Dilma e Sarney, KIDUPLA presidencial

Podem pensar ou admitir que vou contar o impossível: José Sarney chegou a ter seu nome incluído entre os que podem disputar a vice. E mais importante: Lula havia falado em apenas um nome para ser o segundo de Dona Dilma. Mudou para lista tríplice, “acarinhando” Sarney.

Era só uma forma de agradar o presidente do Senado, que atravessou todo o ano de 2009, no maior temporal da vida. Só que ninguém aceitava esse nome. E não era ódio, represália ou vingança. Simplesmente: ninguém admitiria um “segundo” que ficou com o mandato inteiro do “primeiro”.

Surpreendentemente (até para Lula), Dona Dilma não fez nem faz a menor restrição ao presidente do Senado. Nem ele a ela. No Planalto-Alvorada, não se sabe se, como gozação, falam exageradamente no POTENCIAL dessa chaPa. Como eu disse no título desta nota, pode ser chamada de KIDUPLA, como o sorvete da Kibon.

Para a campanha eleitoral, Dilma-Sarney teria pontos de atração pelo menos na televisão. Ela, truculenta, arbitrária e violenta, diz que combateu a ditadura. Ele, que se diz democrata, fez toda a carreira na ditadura, um vitorioso (?). Em 1965 foi eleito governador pelos militares (embora com “eleição” fajuta), a quem  serviu como servo, submisso e subserviente. Toque e mote de campanha: “Vou derrubar a dinastia Vitorino, que domina o Maranhão há 40 anos”. Derrubou, montou a sua, que já tem 45 anos, e não ficou apenas no Maranhão.

Dilma e Sarney podem ser eleitos e reeeleitos. Ela, em plena vida. Ele, em plena mocidade, no próximo dia 24 de abril completará 80 anos. Que festa haverá no Brasil inteiro, começando e terminando no Senado.

* * *

PS – Essa chapa agrada ao PMDB e a Michel Temer. Como garante que em 2011 será novamente presidente da Câmara, continuará na linha de sucessão, sem precisar disputar a arriscada vice-presidência.

PS2 – Hoje, vários jornais publicaram foto interessantíssima. Sarney, quase ajoelhado, beijando a mão da Chefe da Casa Civil. Não faz parte do ritual, mas é o início da campanha, estava combinado. Nossa Senhora, reconheçamos: em matéria de CRIATIVIDADE, nota 10. Criatividade rima com CREDIBILIDADE, mas pode ser comparada com outra, INVENCIBILIDADE?

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *