Desembargadores do TRF-4 são discretos e eficientes, nada a ver com o Supremo

Resultado de imagem para desembargadores do trf4

Lula está nas mãos de Gebran, Laus e Paulsen

Carlos Newton

Como todos sabem, já faz tempo que o Supremo Tribunal Federal se desmoralizou perante a opinião pública. Sua derrocada começou quando derrubou o teto constitucional para remunerações no serviço público, uma das normas mais importantes da Constituição de 1988. Ao legislar em causa própria, o Supremo reconheceu o suposto direito de elevar a remuneração  dos três ministros que estivessem atuando simultaneamente no Tribunal Superior Eleitoral. Aberta a porteira, depois começou o festival de reconhecimento de “direitos adquiridos”. E a farra prosseguiu com os penduricalhos salariais — auxílios de alimentação, moradia, creche, educação dos filhos, é um nunca-acabar.

Hoje, reina a esculhambação no Supremo, pois cada uma das turmas resolveu criar sua própria jurisprudência, as partes têm de torcer para o processo cair para um dos relatores que seja da Primeira ou da Segunda Turma, dependendo do tipo de questão. Parece brincadeira, mas é esta a realidade.

FORA DA LEI – Antigamente, os ministros do Supremo obedeciam às leis. Os raros casos de descumprimento eram apenas exceções que confirmavam a regra geral. Agora, reina a insegurança institucional. Há ministros que já não falam apenas nos autos, como Gilmar Mendes, que adora aparecer na mídia e dá pitacos sobre qualquer assunto. Ele jamais respeita as leis que regulam a suspeição, não se envergonha de atuar em julgamentos envolvendo amigos íntimos, como nos processos de Michel Temer.

Os ministros Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli comportam-se da mesma maneira, também participam de processos envolvendo réus com os quais têm relações de amizade, íntimos, como o ex-presidente Lula da Silva e José Dirceu, e assim oferecem um tremendo mau exemplo aos demais magistrados das instâncias inferiores.

HÁ EXCEÇÕES – É claro que não se deve generalizar, há exceções no próprio Supremo, com ministros que se declaram suspeitos e obedecem rigorosamente à jusrisprudência e ao interesse públicos, mas são minoria, desgraçadamente. Hoje em dia, o exemplo no Judiciário vem das outras instâncias, especialmente das varas e dos tribunais inferiores, como ocorre na Justiça Federal.

Na quarta-feira, com transmissão direta pela TV (no Youtube, pelo menos, pois até agora nenhuma emissora se interessou), o país poderá assistir ao trabalho de uma pequena turma de magistrados no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), que estarão julgando o recurso de Lula para anular a condenação a nove anos e seis meses de prisão, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, no caso do tríplex no Guarujá. O resultado do julgamento é importantíssimo, porque vai definir se Lula conseguirá participar da eleição.

Os três desembargadores da 8ª Turma (Leandro Paulsen, presidente, João Pedro Gebran Neto, relator e Victor Laus) têm comportamento exemplar. São reservados, só falam nos autos, jamais dão entrevistas, arrancar qualquer declaração deles tornou-se um desafio para os jornalistas. Ninguém jamais conseguiu.

BLEFE DO PT – Na chamada undécima hora, o PT está espalhando nas redes sociais que o resultado do julgamento será 2 a 1 contra Lula, o que permitirá que apresente recursos, concorra à Presidência e volte ao poder. Os petistas asseguram também que, mesmo se for condenado por 3 a 0, o nome de Lula estará na lista dos candidatos, no momento da votação.

É tudo conversa fiada. O retrospecto da 8ª Turma mostra invariáveis 3 a 0 nos julgamentos da Lava Jato, em todos os processos nos quais há provas materiais  que confirmem as delações premiadas.

No caso do tríplex, a minuciosa sentença do juiz Sérgio Moro, em 283 páginas, mostra que as provas são abundantes. Ou seja, Lula será condenado por unanimidade e estará fora da sucessão presidencial. Acredite se quiser, diria o genial jornalista e ilustrador Robert Ripley, falando pela voz sinistra do ator Jack Palance.  E não adianta matar gente…

10 thoughts on “Desembargadores do TRF-4 são discretos e eficientes, nada a ver com o Supremo

  1. Muito bom dia! Já passou da hora do Sr Lula da Silva pagar pelos crimes que cometeu. Um farsante (mais um) !! Aguardando ansiosamente esse julgamento.

  2. A nova batalha do Itararé esta se aproximando e sera em Porto alegre.
    A armada Brancaleone do PT esta bamba das pernas, não consegue arregimentar mais muita gente..
    A partir de hoje, desocupados recrutados pelo petismo, devem ser apresentar na capital gaucha e se possível, começar a baderna.
    Acho que desta vez o petismo se desmoraliza para valer e estou curioso para saber se surgirá um Barão de Porto Alegre, assim como apareceu o saudoso Barão de Itararé.

  3. Newton,

    Parabéns pelo título do teu artigo.

    Importante essa comparação que fazes entre a conduta dos desembargadores com os ministros do STF, simplesmente abissal.

    E os três magistrados que julgarão Lula dia 24 estão acima de qualquer suspeita, aliás na mesma sintonia do processo julgado pelo Juiz Moro, cujas sentenças têm sido corroboradas invariavelmente pelo Tribunal Federal, e algumas das condenações até revistas quanto ao tempo de punição do condenado.

    Lula terá pela frente três profissionais do Direito do mais alto quilate que possui a Justiça que, se por casualidade ou não, mantém com os tribunais estaduais gaúchos o mesmo conceito de eficácia e eficiência.

    Diga-se de passagem, que não se lê ou se ouve qualquer comentário desairoso contra a Justiça gaúcha, invariavelmente justa, isenta e imparcial.

    O ex-presidente criminoso será julgado e condenado, portanto impedido de concorrer à presidência desta republiqueta para o bem do povo e país.

    Um forte abraço.
    Saúde e paz.

  4. E alguns ministros não só do STF como do STE julgam com parcialidade, como foi no caso de Lewandovski a manter os direitos políticos da Dilma, usando uma vírgula, que é um tempo de respiração para continuação do descrito, como uma conjunção, como se fossem 2 fatos.
    E Gilmar! Absolver a chapa Dilma/Temer por excesso de provas?
    Quanto a Lula, li a sentença, e mesmo não sendo da área jurídica, vi tantas provas, tantos depoimentos incriminatórios, tanto desrespeito do advogado do Lula e do próprio Lula, que merece um 3 a 0 com aumento de pena.

  5. Excelente artigo, Carlos Newton.

    Eu também penso que Lula será condenado por unanimidade.

    E quero que isso realmente ocorra! Portanto desejo voltar a este artigo depois do dia 24 e escrever um comentário comemorativo.

    O Brasil precisa que a justiça seja feita para poder caminhar rumo ao desenvolvimento!

  6. Será q vai dar 3*0? Espero q sim, e talvez já não pense q o país seja inviável econômica, financeira e politicamente. Fora do tópico: o lucro da CAIXA exercício 2017, será o maior da sua história.

  7. Tanto faz… ele vai para a Etiópia…. AUTORIZADO por Temer… As instituições funcionam , sim, para o bem do crime organizado. A população está inerte, as FA inertes,…..

  8. Boa tarde, Muito boa sua explanação CN.
    A verdade cada um pode vê-la ou maquia-la com falácias e histórias cobertura prontas e obter a conclusão que desejar.
    Mas essas vantagens, benesses, mordomias, etc ao que o Poder Judiciário usufrui, infelizmente não se reverte em igual contra partida pro cidadão e é uma afronta aos servidores públicos de outros poderes, nas diversas esferas do governo.
    Por que pode o governo atrasar salário e nada acontece? Vai você empresario atrasar algum salário pra ver.
    Por que estes servidores públicos são uma casta superior a todos os outros servidores?
    A pode dizer, é por que julga o destino das pessoas, dos processos, manda prender ou soltar, é a espada da Justiça.
    Pô mas e o médico que salva, salva a vida, não é tão sublime quanto? Ou o policial que vai lá, na unha ou na bala e pega os bandidos, arriscando sua vida, pra levar mansinho na frente do juiz pra ele julgar.(com a arma na mão o cara vira monstro e a policia tem que captura-lo, vivo sem lesões, com todos os direitos respeitados e apresenta-lo a justiça, quando o mala chega na frente do juiz,um santo de tanta candura e em quase 40 % dos casos nas audiências de custodia é liberado).
    Me fala se existe um serviço imprescindivel para sociedade, como creio que a justiça seja, mas e a saúde, a educação e a segurança? Se fosse pra escolher qual escolheria para ser mais valorizado….???
    Ou ao menos ter igualdade de tratamento.
    Mas pode esquecer.
    Pelo menos esses que vão julgar o molusco, realmente parecem serem e merecerem o título de doutores.
    Vamos ver ao vivo sim, mais um fato histórico da nossa nação.
    Quer mais transparência que isso. Pra calar a boca de todos os bestas que ficam criando ilusionismo na cabeça das pessoas.

  9. Felizmente, o julgamento não será realizado em nenhum tribunal (com “t” minúsculo) localizado em Brasília/DF, a capital mundial da corrupção e da proteção aos corruptos.

  10. O lula vai perder de 3 a 0, e não vai poder virar o jogo porque deixou de ser autêntico vascaíno, como ele mesmo dissera, antes de entrar para vida pública, depois se tornou corintiano para se tornar ladrão do dinheiro público.

    Pois bem que vira jôgo é vascaíno, como corintiano já está derrotado, e sem chances.

    Viva o Clube de Regatas Vasco da Gama, o único com nome e sobrenome, e com lugar de destaque na história do Brasil, e ainda se livrou desse capeta do nordeste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *