Era só o que faltava! O país está parado, à espera do golpe militar de Bolsonaro

Charges: Nova (velha) modalidade!

Charge do Genildo (Arquivo Google)

Carlos Newton

Certas situações são realmente inadmissíveis. Basta analisar o Brasil. Quinto maior país em extensão, sexto em número de habitantes, é uma das dez maiores economias, possui o maior volume de água doce na superfície e no subsolo, condições de luminosidade e irrigação incomparáveis em termos de produção agrícola, riquíssimas jazidas minerais a serem exploradas, dispõe de uma indústria bastante diversificada e tem um potencial enorme para produção de energia renovável (hidrelétrica, eólica e solar).

Mesmo assim, o Brasil não decola e hoje os investimentos internos e externos estão suspensos, à espera do golpe militar pretendido por Bolsonaro.

GOLPE ESCANCARADO – Se ainda estivesse entre nós, o genial humorista Apparicio Torelli, conhecido como Barão de Itararé, estaria impressionado com o fato de o Brasil ter se tornado um país em que golpe militar é preparado às escâncaras e todos ficam esperando marcar a data. É claro que o Barão repetiria seu famoso bordão – “Era só o que faltava…”.

Realmente, qualquer um se espanta diante de uma maluquice dessas, com as atenções voltadas para um suposto golpe militar, cuja preparação há meses vem sendo divulgada pela família Bolsonaro, com elogios abertos ao regime militar de 1964 e até mesmo ao Ato Institucional nº 5.

De início, essas referências foram encaradas como se fossem folclóricas, eram levadas na brincadeira. No entanto, pouco a pouco o radicalismo foi prevalecendo, até começar uma organizada campanha visando a um novo golpe militar.

UM PLANO EQUIVOCADO – Ainda bem que a estratégia de Bolsonaro para se tornar ditador é infantil e inadequada. Ele resolveu trilhar o pior caminho, ao tentar “comprar” os militares em duas etapas – aumentando os soldos e deixando as Forças Armadas de fora da reforma da Previdência.

Ao mesmo tempo, Bolsonaro foi progressivamente montando um governo militar. Segundo Levantamento do Ministério da Defesa, feito a pedido das repórteres Tânia Monteiro e Adriana Fernandes, do Estadão, os militares da ativa já ocupam quase 2,9 mil cargos no Executivo. São 1.595 integrantes do Exército, 680 da Marinha e 622 da Força Aérea Brasileira.

Deste total, 42% estão servindo a Bolsonaro, empregados na estrutura da Presidência, especialmente no Gabinete de Segurança Militar, um órgão que foi superreforçado no atual governo. Três oficiais ocupam o primeiro escalão: Walter Braga Netto (Casa Civil), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional) e Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), além do general Rego Barros, que é supostamente o porta-voz da Presidência. Dos quatro, apenas Heleno está na reserva.

GOLPE DE MESTRE? – À primeira vista, fica parecendo que Bolsonaro é um gênio, que estaria conseguindo emparedar as Forças Armadas, ao nomear esse número enorme de militares para funções civis. Mas não é bem assim, porque os militares estão percebendo que caíram numa armadilha e temem que o desgoverno de Bolsonaro desgaste a imagem das Forças Armadas.

O presidente, no entanto, ainda acha que realmente representa os militares, julgando (?) que estariam dispostos a  intervir para transformá-lo em um novo ditador.

Mas não é assim que a banda militar toca. Os Altos Comandos vão deixar Bolsonaro se virar sozinho. Enquanto isso, a crise se perpetua e o país fica literalmente parado. Em matéria de novos investimentos, o país está zerado.

###
P.S.
Bolsonaro é imaturo e tem sede de poder. Ao invés de aproveitar a estrutura militar e fazer um grande governo, vive atormentado por teorias conspiratórias que estão literalmente levando-o à loucura. Mais um pouco e todos perceberão que ele não tem condições emocionais para ser presidente da República, pois não aceita conselhos nem mesmo do general Augusto Heleno, seu maior avalista na Forças Armadas. Assim, a queda de Bolsonaro é só uma questão de tempo. Enquanto isso, o país fica parado ou andando para trás. É desanimador, desgastante e deprimente viver nessa crise eterna. (C.N.)

32 thoughts on “Era só o que faltava! O país está parado, à espera do golpe militar de Bolsonaro

  1. Então; o “clã dos patetas” não estão fazendo tudo ao contrário do que nós que votamos nele pretendíamos?!!!
    Que se faça a intervenção militar, tira-se o clã dos patetas daí; mandem abrir loja de hambúrguer nos EUA e o mais importante; fechem as pocilgas do stf, do congresso; limpem tudo; faxina geral e mantenham o poder até ter certeza que os hediondos corruptos foram controlados e criaram-se mecanismos na forma de leis que realmente punam estes “animais” até entendermos que a corrupção é um mal que destrói qualquer sociedade, e que se tem que estar vigilante e pronto para combate-la a qualquer instante como se faz com qualquer doença.

    • Controverso e paradoxal, pois não. Senão vejamos dois pontos abre aspas e travesão.

      (…) Que se faça a intervenção militar (…)

      (…) o mais importante; fechem as pocilgas do stf, do congresso; (…)

      (…) criaram-se mecanismos na forma de leis que (…)

      Radicalismo sem cérebro dá nisso.

      -Quem irá fazer as leis sem congresso? Mesmo um congresso cheio de vícios e defeitos?

      Acalme seus ânimos “patriota roxo” pois não é assim que a banda toca…

      A democracia é um negócio caro e difícil de se conduzir, mas ainda é o mais aconselhado sistema de governo.

      Seja durão aí em sua casa, seu ap, sua chácara, sua empresa… Para o Brasil, queremos democracia

  2. A única Ditadura que viria a calhar neste país tomado por ditaduras, da ignorância, da safadeza, da mentira, da maluquice, da corrupção, da roubalheira, da empulhação…, país este, pois, cansado de tantas ditaduras ao longo dos seus 520 anos, é a única Ditadura que até hj ele ainda não experimentou que é a Ditadura do Saber, como propõe a RPL-PNBC-DD-ME, o projeto novo e alternativo de política e de nação, o novo caminho para o novo Brasil de verdade, porque evoluir é preciso, que viria em boa ora, para enquadrar todas as demais ditaduras que aí estão, há 130 anos, matando-o por asfixia assim como assassinaram George Floyd nos EUA, e que, não obstante tudo, ainda continuam dando as cartas e jogando de mão, fazendo do povão o eterno bobão das cortes dos ladrão, povão que, alienado pela enganação, sobrevive enxugando gelo e ensacando fumaça, acreditando ser a solução, e que, fantasiado de cidadão, não enxerga a sua pobre condição de vítima, refém, súdito e escravo da manipulação. http://www.tribunadainternet.com.br/era-so-o-que-faltava-o-pais-esta-parado-a-espera-do-golpe-militar-de-bolsonaro/?fbclid=IwAR0qM0N1BhY2Lijg86Da5S7o1HaFrF_ofNjEUXmOWBem6wIDKMuRGOhiOG4

  3. CN esqueceu do ministro da saúde e da infraestrutura.

    Realmente, muitos deliram que um golpe militar vai limpar o Brasil. Que vai ser a panaceia aos nossos males. Acho esse pensamento canhestro e simplista, pois uma ditadura é algo que já foi provado não dar certo.

    Quais os planos do governo para qualquer coisa? Como não existem, são criadas fantasias, teorias da conspiração e estimulados movimentos de ceguidores para exigir o fechamento de instituições.

    Quanto à questão da presença dos militares do governo é uma estratégia manjada. O corporativismo em qualquer instituição é algo que fala mais alto do que outros valores mais nobres e não é diferente nas forças armadas. Partindo das ideias desse instinto humano é que Bolsonaro (ou será ideia de outro?) distribui cargos no governo. O mesmo plano usado pelo PT e a diferença estava entre a origem das pessoas.

    E o meu espanto é que não percebamos tal artimanha.

  4. Os brasileiros estão cegos !!! O negócio não é ditadura nem AI-5. É VERGONHA NA CARA ! É impeachment desse maluco total que se diz presidente !! O Brasil está sendo governado (?) por um louco pior que o Jânio Quadros ! FORA COM ELE !!!

  5. Ué CN, ele não ia sofrer impeachment? Mudou a versão da história agora? Como já disse anteriormente, CN está com problemas de saúde. Cria narrativas absurdas a seu bel prazer,Totalmente aleio a realidade dos fatos. Lamentável.

  6. Desinformar não é preciso. Se está na CF, o 142 é absolutamente legítimo. Isto é inconteste e por isso não há como se falar em golpe. Ainda mais um auto golpe…
    É patente que Bolsonaro está evitando ao máximo requerer esse antídoto constitucional à desordem social e à interferência flagrante dos demais Poderes nas atribuições exclusivas do Executivo.
    Os presidentes dos demais Poderes conspiram diuturnamente com auxílio imperioso da fábrica de opiniões (rede globo).
    Essa disparidade de forças, que precisam ser equivalentes, não pode ser tolerada para não ferir a harmonia e independência entre os Poderes, fundamentos basilares da democracia.
    Quem vem praticando um golpe é o STF pela ação notadamente partidarizada de alguns de seus ministros. A população não quer fechamento de congresso nem de STF, coisa nenhuma. O que o povo exige é que golpistas encastelados não sigam usando as instituições como bunker de uma oposição raivosa que ainda não aceitou a derrota nas urnas.

  7. Estimado Editor Carlos Newton,

    O Governo já é, estruturalmente, militar.

    Já não estamos mais falando de cidadãos brasileiros que fizeram da carreira militar uma opção de vida, nela se profissionalizaram e dela se afastaram para então viver a plenitude da cidadania, inclusive enquanto agentes políticos a serviço de um governo.

    E, a melhor prova deste fenômeno “inovador” para alguns, é a razão para a interinidade formal e de direito, mas não de fato do atual ministro da Saúde. Razão esta que merece ser melhor analisada para a correta compreensão da natureza da efetiva participação de militares do serviço ativo da Forças Armadas em funções exclusivamente políticas de governo e não de Estado. O que se não é, deveria ser proibido pelas Leis da República.

    Um Abraço Fraternal!

  8. Que paranoia! Quantos comentários estapafúrdios! Eu devo ser lerdinho da ideia, eu não consegui ver no artigo, talvez com exceção ao parágrafo “Golpe de Mestre” nenhuma opinião do redator a respeito de nada, somente FATOS, simplesmente FATOS, públicos, conhecidos e inquestionáveis, agora se a animosidade ou ódio, sei lá, é contra o editor ou mediador da TI, o remédio é simples, É DEIXAR DE LER.

  9. Uns versinhos para o vice Mourão que de vez quando gosta de nos dar lição:

    Precisamos de compaixão, ódio não.
    Precisamos reconhecer a culpa, sem desculpa.
    Precisamos ir pra frente com toda a gente
    Que não tem ópera, nem pão, nem educação.
    Afinal de contas somos ou não irmãos?
    E ai, general, que tal?!

  10. Nem vou falar do eminente Prof. Ciro Gomes,ex.ministro Itamar,Deputado Constituinte..

    SIM,da entrevista Prof. Delfim Netto, concedida agora,dia 02,ao historiador Marco Antônio Villas,no YouTube.
    Ex ministro Delfim Netto,reafirma as posições aqui defendida pelo CN, Bortolotto,e por nós,aqui no blog.

    Olha,que Delfim, não é comunista….

    • 46 … … … TÍTULO VII … Das Forças Armadas
      Art 176 – As forças armadas, constituídas essencialmente pelo Exército, Marinha e Aeronáutica, são instituições nacionais permanentes, organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do Presidente da República e dentro dos limites da lei.
      Art 177 – Destinam-se as forças armadas a defender a Pátria e a garantir os poderes constitucionais, a lei e a ordem.
      … … …
      A Cidadã de 88 diminui o Poder Executivo … ao dar aos outros 2 Poderes o também garantir a lei e a ordem??? … será por causa do Chefe do Executivo poderia fazer igual a Jango sobre a Hierarquia???

      Será, caro Alverga???

      Sds.

    • A de 46 afirma organizar um regime democrático … e só veda Partidos e associações que contrariem a Democracia … não há defensor do regime democrático … abrindo Espaço para a Revolução das Mulheres kkk KKK kkk Será mesmo???

    • 46 … … … TÍTULO III … Do Ministério Público
      Art 125 – A lei organizará o Ministério Público da União, junto a Justiça Comum, a Militar, a Eleitoral e a do Trabalho.
      Art. 125. A lei organizará o Ministério Público da União junto aos órgãos judiciários federais (art. 94, I a V). (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 16, de 1965)
      Art 126 – O Ministério Público federal tem por Chefe o Procurador-Geral da República. O Procurador, nomeado pelo Presidente da República, depois de aprovada a escolha pelo Senado Federal, dentre cidadãos com os requisitos indicados no artigo 99, é demissível ad nutum .
      … … …
      Pela de 46, o Presidente demitia o PGR sem precisar do Senado kkk KKK kkk

      • Parágrafo único – A União será representada em Juízo pelos Procuradores da República, podendo a lei cometer esse encargo, nas Comarcas do interior, ao Ministério Público local.
        Art 127 – Os membros do Ministério Público da União, do Distrito Federal e dos Territórios ingressarão nos cargos iniciais da carreira mediante concurso. Após dois anos de exercício, não poderão ser demitidos senão por sentença judiciária ou mediante processo administrativo em que se lhes faculte ampla defesa; nem removidos a não ser mediante representação motivada do Chefe do Ministério Público, com fundamento em conveniência do serviço.
        Art 128 – Nos Estados, a Ministério Público será também organizado em carreira, observados os preceitos do artigo anterior e mais o principio de promoção de entrância a entrância.
        … … …
        A de 46 não promulga o que cabe ao MP e ao PGR kkk KKK kkk

        Creio ser esse o motivo principal do Judiciário não ter julgado os AIs, certo???

  11. O comentário de Carlos Alverga, oportuno e atual, sem reparo algum, mas motivo de reflexão: Veja ao que nos conduziu este presidente que escolhemos com base na rejeição do que aí estava e na esperança do que poderia-nos alcançar, a avaliar e discutir recursos bélicos, como se estivesse-nos aguardando uma invasão por potência inimiga e não a debater ideias de como melhorar a educação e aperfeiçoar o sistema de eleições, por exemplo.

  12. OS DITADORES NÃO DESTROEM O ESTADOS E SUAS INSTITUIÇÕES COMO ESTÁ FAZENDO BOLSONARO.OBSERVEM NESTE PARTICULAR O Q,UE HITLER FEZ FORTALECEU AS ESTRUTURAS DE ESTADO E INCENTIVOU O PEQUENO NEGOCIO.BOLSONARO QUER UMA SOCIEDADE DE MILICIANOS ,FAMILIAS RICAS E PASTORES EVANGELICOS NO DOMINIO SOCIAL.A CRITICA E COMBATE TEM QUE SER FEITO BOLSONARO E GUEDES PELA SUA POLITICA ECONOMICA CONTRA A POPULAÇÃO.

  13. A cada dia que passa o boçal nos leva mais e mais para nos transformar em uma nova Venezuela. A obsessão do boçal em dar um “golpe de mestre” o impede de governar o país. O cara só pensa “naquilo”, na reeleição, e não faz anda além disto, pensar na reeleição. Enquanto isto o país agoniza diante da falta de comando, de rumo. Até quando vamos ter que aturar este homem?

  14. Nada a ver, só para registrar. Um familiar meu, na Espanha, leu a respeito da militarização do Ministério da Saúde e me pergunta de o Bolsonaro pretende abater o corona-vírus a tiros.

  15. Prezado amigo Lionço em atenção ao seu comentário, transcrevo abaixo o dispositivo da discórdia.

    “Art. 142. As Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, são instituições nacionais permanentes e regulares, organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do Presidente da República, e destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem.

    § 1º Lei complementar estabelecerá as normas gerais a serem adotadas na organização, no preparo e no emprego das Forças Armadas.”

    Vemos que qualquer dos 3 Poderes pode ter a iniciativa de requisitar a intervenção militar para a garantia da lei e da ordem. Penso que no caso lei e ordem signifique a defesa da atual Constituição promulgada em 88, cujo guardião e intérprete final é o STF. Sendo assim, a requisição das FFAA pelos Poderes Executivo ou Legislativo poderia ter sua constitucionalidade contestada e decidida pelo STF. A lei complementar já existe, é a lei de garantia da lei e da ordem, a famosa GLO, que foi usada por Temer na intervenção federal ocorrida no RJ em 2017 creio. Se o Presidente requisitar a intervenção das FFAA, terá que fazê-lo tendo que respeitar, em tese, os ditames da lei da GLO. O fato é que a Constituição tem uma parte só dedicada a modos de solucionar crises nas quais haja vigorosa instabilidade institucional, em que estejam ameaçadas a integridade do Estado Democrático de Direito e das instituições democráticas, no caso os estados de defesa e de sítio, além da intervenção federal. Para a execução de todas essas medidas creio que é necessária consulta prévia do Presidente da República (PR) aos dois Conselhos, da República e de Defesa Nacional. O Congresso Nacional (CN) deve autorizar o PR a decretar o Estado de Sítio e deve referendar os decretos de Estado de Defesa e da Intervenção Federal. A interpretação da Constituição não pode ser feita de forma literal e isolada de um artigo solto no espaço; deve ser feita de modo sistemático, levando em conta o ordenamento jurídico como um todo, segundo o princípio da unidade da Constituição. Vamos torcer para que a aplicação dos dispositivos da CF 88 que tratam da DA DEFESA DO ESTADO de Direito E DAS INSTITUIÇÕES DEMOCRÁTICAS nos ajudem a sair da presente crise institucional. Abraço, Alverga

  16. Como cidadãos não faço distinção entre brasileiros civis e militares.

    Faço, sim, distinção entre brasileiros honestos e desonestos, capazes e incapazes, eruditos e néscios.

    Aliás, quando assisto a julgamentos que desqualificam pessoas lembro que Renan Calheiros foi ministro da Justiça nomeado por Fernando Henrique Cardoso (aquele que comprou votos para aprovar a “bendita” reeleição).

    Lembro também de Dilma Rousseff que foi ministra de Minas e Energia e Ministra-chefe da Casa Civil nomeada por Lula (aquele que condenado por lesão aos cofres públicos foi colocado em liberdade por ministros do imaculado STF),eleita e reeleita “presidenta” da República, que estocava vento.

    Foram nomeados, certamente, por serem civis, considerados “honestos”, “capazes” e “eruditos”.

  17. Ratificando o que afirmei anteriormente, vejam o que encontrei:

    “Equipamento possibilita identificar o coronavírus no ar

    O Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), com sede em São José dos Campos, no interior de São Paulo, está desenvolvendo um produto inovador que possibilita identificar o coronavírus no ar.
    Sendo assim, a proposta dos desenvolvedores é monitorar locais com circulação intensa de pessoas, para indicar se há risco de contágio. A máquina pode averiguar áreas de até 50 metros quadrados.
    Em síntese, o novo aparelho foi projetado a partir de tecnologia usada em equipamentos que monitoram nuvens radiológicas e detectam se há radiação em determinado local.
    O ITA conseguiu R$ 250 mil para desenvolver o protótipo. Em seis semanas, o equipamento estará concluído.
    Na empreitada, estão envolvidos cientistas do Laboratório de Bioengenharia do ITA, do Laboratório de Genômica do Hospital A. C. Camargo Cancer Center e do Instituto de Estudos Avançados da Força Aérea Brasileira.
    Outras iniciativas
    Conforme noticiou Oeste, Cientistas da Marinha do Brasil e pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) se preparam para dar início à produção em larga escala do ventilador pulmonar Inspire.
    O equipamento, de baixo custo (mil reais a unidade), é feito em apenas duas horas. Num primeiro momento, serão produzidos diariamente de 25 a 50 ventiladores pulmonares. No entanto, essa capacidade deve ser ampliada.”
    (Fonte: Cristyan Costa, Revista Oeste)

  18. Prezado amigo Carlos Newton,
    A possibilidade do presidente da República,Jair Bolsonaro de dar um golpe militar e se tornar o mais novo ditador tupiniquim é a mesma de que o Tribunal Superior Eleitoral venha a cassar a chapa vencedora das últimas eleições presidenciais de 2018,ou seja,NENHUMA!
    No Brasil atual,com as Instituições funcionando a pleno vapor,os golpes tanto da Direita,como da Esquerda,felizmente pertencem ao passado e só teimam em existir na cabeça dos radicais de ambas as vertentes.
    Que bom que seja assim!
    Grande abraço e muita Saúde a você e a todos os leitores da “Tribuna da Internet” de esquerda,do centro e de direita,aos bem educados e aos exaltados.
    Boa noite,
    Werneck

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *