Considerações de Mafra sobre o apagão do blog da Tribuna

Marcelo Mafra

Lembro que enviei em 7/4/2013 este comentário: “Está parecendo realmente que algo foi modificado no próprio servidor da UOL. Pode ter sido feito involuntariamente ou de propósito, e até mesmo por hackers. Nesses sistemas, os erros ficam registrados num arquivo específico (Log), que, ao ser analisado, pode indicar a origem do problema. Os códigos de erros e seus significados são específicos do sistema que eles utilizam. Talvez fosse conveniente alguém ir até o local como seu representante, para resolver pessoalmente junto à empresa, e tentar identificar o que exatamente está acontecendo, atentando para a possibilidade de os problemas serem propositais.”

Apesar de algumas explicações que foram dadas, como número excessivo de usuários etc, não me pareciam satisfatórias, pois mesmo no meio da madrugada, ao tentar acessar, os mesmos problemas aconteciam.

Mais uma sugestão: Será que o serviço de suporte da UOL poderia lhe informar o “endereço IP” de onde partiu essa ação de configuração interna indevida que você citou? Por aí já se poderá ter uma noção da origem do ataque.

Não dê tanta atenção ao nome, que pode ser que nem tenha a ver com “empresa metalúrgica nos Estados Unidos”. Esse nome jdimaree também lembra as iniciais de José Dirceu (j di). Coincidência ? Homenagem ?
De qualquer modo, o importante mesmo é o endereço IP. É por ele que peritos e investigadores conseguem rastrear a origem.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

2 thoughts on “Considerações de Mafra sobre o apagão do blog da Tribuna

  1. Tá na cara que é boicote!! Se alguém tivesse coragem de procurar, achava. Se tiver algum hacker que lê a Tribuna, por favor descubra o problema. Vamos pagar na mesma moeda. Depois publiquem.
    “Tamo de olho.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *