Brasil de Bolsonaro imita a Rússia de Stalin, e a História enfim se repete como farsa…

Yezhov sumiu; depois, Lenin e Trotsky, e só restou Stalin

Carlos Newton

Uma das frases mais conhecidas do grande filósofo, economista e jornalista Karl Marx na verdade não é dele, mas do genial pensador Friedrich Hegel, também alemão, e que foi um dos inspiradores das teorias que Marx viria a desenvolver junto com o amigo Friedrich Engels.

Criador do movimento do Idealismo Absoluto, Hegel era fascinado pela Revolução Francesa e pelas obras de Spinoza, Kant e Rousseau. Foi ele que criou a frase “a história repete-se sempre, pelo menos duas vezes”. Na abertura de seu famoso ensaio “18 de Brumário de Luís Bonaparte”, o jornalista Marx esticou a frase, adicionando: “a primeira vez como tragédia, a segunda como farsa”.

O BRASIL CONFIRMA – Quase dois séculos depois, a política brasileira vem confirmar esses pensamentos de Hegel e Marx, com o corre-corre no Palácio do Planalto, nesta quarta-feira, dia 7, para dar tratamento a fotos e vídeos que traziam a imagem do ex-deputado Valdemar Costa Neto, presidente nacional do PL e um dos ícones da corrupção brasileira.

Uma semana depois de ser recebido em audiência especial pelo presidente Jair Bolsonaro, para consolidar a adesão ao governo, o trêfego Costa Neto, que foi preso e cumpriu pena no mensalão, tornou-se convidado especial na posse da nova ministra da Secretaria de Governo, deputada Flávia Arruda (PL-DF), que vem a ser casada com José Roberto Arruda, o primeiro governador brasileiro a ser preso durante o mandato e condenado a mais de sete anos de cadeia, vejam bem como caiu a frequência do Planalto, que agora só falta recepcionar milicianos e chefes de facções.

A IMAGEM SUMIU – De acordo com as informações disponíveis no histórico da imagem, a foto foi feita às 11h16m42s desta terça-feira, dia 6, e ficou disponível no “Flickr” (site do Planalto) ao menos até as 16h40m46s, horário em que a Folha fez o download do material. À noite, no endereço que correspondia à cerimônia, aparecia a mensagem “Parece que a foto ou o vídeo que você está procurando não existe mais”.

E aí a História enfim se repete como farsa, exatamente como aconteceu na União Soviética, quando o ditador Josef Stalin, ao fazer o expurgo, foi mandando apagar as fotos dos líderes que caíam em desgraça.

Uma dessas fotos célebres mostra Nikolai Yezhov, Stalin, Trotsky e Lenin. O primeiro a sumir foi Yezhov, chefe da polícia secreta NKVD, anos depois foi apagado Trotsky. Por fim, desapareceu até Lenin, e só ficou o sanguinário Stalin, com a imagem rejuvenescida e colorizada.

###
P.S. – É extraordinária a capacidade de Jair Bolsonaro fazer tudo errado. Dia após dia, ele vai emporcalhando não somente o prestígio do país, mas também a imagem dos brasileiros, sejam civis ou militares, que já viraram piada no exterior. Bolsonaro não sabe governar, todo mundo já percebeu isso. Assim, ele deveria renunciar e deixar o abacaxi no colo do vice Mourão, para que a gente possa readquirir um mínimo de esperança. (C.N.)

8 thoughts on “Brasil de Bolsonaro imita a Rússia de Stalin, e a História enfim se repete como farsa…

  1. E então, Mourão assumindo, a TI e seus cabeças vermelhas, entram em nova subversiva e incansável fase de derrubada de um assim feito “novo inimigo”!
    “General da banda.”
    Blecaute

    Chegou o general da banda, he he
    Chegou o general da banda, he he
    Chegou o general da banda, he he
    Chegou o general da banda, he he
    Mourão mourão
    Vara madura que não cai
    Mourão, mourão, mourão
    Catuca por baixo que ele vai
    Mourão mourão
    Vara madura que não cai
    mourão, mourão, mourão
    Catuca por baixo que ele vai
    Chogou o general da banda, he he
    chegou o general da banda, he a
    General, general
    Chegou o general da banda, he he
    Chegou o general da banda, he a
    General, general
    Mourão mourão
    Vara madura que não cai
    Mourão mourão
    Catuca por baixo que ele vai
    Mourão mourão
    Vara madura que não cai
    Mourão, mourão, mourão
    Catuca bor baixo que ele vai
    Chegou o general da banda, he ha
    Deixa amanhecer
    Chegou o general da banda, he he a
    General general.
    https://youtu.be/aFnb9pC2AOg

  2. Fica tranquilo CN pois em 2022, na disputa Lula x Jair os antilulistas, sócios do caos no pais, vão felizes as urnas para confirmar que fazem parte do club do Bolsonaro.

  3. Esperança, sob a égide do sistema podre ? Só quando a galinha criar dente, como já dizia a minha avó. Lambança vc entra em profusão na prateleira dos me$mo$, mas esperança já roubaram tudo, a coisa está igual buracos de mina de ouro explorada à exaustão.

  4. É triste constatar, mas existe gente que ainda não entendeu o desastre que o boçal se constitui para o Brasil! Talvez seja necessário ele levar o país à completa falência e à total zombaria de todo o resto do mundo para que compreendam. Só espero que não seja tarde demais !!!

  5. Segundo o hegelianismo, “O universo é uma totalidade integrada, sujeita a um movimento gerado por sucessivas contradições……….”
    Nesta definição, CONTRADIÇÕES, seria a palavra que isentaria Bolsonaro de quaisquer incoerências!

  6. ANTONIO; foi necessário a rainha proferir “estão reclamando de que?!!! Se não tem pão que comam brioches.” para acontecer o que aconteceu na França do século 16.
    Necessitamos de muito mais (disso) aí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *