Deputados cortam verbas do INSS e aumentam as suas: Paulo Guedes fica em silêncio

Para Guedes fica o recado: As palavras o vento leva. Fica a realidade

Pedro do Coutto
 
Na sessão de quinta-feira, dia 25, a Câmara dos Deputados aprovou mudanças na proposta orçamentaria para 2021, fazendo alterações quanto ao destino de verbas sob o argumento de que essa transição era para cumprir o teto orçamentário.

Com isso, foram desviados R$ 26,5 bilhões da Previdência Social, INSS, que realiza os pagamentos de 32 milhões de aposentados e pensionistas. Um escândalo. Os deputados transferiram essas verbas cortadas para as emendas que aprovaram para execução da Lei Orçamentária Anual para 2021.  

SILÊNCIO – O ministro Paulo Guedes, responsável pela elaboração do projeto inicial, não se manifestou. Aliás, ele já não vem se manifestando há algum tempo, sobretudo quanto a afirmação que fez a respeito de que a reforma previdenciária geraria para o Tesouro uma economia anual de R$ 100 bilhões. Dez anos depois, ele acrescentou, a economia alcançaria R$ 10 trilhões. Como disse o poeta, “sonho de uma noite de verão”. As palavras o vento leva. Fica a realidade,

O assunto foi dado com grande destaque no O Globo desta sexta-feira, dia 26. Reportagem de Manoel Ventura, Geralda Doca e Fernanda Trisotto. No Estado de São Paulo, a matéria foi de Adriana Fernandes, Daniel Weterman e Idiana Tomazelli.

Fico pensando como o governo pode se queixar de falta de recurso para a Previdência quando assiste em silêncio os deputados transferirem R$ 26,5 bilhões consignados ao INSS para obras previstas nas emendas que aprovaram anteriormente.

LIMITE DO BOM SENSO – Hamilton Mourão declarou que o número de mortos no Brasil pela pandemia já ultrapassou o limite do bom senso É verdade. Aliás, impressionante, sobretudo porque o ritmo de falecimentos em virtude da Covid-19 vem se elevando de uma semana para a outra.

De quinta para sexta-feira, registraram-se 97 mil novas pessoas contaminadas. E novamente mais de 3 mil mortos. O índice de contaminação nessa escala, conforme frisei em textos anteriores, fará com que em um período de 900 dias, ou menos, a contaminação atinja toda a população brasileira.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, visitou a Faculdade de Medicina da USP e pediu apoio aos professores e cientistas. Porém, só apoio não basta. É preciso ter instrumentos de ação. Mourão tem razão quando diz que o limite do bom senso foi ultrapassado. A matéria está na Folha de São Paulo desta sexta-feira, assinada por Ricardo Della Coletta .

INFLAÇÃO DISPARA – Em pesquisa publicada na Folha de São Paulo, o IBGE anunciou que, sobretudo por pressão da gasolina, a inflação prevista para o mês de março está em torno de 0,93%, o que faz com que, pelas contas do instituto, atinja 5,5% do período de janeiro a dezembro.

Essa perspectiva, que na minha opinião e otimista demais, já por si representa a ruptura da meta traçada pelo Ministério da Economia para este ano. A meta seria de 4,3%. Mas, francamente, todos preços subiram em marco acentuadamente.  

A inflação está subindo e os salários congelados. Como poderão os assalariados pagar as suas contas reajustadas todos os meses? É o caso por exemplo, das tarifas de energia elétrica cujos reflexos se fazem sentir no consumo domiciliar.

ALIMENTAÇÃO – Os aumentos de preços atingem mais fortemente, é claro, os grupos sociais de menor renda porque a subida dos alimentos está sendo muito intensa e a alimentação é maior item da despesa dos que ganham pouco.

Basta considerar a aflição dos consumidores brasileiros que em grande parte ganham de um a dois salários mínimos por mês. Os números voltam-se contra, como é natural, à campanha de Jair Bolsonaro para reeleição em 2022.

REFINARIA LANDULPHO ALVES  – A Petrobras, matéria de Bruno Rosa, O Globo, decidiu vender a refinaria Landulpho Alves , na Bahia, por US$ 1,65 bilhão a um fundo árabe de investimento. A importância parece ser muito grande, mas é preciso observar a relatividade das coisas. Em transações de alto porte, os preços têm que ser analisados tecnicamente.  

No governo Dilma Rousseff,  a Petrobras comprou a refinaria de Pasadena, no Texas. Ao todo, a Petrobras desembolsou US$ cerca de 1,3 bilhão pela compra total da refinaria. Um valor superestimado em relação ao seu verdadeiro custo

PREJUÍZO – Tanto assim que foi passada a frente dois anos após a compra desastrosa pelo valor de mercado. Na operação a Petrobras perdeu milhões de dólares.

A refinaria Landulpho Alves foi a primeira a funcionar no país logo após a criação da Petrobras. Foi no governo constitucionalista de Vargas, através da Lei nº 2004 e do decreto que regulamentou a lei em 1954, investindo Juracy Magalhaes da UDN na Presidência da estatal. Juracy Magalhaes, portanto, fica na história como o primeiro político do país a presidir a Petrobras.

Em 1954, a refinaria começou a funcionar e foi inaugurada com ato público. Vargas tocou a mão no petróleo a ser refinado e estendeu a mão aos trabalhadores da Petrobras. A foto foi publicada com grande destaque na primeira página do Última Hora, jornal de Samuel Wainer.

PROTESTO – No caso da operação anunciada pelo presidente da Petrobras, Castello Branco, que vai deixar o cargo nos próximos dias, a Associação Nacional dos Petroleiros, os acionistas minoritários e a Federação Única dos Petroleiros, protestaram contra a venda da Landulpho Alves.  

Sustentam que a transação se tornou inadequada por dois motivos. Primeiro porque foi no fim do mandato de Castello Branco. Segundo porque o Conselho da Administração funcionou apenas com quatro membros. Os demais renunciaram aos seus cargos. Fica aí um problema a ser decidido pelo Tribunal de Contas da União, ao qual a Federação Única dos Petroleiros recorreu.

 ELETROBRAS  – Reportagem de Julio Wiziack e Nicola Pamplona revela que o governo, através do ministro Bento Albuquerque, das Minas e Energia, escolheu Rodrigo Limp Nascimento para a Presidência da Eletrobras, cargo que estava vago há dois meses quando Wilson Ferreira Júnior renunciou.

Rodrigo Limp é do próprio, quadro da empresa e segundo a reportagem, o projeto do novo presidente é promover uma capitalização da empresa com a venda de novas ações do mercado sem que o governo participe da aquisição dos novos papéis.  

O governo tem a expectativa de captar R$ 25 bilhões, mas a captação está em desacordo com o projeto do ministro Paulo Guedes de privatizar a empresa. O preço idealizado para privatização era de R$ 16 bilhões. A meu ver, um preço ridículo porque a Eletrobras reúne Furnas, Chesf, Eletrosul e Eletronorte, e é responsável pela transmissao da energia do país.

COMPARAÇÃO – Dezesseis bilhões de reais só para comparar é o preço ofertado pela Claro, pela Tim e pela Vivo para adquirirem em consorcio a Oi que não teve um desempenho no mesmo porte do que as três empresas que desejam adquiri-la. Não é possível que a Oi valha tanto quanto uma estatal com o ativo da Eletrobras, principalmente pelo caráter essencial de sua produção e serviços. O País pode funcionar sem a OI, claro, mas não sem energia elétrica.

A privatização da Eletrobras por R$ 16 bilhões seria uma operação de grande margem de lucro aos compradores, entre os quais, a chinesa State Grid.

IBGE – No O Globo de ontem, Flavia Oliveira escreve extenso artigo dirigindo praticamente um apelo público para que seja realizado o censo do IBGE. Tem razão. O censo não poder ser procrastinado sob alegaçãoa de falta de recursos porque, inclusive, há recursos para emendas de interesses de deputados e senadores. O custo do senso é infinitamente menor. E é preciso que o país esteja informado.  

O IBGE foi criado em 1939. e foi responsável pelo primeiro censo demográfico em 1940 que apontou um número incrivelmente alto de analfabetismo abrangendo adultos e adolescentes. Foram os resultados desse censo que criaram a consciência da necessidade do desenvolvimento da Educação. Atualmente é uma fonte de informações das mais diversas importantíssimas.

MAIS LIDO – O Globo diz ser o jornal mais lido do Brasil em matéria publicitária na edição de ontem. Não contesto, é um grande jornal, mas vamos aguardar o pronunciamento da Folha de São Paulo e do Estado de São Paulo. Sobretudo porque O Globo acentua ser o segundo jornal mais lido em São Paulo.

Como os três maiores são O Globo, a Folha e o Estadão, representa uma surpresa, ser O Globo o segundo mais lido naquele estado.

8 thoughts on “Deputados cortam verbas do INSS e aumentam as suas: Paulo Guedes fica em silêncio

  1. Convenhamos, o povo tem muita gente contra ele nesta republiqueta.

    Pandemia, inflação, desprezo dos governantes, economia estagnada, desemprego, miséria pobreza, violência, um poder judiciário tendencioso e político, e já não bastasse o antro de venais, vulgo congresso, nos roubar escandalosa e escancaradamente nosso dinheiro, ainda tiram verbas destinadas ao INSS para satisfazer a sanha eleitoral de ladrões e corruptos!

    Nessas alturas, falta apenas que Deus nos mande o apocalipse, pois a nossa situação é indiscutivelmente caótica, além de transparecer nitidamente que atingimos o patamar da irreversibilidade, ou seja, daqui para o fim absoluto.

    Tenho escrito reiteradamente que os poderes constituídos nos elegeram como seus inimigos.
    Jamais o povo foi tão maltratado, desconsiderado, insultado, ofendido e agredido, como tem sido neste governo, chefiado por um insano, incompetente, corrupto e mal intencionado presidente.

    O momento do país e de seu povo é tão péssimo, que transfere às próximas eleições uma preocupação real, verdadeira:
    Assim como Bolsonaro foi eleito para o PT sair do governo, o mesmo acontecerá com o atual mandatário. isto é, precisará ser derrotado plenamente, e não vai interessar quem o sucederá.

    Conclusão:
    A saga nacional não vai terminar em 2022, pelo contrário, possivelmente seja o fim deste país em definitivo.
    Ondas de protestos, movimentos separatistas, aumento da violência, povo desesperado porque faminto, centenas de milhares de mortos pela pandemia, o Brasil será um misto de Síria e Palestina, com suas guerras civis e povo sendo massacrado de várias formas.

    Por fim, vejo com muita tristeza, preocupação, até mesmo medo, confesso, fazer uma projeção do número de mortos que atingiremos às vésperas das eleições!
    Se continuarmos nesta média trágica diária, de 2 mil vítimas fatais, e até o fim deste ano, 2021, atingiremos quase UM MILHÃO DE MORTOS e 50 milhões ou mais de infectados!

    Se havia quem torcesse contra o Brasil, parabéns, leva logo a taça e o título, mas nos dê um pouco de paz e de esperança, imploro encarecidamente!

  2. Bom dia , leitores (as):

    Senhores Pedro do Coutto , J.Béja , Carlos Newton e Marcelo Copelli é para isso (meterem) a mão no dinheiro público , que os ” DEPUTADOS E SENADORES ” , querem desvincular as verbas obrigatórias do orçamento da união , se aproveitando de um Presidente da República fraco , manipulável e titubeante , juntamente com seu ministro da economia Paulo Guedes , que só pensa em meter a mão no dinheiro dos fundos de pensão dos funcionários das empresas ” Públicas e Estatais ” , como esta acontecendo agora com a ” FUNDAÇÃO DE SEGURIDADE DA PETROBRAS – PETROS ” .

  3. Isso mesmo Sr. Cabral,a cada dia que passa vão dilapidando o erário,a sangria é tanta que próximo Presidente a ser escolhido,(voto),nos primeiros meses vai ter dificuldade de arrumar a casa.

    Espero,que os eleitores tenham critério,conhecimento desses problemas elencados e tão propalados aqui blog TI.

    Não vote nos Salvadores da pátria Globo.
    Depois não venham com churumelas,as Madalenas raivosa arrependidas.

    “AGORA”
    é hora e vez, de quem,tem bagagem,experiência e vivência,e opera como um médico.

    Lembre se,o futuro dos seus netos e bis netos,estão em nossas mãos.

  4. Eles sabem trabalhar: Após uma sequencia de ladrões e irresponsáveis eles(os ladrões e seus mestres), para garantir “os seus”, alçam um “austero conta-dor”, para arrumar a imprescindível fonte de suas delícias! Quando o caixa estiver recuperado, eis que o cenário se torna apropriado para alçar uma nova leva de ladrões!

  5. Diante desta safadeza deste congresso de araque, surge muitas vezes entre nós a tentação de uma intervenção neste prostíbulo.

    Temos certeza que esta tentação é muito perigosa.
    Melhor seria se os cidadãos acordassem para a tragédia que nos atinge…

  6. Eu afirmo: Os comentários acima demonstram o nível de destruição da nação brasileira que os maldito fizeram e fazem.
    Mas, ainda é muito pouco pelo que precisamos para nos conscientizar de que nosso destino, nós o fazemos.
    PS: Nos protestos na China, os participantes sabem que tem muito risco com a própria vida mas, mesmo assim o fazem porque sabem que é necessário o fazer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *