Elena Landau abandona o PSDB para ingressar no partido Livres, ex-PSL

Resultado de imagem para elena Landau

Edmar Bacha, Gustavo Franco e Elena já desistiram

José Carlos Werneck

Depois de 25 anos no PSDB, a economista Elena Landau aceitou o convite para assumir a presidência do conselho acadêmico da Fundação Índigo de Políticas Públicas, o centro de pesquisas do Livres, futuro nome do Partido Social Liberal (PSL). Ela colaborou por 25 anos na elaboração de políticas públicas do PSDB, notadamente as privatizações e formulação de diretrizes econômicas do partido. Foi, também, presidente do conselho de administração da Eletrobras e diretora de privatizações do BNDES no governo do presidente Fernando Henrique Cardoso. Outros economistas de peso, como Edmar Bacha e Gustavo Franco também desistiram do PSDB.

No Livres, a ela tem a incumbência de coordenar as diretrizes liberais do programa do novo partido. “Acompanho o Livres com carinho desde o começo. É perceptível a firmeza na agenda liberal do partido, que não se fixa apenas no liberalismo econômico, mas em seu aspecto geral. A agenda liberal veio para ficar”, declarou a economista, que foi convidada por Paulo Gontijo, presidente estadual da sigla no Estado do Rio de Janeiro.

DESCONTENTAMENTO – A principal razão da sua saída foi a exigência de Tasso Jereissati retirar sua candidatura à presidência do partido. Mas Elena Landau já vinha dando sinais de descontentamento com o desmoronamento do PSDB, que chegou ao limite pela indecisão no apoio à reforma da Previdência e também pelo documento “Gente em Primeiro Lugar – o Brasil que Queremos”, divulgado na semana passada.

A elaboração do documento foi coordenada por José Aníbal e propõe novas diretrizes e servirá de base para campanha eleitoral do partido em 2018. Nenhum outro economista de peso do partido foi consultado. sobre a escolha de Elena Landau.

Em Brasília já circula a piada que temos um Dodge na PGR e um Landau no Livres…

4 thoughts on “Elena Landau abandona o PSDB para ingressar no partido Livres, ex-PSL

  1. “Em Brasília já circula a piada que temos um Dodge na PGR e um Landau no Livres…”

    E um Collor desses das nossas vidas (nosso tempo nesta terra) que anda de Rolls Royce em Sampa e de Lamborghini em Brasília, acertou na mosca em chamar o Brasil de Carroça

    “Barro, pedra, pó, e nunca mais”….

  2. José Carlos Werneck, em 1996 em uma delicatese na praça “Alcazar de Toledo” conhecida como Bar 20 (hoje Praça Espanha), conheci de vista Elena Landau. Entrei na delicatese lá estava Pércio Arida conversando com um senhor meu conhecido. Aproveitei para perguntar ao Arida sobre a oscilação do dolar. Neste momento entra uma moça com calça cinza e blusa branca de mangas compridas. Me pareceu que ela estava brigada com Arida pois fez um pedido e permaneceu um pouco distante em pé. O senhor meu conhecido fala para o Arida: Ela não fala com você. Arida fala qualquer coisa e arremata: A eleninha “calça frouxa” é assim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *