Bolsonaro não levou Guedes e Araújo ao Japão, mas o filho Eduardo está na comitiva

Resultado de imagem para ernesto araujo e guedes

Guedes e Araújo foram barrados no baile (ilustração: revista Piauí)

Pedro do Coutto

Matéria de Ana Kruger, Carla Araújo e Fabio Murakawa, na edição de ontem do Valor, destacou que em sua viagem à reunião do G-20 no Japão o presidente Jair Bolsonaro não levou os ministros Paulo Guedes e Ernesto Araújo.

A omissão enfraquece principalmente o Ministro Paulo Guedes, que já vinha revelando sinais de enfraquecimento junto ao Palácio do Planalto.

O outro ministro, Ernesto Araújo, é fraco pela própria natureza. Na viagem, foi substituído pelo “chanceler informal”, deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).E o presidente levou também o amigo Filipe Martins, assessor internacional da Presidência; o assessor Arthur Weintraub, que colabora no Planalto; Carlos França, chefe do cerimonial da Presidência; e o deputado federal Helio Lopes (PSL-RJ).

Nesses anos todos de política, jamais vi tamanho desprezo aos ministros. É preocupante.

10 thoughts on “Bolsonaro não levou Guedes e Araújo ao Japão, mas o filho Eduardo está na comitiva

  1. O grande e experiente Jornalista Sr. PEDRO DO COUTTO analisa a não ida ao G-20 de Osaka -Japão do Ministro da Fazenda PAULO GUEDES e do Ministro das Relações Exteriores ERNESTO ARAÚJO.

    O G-20 compreende 90% do PIB Mundial e 80% da População Mundial.
    Segundo a Imprensa, os principais Temas no geral serão:
    1- Estado de tensão pré-Guerra EUA-Iran no Golfo Pérsico, local de produção e passagem de +- 30% do petróleo leve mundial.
    2- Disputa Comercial via Tarifas de Importação entre EUA – China.
    3- Coreia do Norte e suas Bombas Nucleares potencializadas pelos seus foguetões inter-Continentais.

    Assuntos de especial interesse e da esfera de influência direta do Brasil:
    1- Finalização do Acordo Comercial MERCOSUL – UNIÃO EUROPEIA, que vem se desenrolando há mais de 10 Anos.
    2- Entrada do Brasil na OCDE ( Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico ) que reúne os 36 Países mais Industrializados e Ricos e que defendem a Democracia representativa, Economia de Mercados e é um grande Forum para aumentar o Padrão de Vida dos POVOS. Tem sede em Paris-França.
    Para o Brasil, pertencer a OCDE é como ter um selo de aprovação internacional de sua Economia, facilitando Investimentos Diretos e Captar Capital com Juros mais baixos.
    3- Fomentar acordos de Comercio Bi-Laterais com TODOS participantes.

    Como diz nosso Colega Sr. POLICARPO, nosso Ministro da Fazenda Sr. PAULO GUEDES está no Congresso tratando da aprovação da Reforma da Previdência especialmente a inclusão da Previdência dos Estados e Municípios que se deixados de fora, inviabilizam a estabilidade Econômica Brasileira.
    O Ministro das Relações Exteriores Sr. ERNESTO ARAÚJO está em Bruxelas-Reino da Bélgica , sede da União Europeia, tratando da finalização do Acordo MERCOSUL-UE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *