Especialistas advertem que o Brasil logo poderá passar de 2 mil mortes diárias pela covid-19

Brasil registra mais 35,7 mil casos e 778 mortes por Covid-19

Os números mostram que o problema se agrava a cada dia

Vicente Nunes
Correio Braziliense

Diante do colapso do sistema de saúde em quase todos os estados do país, especialistas admitem a possibilidade de o Brasil registrar, nos próximos dias, mais de 2 mil mortes por dia pela covid-19. O Brasil, dizem, está pagando o preço do negacionismo do governo.

Um economista que vivenciou os momentos mais dramáticos da pandemia do novo coronavírus em Nova York, diz que o quadro atual do Brasil remete ao pior do que aconteceu na cidade mais famosa dos Estados Unidos. “É desesperador ver como o Brasil está lidando com a covid”, frisa.

Segundo o consórcio de impressa, que coleta dados com as secretarias estaduais, foram registradas, na terça-feira, 1.726 mortes pela covid no país. Na quarta-feira, 1840. Foram os piores resultados desde o início da pandemia. E a situação tende a se agravar mais.

INDICADORES PIORARAM – Dados da Fiocruz mostram que o Brasil está apresentando piora em todos os dados referentes à doença do país, com o índice de transmissão do novo coronavírus fora de controle. No Rio Grande do Sul, a média móvel de mortes aumentou 133% em relação à de 14 dias atrás. Em Santa Catarina, o salto foi de 170%.

Para especialistas, se o Brasil tivesse tomado as medidas adequadas, preparado um plano de imunização consistente e União, estados e municípios estivessem unidos, não se teria chegado ao atual quadro de gravidade, em que hospitais estão contratando contêineres para estocar corpos.

Do ponto de vista econômico, o que posso dizer é que o negacionismo brasileiro, do governo federal e de parte da população, contratou um nova recessão, mais desemprego e inflação”, diz o economista, que mora em Nova York. “A conta, como sempre, recairá sobre os mais pobres”, emenda.

9 thoughts on “Especialistas advertem que o Brasil logo poderá passar de 2 mil mortes diárias pela covid-19

  1. 1) O Livro dos Mortos Egípcios (esotérico)

    2) O Livro dos Mortos Tibetanos (budista)

    3) O Livro dos Mortos Brasileiros (falta escrever)

    4) Primeiro foi o holocausto dos índios, depois dos negros e agora geral, do Covid.

    • a cada um a sua parcela de responsabilidade por esse morticínio.
      contudo…
      a de se responsabilizar acima de tudo a perversidade de um presidente genocida-negacionista e todo o governo Boçal e medíocre.
      há de não se esquecer jamais os eleitores-cúmplices de um notório criminoso e coiteiro de milicianos há cerca de três décadas.

  2. Vamos falar do zé povinho, que não presta, foi exaustivamente alertado e frequentou praias, baladas, festas clandestinas, bebedeiras na Vila Madalena, Pinheiros, Vila Olimpia, Santana, confraternizações com dezenas em churrasco, dos favelas desfilando orgulhosamente, sem o uso de máscaras, da turminha que usa o EPI no queixo, que não respeita nada e ninguém, dos pancadões, etc?Chegou a fatura, agora não tem vaga de UTI para a mamãe, o papai, os filhos e a namoradinha, “não aguento mais ficar em casa, isolamento social, dane-se a máscara, ela sufoca, sinto falta dos amigos, quero voltar a socializar”.

    • Essa Pandemia, a duras penas, trouxe-nos algumas lições, dentre as quais, aquela que nos dá a chance de fazermos uma autoavaliação (aos sensatos).
      -Que tipo de gente somos nós? Se é ou não verdade, que imprimimos o DNA da nossa irresponsabilidade, nos representes que contituímos? Se somos uma sociedade realmente solidária, ou se os nossos gestos de amor ao próximo são apenas encenações para atrair vanglórias?
      – Enfim, esses infames que concorrem, conscientemente, para empestarem a sociedade, por que eles não se suicidam simultaneamente?

    • “Fulano é um Belo patife” Uma expressão muito corrente que caiu em desuso. Ultimamente, ela insiste em retomar a sua vocalização, devido às violações desse “canteiro chulo”

  3. Tudo bem, o povo em geral é inconsequente,
    Mas o maior culpado não seria o presidente?
    Foi ele, sim, quem escolheu com todo o desvelo
    O general da saúde: o incompetente Pazuello.

    Mas nem tudo está perdido:
    Ano que vem a alegira volta para a avenida,
    A mansão do filho pródigo vai ser esquecida.
    O amigo Queiroz será feito herói e inocentado
    E o Moro, o único justo, será condenado.

    Viva a zona tropical!

  4. Pergunta que não quer calar: qual o fato mais importante que aconteceu desde o início da segunda onda?

    A Vacinação, a vacinação!

    É fato comprovado que as vacinas do tipo coronavac reativam vírus inativos existentes no organismo do indivíduo vacinado. Pensem nisto.

    • O snhor deveria ouvir os especialistas para emitir opini’ao a respeito desse assunto. Preferencialmente americanos, tal como o famoso e respeitado Anthony Fauci,
      Um abraço Pfizer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *