Crivela sem mandato

Eleito de forma surpreendente em 2002, o já senador evangélico foi derrotado duas vezes para prefeito: em 2004 e 2008. Em 2010, não se reelege mesmo com o apoio do presidente Lula. Sergio Cabral (que pode não ganhar de Garotinho), fará tudo que Lula mandar. Mas haja o que houver, será “apoio contra”. (Exclusiva)

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *