Defesa de Lula insiste em exigir que ele dê entrevistas como candidato

Resultado de imagem para suzane e gugu

Suzane Von Richthofen serve de exemplo para Lula

Mônica Bergamo e Ana Luiza Albuquerque
Folha

Os advogados de Lula devem apresentar uma série de entrevistas de presidiários no recurso que levarão aos tribunais defendendo que ele poderia falar com a imprensa mesmo condenado e recolhido ao cárcere.

Além das já propaladas entrevistas concedidas a canais de televisão por Fernandinho Beira-Mar, Suzane von Richthofen e Marcinho VP, serão agregadas conversas do italiano Cesare Battisti com a imprensa quando estava preso, além de exemplos internacionais.

SILENCIADO – Após ter sido impedido pela Justiça de conceder entrevistas e participar de atos da pré-campanha à Presidência, o ex-presidente Lula reclamou a ex-ministros que está sendo silenciado.

“Eles não apenas querem me manter preso, querem me calar, impedir que o povo ouça o que eu falo”, Lula teria dito aos ex-ministros Franklin Martins (secretaria de Comunicação) e Celso Amorim (Relações Exteriores).

Martins e Amorim visitaram o petista na tarde desta quinta-feira (12) na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR), onde Lula está preso desde o início de abril.

TRANQUILO – Segundo Martins, o ex-presidente está bem e tranquilo. “Não é impedindo o presidente de dar entrevista que vão segurar suas ideias. Lula está seguro de que suas ideias estão no povo”, disse a jornalistas após a visita.

De acordo com Amorim, Lula tratou os acontecimentos do último domingo (8) com muita tranquilidade. Naquele dia, uma guerra jurídica envolvendo o juiz Sergio Moro e o juiz federal do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), Rogério Favreto, determinou e suspendeu a soltura do ex-presidente.

DIGNIDADE – O ex-chanceler afirmou que Lula está convencido de sua inocência. O ex-presidente teria dito que não trocará sua dignidade pela liberdade.

Segundo Amorim, Lula falou muito sobre a soberania nacional. “Está indignado com a lapidação total do nosso patrimônio. Sustenta que é fundamental para a democracia defender a soberania”, disse.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
É comovente o esforço dos petistas para convencer Lula de que ele poderá ser candidato, fazer campanha, vencer a eleição, ser solto e empossado no Palácio do Planalto, como se estivesse acima da lei e da ordem. Sob a justificativa simplória de que todo político é ladrão, os saudosos petistas se esquecem de que um erro não justifica outro. Além disso, trata-se do implantador do maior esquema institucional de corrupção já detectado na política mundial, digno de constar no Livro Guinness de Recordes. (C.N.) 

33 thoughts on “Defesa de Lula insiste em exigir que ele dê entrevistas como candidato

  1. Acho muito boa esta comparação que tem sido feita, com outros marginais bandidos e assassinos e que têm tido a oportunidade de dar entrevistas para a televisão. Penso,que o Lula também tem este direito, desde que seja mantida uma tarja na tela que diga que se trata de um ladrão condenado e que não pode ser candidato. Afinal, todo ladrão deve ter o mesmo tratamento.

    • Favreto é do PT portanto não é confiável, certamente deve ter o tipo do caráter do criminoso luiz inácio que até hoje não se arrependeu de ter prjudicado o país com sua maracutaias, todas contadas pelas delações de seus ex comparsas e que tiveram penas abrandadas por terem sido provadas pelas investigações.

      Este luiz inácio não passa de um psicopata que se faz de trouxa para enganar outros que realmente são, ou também se fazem também, porque achar que esse pilantra tem algo de bom, é o mesmo que dizer que macaco não gosta de banana.

      Cadeia permanente para luiz inácio.

  2. Desculpe estar fora do assunto, mas deputados estão para votar leis que devolvem a eles as mamatas das estatais como os cargos em que poderão tê-las de volta sob seus comandos.

    Ps. Hehehehe, tem gente aqui que acha que estatal pertence ao Brasil.
    Que país.

    • ora, Mário Jr.,

      não podemos esquecer, nunca, que
      os dedos das mãos são absolutamente demasiados, excessivamente demais,
      para contar, nesse tal ‘congresso’ (sic) tupiniquim,
      OS QUE NÃO SÃO
      PICARETAS, SALAFRAS, MELIANTES etc. etc. etc.

      • O mínimo que poderia justificar estatais, seria a existências de leis severas contra a corrupção, como prisão perpétua ou pena de morte como existe em alguns países. Mas aqui, ao contrário, as leis favorecem os corruptos, pois foram eles mesmos que as votaram.

  3. Volto a frisar:
    Se esses tais juristas e doutores da lei postados pelos adeptos de Lula fizessem parte da equipe de defesa do meliante, o ladrão e genocida estaria solto!

    Definitivamente os advogados de Lula estão lhe tomando o dinheiro que roubou do povo e do país, pois incompetentes e trapalhões.

    A insana presidente do PT, infiel esposa e corrupta senadora Gleisi Hoffmann, poderia se dar conta de que o seu amo e senhor está sendo enrolado, e mudar os profissionais encarregados de soltar o delinquente, a menos que ela deseje mesmo que Lula permaneça preso, assim a mídia é toda sua, e pode dar as declarações tresloucadas de ultimamente.

    Em se tratando de PT tudo é possível, ainda mais no que diz respeito à desonestidade, pois não sabem agir de outra forma, inclusive entre eles mesmos.

  4. Bom Dia Carlos Newton,

    A sua declaração final é algo que deveria chamar atenção de muita gente.

    Sem querer nominar os acontecimentos, o que aconteceu a partir de 2013 culminando com os eventos de 2016, inviabilizou não só o retorno de Lula, mas também qualquer partido que esteja no campo da esquerda, não importa quão moderada e conciliatória ela seja.

    Tem-se hoje com absoluta clareza que o próximo governo brasileiro será simplesmente a continuidade do atual, aprofundando as medidas que foram tomadas até o momento, inclusive no campo das privatizações.

    Tudo isso está num contexto continental e já acontece em outros países da América Latina e principalmente na América do Sul.

    O próximo governante já vai encontrar as contas públicas em estado de penúria, como você próprio publicou aqui na semana passada e não vai trazer nenhum tipo de solução. Será simplesmente o administrador de uma massa falida.

    Tudo isso vai ficar claro em algum momento e este momento não está distante. O conceito de melhora que a sociedade tem em mente não existe mais. Espere prá ver os cortes no OGU que será divulgado no próximo mês.

    Portanto, não existe dúvidas quanto à degradação da sociedade. O que não sabemos é como serão as reações e o seu alcance.

    Um abraço!

    P.S.: Pense numa forma de moderação de comentários. Tem gente que só agride e ofende. Nada tem a falar. Com as eleições e as fake news isso vai ficar um inferno os sites e blogs que permitirem comentários.

  5. Nesse meio tempo, ontem os venais votaram a favor da escolha dos diretores das estatais pelos partidos políticos, ou seja, insistem em roubar as empresas nacionais!

    O país afunda, e os parlamentares tratam de salvar o que podem para si e familiares.

    Por mais que se tente defender as estatais para que não sejam privatizadas, a verdade é que as suas manutenções estão servindo apenas para serem dilapidadas pelos corruptos, usadas despudoradamente para que os poderes executivo e legislativo tenham uma inesgotável fonte de renda extra!

    Rendo-me, portanto, aos fatos.

    Privatizem o que for possível, e terminemos com os cabides de emprego para apaniguados e meios ilícitos de se locupletarem.

  6. Isso é uma tática bem sucedida ñ da defesa, mas do partido, ou seja, da esquerda ladra das verbas públicas, para está sempre na mídia e ainda mais ser servida de bandeja de argumentos durante a campanha dela na próxima eleição. Vocês da mídia estão caindo, mas caindo de ladinho, todo dia a mesma notícia, exatamente, como o comunismo sempre agiu e conseguiu enganar a população. Volto a dizer com ajudar de vcs.

    • ora, David,
      quando é que noticia de soltura de bandido de bandido,
      está fora de pauta? nunca…
      inda com a justilssa tupiniquim totalmente
      A V A C A L H A D A ?! ?! ?! ?! ?! ?!

  7. Enquanto essa turma de defensores de Lula atua em bando, há poucas iniciativas para resgatar a ordem legal e constitucional, tais como a de comentaristas deste blog (comentarista João Amaury Belem) junto ao STF, mostrando que, nas viagens de Temer para fora do país, não precisaria ser ocupado o seu cargo de presidente por outra pessoa.

    Já é possível constatar no site do STF a impetração do MI (Mandado de Injunção) nº 6971.

    Qualquer cidadão pode ter acesso ao conteúdo das peças, para ler, caso se cadastre no site.

    Li a petição inicial e a petição posterior de esclarecimento. Faltou esclarecer (não está em nenhuma das duas petições) que o presidente Temer irá viajar em breve (“datas” das viagens – 17 e 18 de julho, para a Conferência de Chefes de Estado e de Governo; ao México entre os dias 23 e 24, para a reunião da Aliança do Pacífico; e à África do Sul, de 25 a 27, para o encontro dos Brics), o que justifica a Urgência, que deveria ser explicitada no texto. (vide artigos 300 a 305 do NCPC)

    Apresentou-se o que seria o Fumus Boni Iuris, mas faltou o Periculum in Mora. (vide art. 303 NCPC – “…direito que se busca realizar e do perigo de dano ou do risco ao resultado útil do processo.“

    Sugestão: Poderia ser acrescentada “mais uma petição de esclarecimento”, além daquela que indicou o presidente Temer como pólo passivo (esquecido na petição inicial), em aditamento à petição inicial (vide art. 329 do NCPC).

    Há várias notícias recentes na Internet sobre as datas das viagens (é só procurar), tais como essa, de Filipe Albuquerque, especial para a Gazeta do Povo, e Fernando Martins [06/07/2018] [12h12], atualizada em 08/07/2018 às 15h53:

    “Se Temer efetivamente viajar para fora do país, quem assume seu posto de forma interina é a presidente do STF, Cármen Lúcia. Isso porque o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) e o senador Eunício Oliveira (MDB-CE), respectivos presidentes da Câmara e do Senado, são pré-candidatos nas eleições e, portanto, estão impedidos pela lei eleitoral de assumir algum cargo no Executivo a seis meses das eleições. Com Cármen Lúcia na Presidência da República, seu vice no STF, Dias Toffoli, vai comandar o Supremo temporariamente. Toffoli poderá ser presidente interino do STF por sete dias na segunda metade de julho. Temer viaja a Cabo Verde nos dias 17 e 18 de julho (para participar da Conferência de Chefes de Estado e de Governo); ao México entre os dias 23 e 24 (para reunião da Aliança do Pacífico); e à África do Sul, de 25 a 27 (encontro dos Brics). Nesses dias, o STF ainda estará no recesso de julho. E Toffoli é quem assume os pedidos judiciais de urgência que forem protocolados no Tribunal.

    • Caro leitor e comentarista Zorro,
      As viagens do presidente Michel Temer é um fato público e notório, razão pela qual não precisa ser provado.
      Como o próprio leitor e comentarista cita o dispositivo do CPC, abaixo transcrito, os impetrantes só poderão aditar ou alterar o pedido ou a causa de pedir até a citação dos impetrados.
      Art. 329. O autor poderá:
      I – até a citação, aditar ou alterar o pedido ou a causa de pedir, independentemente de consentimento do réu;
      II – até o saneamento do processo, aditar ou alterar o pedido e a causa de pedir, com consentimento do réu, assegurado o contraditório mediante a possibilidade de manifestação deste no prazo mínimo de 15 (quinze) dias, facultado o requerimento de prova suplementar.
      Parágrafo único. Aplica-se o disposto neste artigo à reconvenção e à respectiva causa de pedir.
      No entanto, não se cogita mais aditar a petição inicial, nem muito menos alterar o pedido ou a causa de pedir.
      De qualquer maneira, agradecemos por sua preocupação com a causa.
      Muito obrigado.

  8. a ”’defesa”’ do luís ináço,
    o DECA-MAIOR LADRÃO DA HISTÓRIA DA HUMANIDADE,
    Presidiário na Solitária por Alta Periculosidade,
    Detento 700004553280,
    ainda não sabe que o covardão está preso porque
    É UM MELIANTE ???
    já deveria estar em um Presídio Federal de Segurança Máxima !
    e ‘segurança máxima’, no caso, ainda é pouco!

  9. UMA IMPRESA QUE COMEMORA O SILÊNCIO
    Por Fernando Brito, no blog Tijolaço:

    Seria inacreditável, não conhecêssemos o que se passa no Brasil, que os grandes jornais estivessem comemorando o fato de estarem impedidos pela Justiça de ouvir e entrevistar o candidato líder nas pesquisas sobre uma eleição presidencial que está aì, batendo às nossas portas.

    No entanto – e com destaque para O Globo, que o festeja em manchete – é o que fazem diante da proibição da juíza Carolina Lebbos de que Lula possa conceder entrevistas a veículos de comunicação, mesmo de forma supervisionada e controlada.

    A “lei da mordaça” aplicada ao ex-presidente, é bem vinda por nossa “imprensa livre”.

    Que vai seguindo, assim, o destino de “partido único”, que tem como condição de seu poder o silenciamento alheio.

    E, no caso de Lula, um “silêncio preventivo”, porque ele não só não tem sentença transitada em julgado como, muito menos, tem sua inelegibilidade decretada. Formalmente, diga-se, porque, na prática, o Judiciário já dispensa, para ele, a famosa “cognição sumária” e a “convicção”.

    Este é, essencialmente, o objetivo do estranho ser simbiótico que se formou no Brasil, com seu núcleo elitista-antinacional-antipopular e seus tentáculos midiáticos, judiciais e udenistas.

    Forte como é, revela-se incapaz de resistir às palavras que possam vir de alguém que encarnou esperanças e cuja voz possa chamar de volta um povo e um país que seguem para o brete do matadouro.

    Tem o medo e a culpa dos criminosos.

    • O que trouxe e traz esperança aos brasileiros é o progresso, que infelizmente são bolhas que de vez em quando acontecem por aqui no Brasil, como aconteceu com a conversão da China em sua economia ao capitalismo, que, com isso, passou a comprar nossas comodidtties que estavam em alta e inundou o país de dinheiro, criando milhões de empregos na industria, comércio e serviços. nada a ver com Lula, que por acaso estava no governo nessa época. Aliás, ele, hoje presidiário, andou repartindo os recursos conseguidos com ditaduras da África, Cuba, dando 2 refinarias para a Bolívia, etc,etc,etc. Aos pobres deu 100 reais no tal bolsa-família.
      Resumindo: o que deu esperança aos brasileiros foram os empregos criados devidos às compras da China. Lula só viajava e fazia discursos como se ainda estivesse em campanha, em vez de promover reformas que tornassem seguras as melhorias que o país teve com as circunstâncias que o favoreceu.
      Além disso a Petrobrás foi destruída, fundos de pensão roubados,etc,etc,etc

  10. O prejuízo econômico, moral, psicológico e institucional imposto por Lula e sequazes é oceânico, imensurável e levará tempo para ser resgatado ! Pena das gerações que chegam, filhos e netos.

  11. Merece receber tijolaços quem escreve endeusando o ladrão e genocida Lula!

    Verdadeiramente nauseabundo os textos que omitem os crimes do meliante, de modo que seus cúmplices exijam direitos que o criminoso não poderá tê-los porque na cadeia!

    Ora, um ex-presidente preso por corrupção e lavagem de dinheiro, aparecer na TV para conquistar votos para si ou candidatos que sugerir?!

    Então que se libere também os assassinos presos para que ensinem futuros matadores a dar cabo de seus inimigos ou tirar a vida das pessoas que serão assaltadas, igualmente na TV.

    Não há diferença.

  12. Como diz o nosso patrício português, ora pois, estou a ficar desnorteado.
    Acabou o famigerado Foro Privilegiado, e muitos processos foram enviados para os Estados correspondentes.
    Aqui fica a dúvida.
    Qual o menos pior, o famigerado STF, que deixa muitos processos prescreverem ou a famosa “Justícia” estadual, dominada e controlada pelos picaretas de plantão?

  13. Impressionante! Apesar do alerta que fiz às 8:23 nos comentários de outro artigo, e neste às 10:13, corre-se o risco de os “impetrados” serem citados. Neste caso, o autor só poderá fazer aditamento com o consentimento deles. (NCP Art. 329. O autor poderá: I – até a citação, aditar ou alterar o pedido ou a causa de pedir, independentemente de consentimento do réu.
    Vejam o despacho da presidente Cármen Lúcia agora à tarde:
    13/07/2018 Despacho ” (…) requisitem-se informações às autoridades impetradas e intime-se a Advocacia-Geral da União (…) “

  14. Francisco Bendl, sempre atuante nos comentários, o que achas disso.

    Apresenta-se uma ação (mandado de injunção nº 6971) no STF, com argumentos consistentes no sentido de que realmente não poderia o presidente estar sendo substituído quando sai do país em suas viagens.
    Porém, pede-se na petição inicial que seja concedida uma medida liminar, mas se esquecem de que há dois requisitos para esta (o Fumus Boni Iuris e o Periculum in Mora).

    Esquecem de demonstrar o periculum in mora, quando deveriam indicar as viagens próximas do presidente (apesar de ser público, mas que precisa constar “expressamente” nos autos).

    Avisa-se desta falha nos comentários, inclusive que se os impetrados (a outra parte) forem citados, o autor só poderá fazer um aditamento a esta ação com o consentimento deles, segundo o Código de Processo Civil.
    O tempo passa e a presidente do STF já despacha, estando-se mais próximo de eles serem citados.

    Pode-se perder uma oportunidade de efetuar “a tempo” uma correção que permitiria a concessão de uma medida liminar.

    Poderias avisar aos responsáveis, já que demonstras intimidade e proximidade com eles, como se verifica em seus comentários?

  15. Zorro,

    Copiei os teus comentários e os enviei para o dr.Belem.

    Lamento, mas não sou advogado.

    Logo, respeitosamente, me omito em comentar a respeito dessa ação, que deu entrada no STF, pois estás diante de um leigo, de um simples escrevinhador.

    Certamente o dr.Belem tomará as providências cabíveis, pois muito atencioso.

    Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *