Estudo jurídico do PT para sustentar candidatura de Lula é do tipo Piada do Ano

Resultado de imagem para candidatura de lula charges

Charge do Nani (nanihumor.com)

Daniela Lima
Folha/Painel

Diante das informações de que ministros do Tribunal Superior Eleitoral buscam uma forma de rejeitar a inscrição de Lula na corrida presidencial “de ofício”, sem dar margem para discussão, a direção do PT começou a levantar casos de candidatos que disputaram eleições com registros indeferidos e depois, escolhidos pelo voto, reverteram a inelegibilidade. O estudo, conduzido pelo advogado Luiz Fernando Pereira, usa dados a partir de 2002 e vai sustentar a ofensiva retórica do partido nas ruas e nos tribunais.

O PT sabe que será difícil encontrar apoio à causa, especialmente porque o ministro Luiz Fux, que estará no comando do Tribunal Superior Eleitoral em agosto, quando haverá o registro de candidaturas, já deu declarações que indicam posição contrária à inscrição de Lula.

Por que não eu? Pereira sustenta tese segundo a qual o que existe hoje em relação ao ex-presidente é uma inelegibilidade provisória. Com base no material colhido pelo advogado, o partido produzirá campanhas com o mote “Lula será exceção à regra?”.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Chega a ser estarrecedora a incompetência dos supostos “especialistas” em Justiça Eleitoral que servem ao PT. As informações passadas ao Painel da Folha estão cheias de erros. Por exemplo, a declaração “de ofício” não exclui o direito de defesa. Além disso, Luiz Fux não estará no comando do TSE quando a candidatura de Lula for impugnada. Ele deixa o tribunal em 15 de agosto, último dia para registro das candidaturas (até 19 horas). Outro erro crasso do “estudo” dos juristas do PT é citar exemplos a partir de 2002. A impugnação de Lula será com base na Ficha Limpa, que é de 4 de junho de 2010, uma lei promulgada pelo próprio Lula. A impugnação dele não será exceção a nenhuma regra. É tudo conversa fiada. (C.N.)  

10 thoughts on “Estudo jurídico do PT para sustentar candidatura de Lula é do tipo Piada do Ano

  1. A Eterna Piada do Ano é o STF, dá nojo, vergonha o cinismo a cara de pau dessa gente. É o retrato de uma Republiqueta de Meliantes Impunes e Imunes. Até quando a Nação Brasileira e seu Povo serão “reféns das palhaçadas jurídicas” para deixarem livres e solta a ORCRIM LULOPETRALHA E SEUS MEMBROS por parte da “banda podre do judiciário” ????

  2. Juíza que decretou a prisão de Dirceu esta com toda razão ao criticar que os processos não acabam nunca.

    Isto cria a mais completa Instabilidade Jurídica por que cada Juiz pode dar uma sentença em desacordo com a do seu colega.

    Basta ver o que acontece com as sentenças do Tresloucado Gilmar.

  3. Nessas horas, a foice de s.paulo não faz o menor esforço de apurar os fatos. Se presta apenas a publicar a agenda da assessoria de imprensa dos corruPTos, como se fosse um boletim informativo da organização criminosa.

  4. Fux estará à frente do TSE até o dia 15 de agosto, que é a data final para registro de candidatura, mas esse registro não precisa ser feito no último dia.

    Se o registro da candidatura de Lula for feito antes, correrá o risco de ser cancelado “de ofício” ainda por Fux, ou por qualquer outro – portanto, o risco permanece em qualquer caso.

    Existem mais de 100 casos pelo país em que candidatos presos ou com condenação em segunda instância concorreram e até ganharam e depois foram absolvidos e puderam ser empossados.
    Lula só estará totalmente inabilitado se persistir esse grotesco LAWFARE, onde ele é tratado de forma completamente diferente dos demais – sempre desfavoravelmente, pois para o Partido do Judiciário qualquer petista está sempre abaixo das leis, as leis não lhe aplicam, no atual Estado de Exceção em que nos encontramos.
    O PT tem sido EXCEÇÃO EM TUDO: no tratamento do judiciário, na condenação sem provas (e também com provas manipuladas, como são o MyWebDay e o sistema Drousys da Odebrecht), e o único a ter condenação com base na Teoria do Domínio do Fato – importada da Alemanha EXCLUSIVAMENTE para encarcerar petistas, ninguém mais de nenhum outro partido.
    Moro teve a CARA DE PAU de dizer em sua sentença que os “crimes” cometidos por Lula foram “ATOS INDETERMINADOS” – ou seja, ele, Moro, não identificou NADA que comprovasse a culpa de Lula e por isso deu uma justificativa “GENÉRICA” dessas. E ainda tem gente que o leva a sério, barbaridade!!

  5. Defesa dá uma de João-sem-braço?

    Ao modo do Chaves mexicano – Foi sem querer querendo.

    Para a defesa, visando prescrições e que tais, urge que o tempo não ruja, como diria o personagem do saudoso ator José Wilker.

    Uma protelaçãozinha com um chicanazinha marotinha não dói, ecoaria o apoiador baiano!

  6. Esse é um blefe para deixar o eleitorado mais perplexo e melancólico.
    Na política da “terra arrasada” é assim: quem pensou que podia, e já se convenceu de que não poderá mais, diz: “Eu posso até não comer, mas estrago!”
    Isso nos remete ao Saddam Hussein: quando percebeu que as forças da coalisão iam expulsá-lo do Kweit, seu último espasmo foi incendiar os poços petrolíferos do país invadido. Petróleo que, alias, era o objeto de roubo, em disputa entre os aliados ocidentais e o então ditador iraquiano.

  7. Espero que ele tenha sido muito bem assessorado na gravação desses vídeos, uma vírgula fora de lugar, uma pausa mal empregada, pode compromete-lo miseravelmente…

  8. A condenação e prisão de Lula, em consequência, redundaram na reação da esquerda com tal ferocidade, que resolveu exatamente usar a tática nazista, ao depreciar a imagem do Juiz Moro diariamente.

    Não importam as provas, os depoimentos, as investigações, que levaram Lula para a cadeia, mas depreciar quem o colocou atrás das grades!

    Berra a esquerda que ficou sem o seu amo e senhor, sem o seu líder e ícone, que o ladrão e genocida é inocente, transferindo ao magistrado de Curitiba a sua ira, a sua irresignação com o delinquente preso.

    Curiosamente, os seguidores da quadrilha petista, travestida em partido político, jamais comentaram os crimes que o PT praticou quando no Planalto, querendo com esta revolta contra Moro, que o povo assimile e aceite que Lula é um perseguido político quando, na verdade, trata-se de o mais perigoso ladrão e genocida que tivemos na história!

    Quanto à preocupação com o povo, com o desemprego que a Dilma ocasionou, com os juros extorsivos permitidos ao sistema financeiro que, na administração petista lucrou como nunca, sem futuro porque extremamente nublado, a esquerda jamais disse uma palavra em solidariedade aos necessitados e desesperados!

    A ideologia é mais importante que o ser humano, que o brasileiro, que a população!

    E, o arqui-inimigo do PT e de seus seguidores, inevitavelmente seria alguém com a coragem e denodo suficientes para dar um basta à impunidade petista, um verdadeiro juiz, isento, imparcial, que merece os elogios recebidos e as homenagens que lhe prestam mundo afora, Sérgio Moro!

    Mais do que a ira contra esse servidor público, a esquerda não se conforma que Lula seja suplantado na fama e conceito positivo justamente por aquele que o colocou atrás das grades, então precisa arrasar com esta pessoa, e a única maneira indiscutivelmente é menosprezá-lo, depreciá-lo, mentir desaforadamente, como os nazistas faziam através do seu ministro da propaganda, Joseph Goebbels!

    A tentativa de se transferir para Moro os crimes cometidos por Lula é qualquer coisa de hilário, misturado à insanidade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *