Bolsonaro imita Collor e diz que vai caçar “os marajás” do serviço público

‘Vamos acabar com a farra dos marajás’, diz Bolsonaro Foto: Domingos Peixoto/ Agência O GLOBO

Bolsonaro quer acelerar a reforma da Previdência

Jussara Soares

O candidato a presidente do PSL, Jair Bolsonaro, retomou, nesta terça-feira, o mote de Fernando Collor na campanha pela disputa pelo Planalto em 1989 e prometeu “acabar com a farra dos marajás”. A declaração do capitão do Exército refere-se a sua proposta de eliminar a incorporação de salários de cargos comissionados para o funcionalismo público. Essa seria uma das medidas para uma reforma da Previdência a ser apresentada por um eventual governo.

— Tem muitos locais no Brasil que o servidor público tem um salário x e tem um cargo em comissão. Depois de oito a dez anos, ele incorpora o salário. E depois de oito ou dez, ele incorpora de novo. Vamos acabar com essa farra de marajás — disse o presidenciável, sem detalhar a proposta.

PREVIDÊNCIA – Bolsonaro afirmou que, se for eleito, vai procurar a equipe do governo Michel Temer responsável pela Reforma da Previdência para apresentar a sua proposta. Segundo ele, o ato seria “um grande passo.”

— Não podemos é passar para o ano que vem sem fazer a reforma da Previdência — disse Bolsonaro, afirmando que vai apresentar uma proposta que tenha aceitação do parlamento.  — A proposta do Temer como está, se bem que ela mudou dia após dia, dificilmente será aprovada — disse.

Bolsonaro conversou com a imprensa por cerca de dez minutos no final da tarde desta terça-feira, após passar o dia gravando programas para o horário eleitoral que se inicia na próxima sexta-feira.

ATOS VIOLENTOS – O capitão do Exército comentou também sobre atos de violência que estão sendo cometidos por apoiadores de sua candidatura e disse que “não tem como controlar” a sua militância. Na segunda-feira, um mestre de capoeira baiano, após declarar voto no PT, foi atacado com 12 facadas em Salvador, na Bahia, por um homem que vestia uma camiseta de Bolsonaro. Questionado sobre como vê esses atos, o candidato respondeu: “o que tenho com isso?”

— Essa pergunta não tem que ser invertida? Quem levou a facada fui eu. Agora um cara com uma camisa minha comete lá um excesso, o que eu tenho com isso? Peço ao pessoal que não pratique isso, mas não tenho controle. São milhões e milhões de pessoas que me apoiam. A violência vem do outro lado, a intolerância vem do outro lado. Eu sou a prova, graças a Deus, viva disso daí — disse o candidato. Para ele, esses são episódios isolados: —  (O clima) não está tão bélico assim não. Está um clima acirrado, está havendo uma disputa, mas são casos isolados.

PLANO DE GOVERNO – Questionado se usará o segundo turno para detalhar o seu plano de governo, Bolsonaro disse que não tem por que fazer isso na disputa com Fernando Haddad (PT).

— (O plano) já está esclarecido. Entre mim e Haddad não tem que falar em plano de governo. Primeiro que ele é um fantoche, toda decisão que ele tem que tomar tem que ir para Curitiba conversar com o presidiário —  atacou Bolsonaro.

O capitão do exército citou um vídeo em que Haddad teria dito que subiria a rampa do Palácio do Planalto com Lula. O vídeo que circula nas redes sociais é falso.

PRESIDIÁRIO – “Como é que fica o Brasil perante o mundo elegendo o cara que pede benção para presidiário, que tem uma infinidade de processos contra ele. Imagine os derrotados do PT ocupando ministérios. Quem vai ser o ministro da Defesa? O João Pedro Stédile? Quem vai ser o chefe da Casa Civil? José Dirceu? Será que nós queremos isso para o Brasil?

O candidato do PSL, que terminou a votação do primeiro turno com 46,03% dos votos, já teria sido procurado por dois presidenciáveis. Ele, no entanto, não divulgou os nomes. O DEM também já estaria em negociação para apoiá-lo. O DEM é o partido do deputado federal Onyx Lorenzoni, responsável pela articulação política de Bolsonaro. Nesta quinta-feira, a campanha prepara uma reunião com parlamentares de diversos partidos para oficializar apoios para o segundo turno.

26 thoughts on “Bolsonaro imita Collor e diz que vai caçar “os marajás” do serviço público

  1. Bolsonaro acaba de anunciar o 13º salário para o Bolsa-Família !

    É só acabar com a fraude que dá e sobra pra fazer isso !

    Obrigado Mourão !!!

    • Mata dois coelhos: seduz os eleitores mais pobres e livra o vice da acusação de querer acabar com 13º.

      E ainda dizem que esse cara é burro…

  2. A cada eleição aparecem heróis inflados por artificialismos que, não desmistificados, após o processo fica tarde para avaliar que as diferenças de uns para os outros se apresentam na fórmula com a qual se entrelaçam no Congresso Nacional. Observo que as bancadas mais conservadoras, neste segundo turno, estão ao lado de Jair Bolsonaro como nas eleições passadas apoiaram Aécio Neves. Quem duvida pesquise as correlações de forças e consequentes posturas nas eleições 2014 ou nesta, analisando posições colegiadas ou individuais adotas em cada matéria votada nas comissões ou no plenário, assim como o perfil dos apoiadores de um lado e de outro. Portanto, diante da importância desta etapa final das eleições presidenciais, os perfis das bancadas eleitas podem (ou devem) ser apuradas como parâmetro, a tempo de estabelecer reflexão mais centrada sobre os destinos de nosso país.

    Não é novidade que o deputado federal Jair Bolsonaro atua no meio de bases conservadoras e reacionárias na Câmara dos Deputados, há 28 anos, tendo no entorno dezenas de parlamentares envolvidos em corrupção que já celebravam sua eleição à Presidência da República bem antes de se consagrar vencedor no primeiro turno, expressando tal realidade pelos estados e municípios. De forma que é falso manter o debate sob a ótica moralizante, como instigam desde a velha UDN e o conservadorismo costuma pautar. A propósito, devemos cobrar do Poder Judiciário que seja ágil e eficaz na punição de envolvidos em escândalos e ao Congresso Nacional (Câmara e Senado, em cujas casas legislativas atuarão esses 350 bolsominios parlamentares) que investigue com rigor os casos de corrupção, enquadrando corruptores empresários ou corruptos políticos sejam de qual linhagem ideológica forem.

    A esquerda que tanto vem sendo responsabilizada por desleixos públicos e desmandos administrativos, como alguns costumam generalizar e por razões óbvias de sua natureza os grandes grupos midiáticos induzem a isto, outra vez elegeu não mais do que 150 parlamentares contra esses aproximados e espantosos trezentos representantes da direita, restando 63 na margem de erro que flutuam conforme as matérias. As políticas nacionalistas e sociais que saem do Congresso são meras concessões dessas maiorias, obtidas a custo de muita luta, no mais prospera o entreguismo como quem vende a alma ao custo de bananas. Então, vamos debater como Bolsonaro poderá agir no poder, já estando amarrado com tais apoios? Combater corrupção só na conversa demagógica já celebrando acordão com as bancadas da bala (Taurus), da bíblia e da bola que juntas teriam condições de moralizar o país mas agem contrariamente, não dá. Francamente!

    CONTA REFEITA: Em julho, Onyx afirmou que Bolsonaro teria uma base de 112 parlamentares, de diversos partidos de centro e direita, incluindo DEM, PSDB e MDB. Agora, ele afirma que essa base mais que duplicou para cerca de 350 com a formalização do apoio das bancadas evangélica, rural e da segurança. Ele acredita que essa proporção deva se manter na próxima legislatura, principalmente devido à eleição dos 52 deputados do PSL. “A conta está sendo feita. Estou indo na quinta-feira para o Rio de Janeiro para fazer a projeção dos novos”, disse. https://politica.estadao.com.br/noticias/eleicoes,bolsonaro-devera-ter-base-de-mais-de-300-parlamentares-caso-eleito-diz-onyx-lorenzoni,70002540832

    EM TEMPO: O deputado Onix Lorenzoni recebeu R$ 100 mil da empresa para pagar despesas de campanha e não declarou, crime eleitoral segundo acentua o ministro Luís Roberto Barroso: “Caixa 2 é crime, desvalor de conduta que precisa ser adequadamente punido na nossa legislação. É objeto de reprovação, não há dúvida alguma. Ele desiguala a disputa eleitoral. É abuso de poder, abre a porta para troca de favores. O caixa 2 em tudo é negativo, é nefasto para o processo democrático”. https://congressoemfoco.uol.com.br/especial/noticias/em-video-deputado-onyx-lorenzoni-admite-ter-recebido-dinheiro-de-caixa-2/

  3. O DEM já chega sentando na janela. Recebe não menos que a Casa Civil. Que é um cargo eminentemente político. Quanto ao fato ocorrido em SSA, cabe lembrar de quem tem usado de força e violência desproporcionais deste o começo da campanha, assim que saíram as primeiras pesquisas eleitorais. A esquerda veio feroz até com campanha de negação exclusiva a um candidato, alardeando aos quatro cantos que o candidato do PSL era a nova roupagem do próprio Hitler, visto que não teria como chamá-lo de corrupto, apesar de todos esforços e gastos. A esquerda “planta vento” desde o início e ainda está saindo bastante barato. É um fato deplorável uma pessoa perder a vida por suas convicções políticas, mas como já disse, o brasileiro chegou a isso graças ao contumaz esforço da esquerda em segregar e separar os cidadãos do país, seja pela cor, sexo, religião e gênero. Associados a ela temos os escândalos históricos do Mensalão, Petrolão e a situação tenebrosa que se encontra a Venezuela, país onde a esquerda foi mais longe na saga que ainda tentam impôr ao Brasil. Como disse, isso já seria demais para qualquer povo e está saindo bem barato no Brasil.

  4. Fosse aqui um país minimamente civilizado, todo o partido do crime estaria na cadeia, mas para a mídia, que sabemos é toda corrupta, pois vive das verbas do governo, do nosso dinheiro e ainda adota o falso moralismo das esquerdas, isso não interessa .

    • Quando a sua maçonaria estiver firmada no comando do Brasil, pode ser em Janeiro mesmo, sem mudar nada, ai ja estaremos a frente da Oustráulia, e ou nao e!!!?

      Os princípios anti-católicos, o fim da soberania nacional, o estado liberal pra o Brasil ser anexado pela nova ordem mundial, a federação única maçônica….

      Ai estaremos australianos o suficiente para ouvir um elogio sobre a nossa terra… ÔPS! A de voces!!!!!
      Que enquanto for nossa vai ser essa merda que proclamas, todo o tempo…..

      &@!X$£”)Z!

  5. Prezado Carlos Newton,
    O texto a seguir, é um depoimento verdadeiro não é fake news em absoluto.
    Gostaria de postar a foto deste Sr. que relata o acontecido, mas não é possível fazer isso porque o Blog não permite por questões técnicas.
    Posso encaminhar a mesma pro Sr. para para o conferir a veracidade.
    Sr. CN, comprove com seus próprios olhos a minha postagem.
    É uma foto muito bacana e emblemática.
    Se o Sr. quiser pode publicar a foto junto com o texto em formato de matéria.
    Claro que cabe só ao Sr. está decisão.
    Acho que o Bolsonaro merece este afago no seu Blog.
    Aproveite também pra fazer a sua Nota da Redação que é sempre elucidativa e que transcreve a realidade do texto em tela em poucas, mas ótimas palavras
    Me despeço cordialmente.
    José Luis.

    História de uma simples foto – 03/03/2018
    Aeroporto Internacional de Dubai – Emirados Árabes Unido.
    Estava retornando de viagem da Tailandia para o Brasil – partindo de Bangkok para São Paulo com conexão em Dubai, quando minha esposa me chama atenção que um homem sentado no chão do aeroporto parecia com o Bolsonaro, olhei e falei pra minha esposa e o Bolsonaro sim, achei incrível encontrar o Bolsonaro em Dubai, mais incrível ainda sentado no chão do aeroporto, me dirigi a ele e falei brincando, “cara que vc esta fazendo em Dubai sentado no chão?” Ele de forma muito simples e simpática disse que estava fazendo conexão também de uma viagem à Ásia para conhecer experiências exitosas nesses países para aplicar no Brasil, perguntei a ele se estava viajando sozinho, disse que com seu filho Eduardo, perguntei só vcs dois ele disse sim, achei incrível, como vai conseguir ser eleito Presidente dessa forma, sem nenhum assessor, com essa simplicidade toda, conversei com Bolsonaro por 20 minutos sentado com ele no chão do aeroporto, íamos embarcar no mesmo voo da Emirates para São Paulo, me despedi de Bolsonaro e fui embarcar um voo de 14 horas , claro classe econômica, estou no meu assento olho para o lado e vejo Bolsonaro sentado 5 poltronas do meu assento junto com seu filho, falei comigo mesmo, inacreditável um candidato à presidência do Brasil, sentado no chão do aeroporto, conversar comigo por 20 minutos e vir na classe econômica num voo de 14 horas e pretende se eleger Presidente do Brasil, será?
    Vamos saber disso amanhã.
    03/03/18 – o dia que conversei com o Presidente Bolsonaro por 20 minutos sentado no chão do aeroporto.
    O Brasil acima de tudo e Deus acima de todos!
    Fiquem com Deus e bom final de semana!

  6. Marajás são os prolamentares. Acabe mesmo com as mordomias, auxilio moradia, ida e volta às bases de avião, telefones, selos, tudo tudo que o cidadão comum não tem. Que eles vivam dos vencimentos, como nós vivemos.

    • Isso mesmo1 Bozo tem salario de 8 mil reais ha 28 anos, tem auxilio moradia mesmo possuindo dezenas de imoveis….

      Tem um Gabinete onde só se lê, nas paredes, insultos aos menos favorecidos, dizeres como: ‘DIREITOS HUMANOS: ESTRUME DA VAGABUNDAGEM’ …
      Marajá prolamentar….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *