Bolsonaro debocha de relatório sobre os seus ataques contra a imprensa: “Ataque 300 : Perderam a boquinha”

Charge do Duke (otempo.com.br)

Deu no Correio Braziliense

O presidente Jair Bolsonaro fez piada, nesta quinta-feira, dia 15, a respeito de um relatório da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) que denuncia os sucessivos ataques que ele comete contra membros da imprensa.

No Twitter, Bolsonaro postou uma matéria do site de O Globo com o título: “Em nove meses, Bolsonaro cometeu 299 ataques ao jornalismo, diz relatório”. Acima da matéria, escreveu: “‘Ataque’ n° 300: Perderam a boquinha!”

 

HOSTILIDADE – O relatório da Fenaj sobre o qual a matéria fala foi divulgado na quarta-feira, dia 14. Segundo o levantamento, chamado Monitoramento de discursos, entrevistas e postagens em redes sociais, os 299 ataques ocorreram entre janeiro e setembro, o que corresponde a mais de uma declaração hostil aos veículos de comunicação por dia.

De acordo com a Fenaj, 259 dessas manifestações vêm em forma de descredibilização da imprensa. Outros 38 casos foram registrados como “ataque ao profissional jornalista”, como no caso em que o presidente disse ter vontade de “encher de porrada” a boca de um repórter. E outros dois casos são classificados como ataque à organização sindical.

Essa não é a primeira vez que o presidente ironiza levantamento desse tipo feito pela Fenaj. A um estudo semelhante divulgado no começo do ano, Bolsonaro respondeu, também pelo Twitter: “KKKKKKKKKKKKKKK”.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG 
Bolsonaro nunca terá noção do cargo que ainda ocupa e da postura que deveria ter diante do mesmo. A cada adversidade age de forma infantil, agressiva e rubrica repetidamente o seu total despreparo e a sua falta de sanidade mental. Pensa (?) que o Planalto é o seu botequim onde conta piadas, palita os dentes e arrota as suas asneiras. (Marcelo Copelli)

14 thoughts on “Bolsonaro debocha de relatório sobre os seus ataques contra a imprensa: “Ataque 300 : Perderam a boquinha”

  1. Parece que somos irmãos copellinos: eu penso exatamente a mesma coisa que o senhor pensa sobre o Idiota do Planalto: rude, tosco, narcisista…
    Vou parar por aqui porque sou cristão.

  2. Quando as pesquisas indicavam a ex-presidenta Dilma como imbatível para o senado em Minas Gerais, eu comentei: Confio no povo mineiro e a resposta será dada nas urnas e ela perdeu feio.
    Pode ser que seja o mesmo caso.
    De qualquer modo, parece que o Brasil não tem mais jeito não.
    Se o senador cuecão for cassado; assume seu primeiro suplente que é nada mais nada menos que seu filhote (de sangue).

  3. Desculpe Marcelo, infantil é aceitar o que a mídia diz sobre ele dia sim e dia não. Ele foi eleito para isso. Para acabar com o mimimi de “profissionais” de imprensa que querem fazer a cabeça da população. Foram orientados para isso pelos professores adeptos da teoria de esquerda, pelos treze anos de trevas que esse país viveu pelo aparelhamento das universidades. Não sei se você se enquadra nisso, aparentemente sim. Abrs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *