…

    E correm boatos de que Bolzonaldo irá tatuar toda sua face de preto, aplicar botox nos lábios e mudar o timbre de voz , no estilo “negão boco moco”, para continuar sob os holofotes do ‘negócio’ presidencial..

    Com isso Bolzonaldo espera que mais pessoas possam eventualmente rever seus pontos de vista e votar em seu favor…

    CRENTE!

  6. Muita preocupação com o Bolsonaro, todo fim de semana tem matéria sobre o cara. Ciro Gomes atacando Bolsonaro direto. A cúpula dos partidos de centro e de esquerda já se deram conta que a possibilidade de Bolsonaro ganhar as eleições a margem dos grandes partidos é real. Os intitutos de pesquisa nem estão divulgando pesquisas semanais para evitar falar no nome de Bolsonaro e assim evitar reforçar seu nome na memória do público. A continuar assim, ele acaba se elegendo no primeiro turno.

  7. Se quer parecer magro ande com gordos, essa tática não adianta, atacar o outro não melhora o que não pode melhorar, seria mais produtivo informar os feitos e as capacidade do candidato mostrando os caminhos que pretende tomar para conduzir o pais, o tal JMB já falou o que pensa e com vai agir se não agrada vota no outro, ataca-lo não vai fazer o outro melhor.
    Procuro um bom candidato a todo custo, mas todos me empurram para JMB, tenho certeza que ele vai ganhar no 1º turno e a culpa vai ser dos outros candidatos que fizeram campanha pra ele, começando pelo pt

  8. A nossa esquerdinha , que destruiu este país e deu nó cego na sua economia, com a sua boa e velha malandragem de dizer que está do lado do trabalhador com seus delírios socialistas, e sabemos os resultados disso com mais de 17 milhões de desempregados causados por ela, com seus sindicatos de bandidos, CUT, UNE, Ongs, Leis Rouanets, MST,etc , com a mudança de nossas empresas para o Paraguai, etc, etc, etc., não pode esquecer um de seus fundamentos para destruir aqueles que enxergam o óbvio, com um de seus fundamentos principais que é o assassinato de reputações, através de calúnias e mentiras repetidas ad eternum.

  9. Se o Bolsonaro é “imbrochavel”, do Ciro Gomes não pode se dizer o mesmo, ele não disse que iria sequestrar o Lula antes de que o prendessem? Ciro Gomes brochou, pior é que ficou provado que ele é “brochavel”. Pede pra sair mané!

  10. É MELHOR A ESQUERDA JAIR SE ACOSTUMANDO. KKKKKKKK.

    Bolsomito neles.

    Continuem com esse argumento de politicamente correto. Viva a ditadura da minoria.

    A doutrinação do PT junto aos amantes da esquerda é fantástica. Só enxergam o que querem.

  11. Somente a título de curiosidade:

    A OBESIDADE E A INFERTILIDADE MASCULINA – “A obesidade interfere na fertilidade dos homens por causa das alterações hormonais – A obesidade tem causas multifatoriais. O excesso de peso não é resultado somente da má alimentação, mas também do patrimônio genético da pessoa, de aspectos econômicos e ambientais, dos hábitos de vida e do metabolismo individual, que pode sofrer de disfunções endócrinas. Quando uma pessoa está obesa, o organismo fica sobrecarregado, uma série de problemas é desencadeada e a saúde reprodutiva de homens e mulheres pode ser comprometida.

    Os homens podem sofrer com uma produção menor de testosterona, o que pode levar à redução da libido e problemas de ereção. Neles, também é observado o aumento do nível de estradiol, o que afeta a produção de espermatozoides.”

    “Muito se fala dos problemas de saúde associados à obesidade. Mas poucos se lembramos das questões reprodutivas. Há muitos estudos apontando que a obesidade nos homens pode afetar a fertilidade de muitas maneiras, já que compromete, entre outras coisas, a produção hormonal. Pode ocorrer declínio na produção de sêmen, pior qualidade dos espermatozoides, diminuição da libido ou disfunções eréteis.
    “Isso acontece porque o tecido gorduroso contribui para o aumento de hormônio feminino, prejudicando a ereção e a produção de espermatozoides de boa qualidade, quantidade, e com vitalidade”, afirma Vera Beatriz Fehér Brand, diretora do Pro-Seed-Banco de Sêmen.”

    “Uma das conexões as mais bem conhecidas entre a obesidade e problemas reprodutivos é a relação entre a obesidade e a infertilidade feminina. A Obesidade feminina diminui as taxas de gravidez bem sucedida em ciclos naturais da concepção.
    Nas mulheres que se estão submetendo a terapias reprodutivas acelerando e aumentar sua ovulação dá um ciclo para melhores possibilidades da concepção, a obesidade pode reduzir as taxas de gravidez também. Os Níveis elevados de leptin e os baixos níveis de adiponectin podem, igualmente, reduzir as taxas de concepção. A Fertilidade pode parcialmente ser restaurada se a perda de peso pode ser conseguida.”

    Fontes:
    fecondare.com.br
    news-medical.net
    proseed.com.br

  12. Um conceito, cunhado por preconceito e reiterado marteladamente pelo próprio pregoeiro; para demovê-lo do inconsciente coletivo, não é tarefa para tinner, ou muito menos para banana de dinamite!
    Bolsonaro criou um ALTEREGO para si: RACISTA PRECONCEITUOSO! Tá carimbado!
    Quem se sentiu ofendido, não precisa praguejá-lo ou denunciá-lo à justiça, basta converter-se em um cabo eleitoral, em desfavor desse ferrabrás e misantropo!

  13. Senhores,

    O Clodovil, perguntado por ativistas no Congresso Nacional se participaria da parada do orgulho gay, disse que “jamais iria”, pois é “a favor da família” (segundo outras entrevistas dele, não se pode ter orgulho do que se conseguiu sem esforço e que devemos nos orgulhar das vitórias conseguidas com luta!).
    Foi vaiado pelo movimento LGBT, decepcionando a Maria do Presidiário e outros ativistas que estavam presentes na ocasião…

    “-Eu não tenho orgulho de ser gay.
    Tenho orgulho do que eu sou.”

    “-Falta a nós batermos os pés pela cultura (e não pelos gays/movimento gay), pela educação, por outras coisas que são mais importantes do que por uma atitude de vida que não te condena em nada.”
    Clodovil Hernandez, durante a entrevista.

    Olhem a entrevista, veja o nível desse gay e o compare com o nível do “Gay Escarrador”:

    https://www.youtube.com/watch?v=tv-SugXwClk

    -Clodovil mostrou que, para ser gay, não precisa ser esculhambado, prostituto, barraqueiro, arruaceiro e amoral. A menos, é claro, que além de gay, a pessoa também seja esquerdista! É esse tipo gente que não gosta do Bolsonaro.

    • PS: Entenda como “esquerdista” as pessoas (ainda) simpatizantes do PT e da sua forma de governar(?) e ativistas dos partidos que foram gerados na sua barriga, durante a ditadura.

  14. Se Bolsonaro é fascista, Hitler e Mussolini são o quê? Ah! Pode ser fascista conforme a definição de Marcuse… Realmente esse Ciro Gomes é preparado… tão preparado quanto qualquer dirigente da UNE estudante de “humanas”, por exemplo.

  15. Clodovil tem 8 letras. Logo, 67,5% era bom (Clodo). Apenas 32,5% dele não prestava (Vil).
    Se você pegar o total de letras do nome dele, e multiplicá-lo pelo número de letras más (Vil) >8 x 3 = 24. Quer dizer: Clô não nasceu para ser gay, ele foi arrastado pela cabala inserta em sua onomástica.

    • Clodovil, certa vez, saindo do posto da PF na praia do Félix, Ubatuba, bateu com a mão na nádega, dizendo: “eu sei quanto vale essa bunda, meu querido”.!
      Clodovil era um homossexual inteligentíssimo. Nunca foi discriminado por ninguém, nem mesmo moralista radical, quando conversava em festas; as pessoas se impressionavam com seu intelecto.
      O Bolzonaldo é totalmente o oposto, um idiota, bundão!

  16. O “idiota” do Bolsonaro parece ser o único com uma estratégia definida para aumentar a sua base parlamentar sem o toma la da cá. São mais de 100 pre-candidaturas de policias civis e federais e militares da reserva. Vao intervir pelas vias democráticas, entrando na politica e tirando espaço dos corruptos. Em uma pesquisa que deve ser divulgada ainda nesta semana pelo Instituto Locomotiva, 81% dos eleitores declararam preferir votar em quem hoje não exerce mandato. Idéia magistral!

    • Eduardo Bolsonaro e Aluísio Mendes lançam ‘frente da PF’ para eleições
      O Antagonista

      No embalo da Lava Jato, os sindicatos de agentes da Polícia Federal resolveram lançar, amanhã, uma frente com 24 candidatos à Câmara dos Deputados e dois ao Senado.

      Eles dizem que a ideia é formar uma bancada com políticos compromissados com a segurança pública e o combate à corrupção.

      A frente é capitaneada por Eduardo Bolsonaro e Aluísio Mendes, que já são deputados e tentarão a reeleição.

      Na lista de pré-candidatos, estão: pelo Rio Grande do Sul, Ubiratan Sanderson e Marco Monteiro; por Santa Catarina, Edgard Lopes; pelo Paraná, Bibiana Orsi e Márcio Pacheco; por São Paulo, Eduardo Bolsonaro e Danilo Balas; pelo Rio, Sandro Araújo e Plínio Ricciardi; por Minas Gerais, Cláudio Prates; pelo Espírito Santo, Edmar Camata; pela Bahia, Anderson Muniz; por Alagoas, Flávio Moreno; por Pernambuco, Jorge Federal; pelo Ceará, Odécio Carneiro; pelo Maranhão, Aluísio Mendes; pelo Pará, Marinho Cunha; por Roraima, Barroso; pelo Acre, Jamyl Asfury; pelo Amazonas, Aldenir Araújo; pelo Amapá, Jorielson; por Rondônia, Bosco da Federal; pelo Mato Grosso, Rafael Ranalli; pelo Mato Grosso do Sul, Renée Venâncio e André Salineiro; por Goiás, Suender; por Tocantins, Farley; pelo Distrito Federal, Flávio Werneck e Santiago da Federal.

  17. “-Eu não votarei no Bolsonaro porque ele não tem papas na língua e, por isso mesmo, fala muita besteira por não pensar antes de falar!
    -Tens razão, compadre, ele fala muita mxxx!
    -Pois é, comadre! Eu votarei no Ciro Gomes…”

    Senhores, pelo menos veremos uma cena insólita: Um debate entre o Bolsonaro e o Ciro Gomes. E ao vivo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *