“Exército” de Stédile já ocupa as rodovias e a democracia está por um fio

Resultado de imagem para mst a favor de lula

MST fecha a Rodovia Anhanguera, em São Paulo

Carlos Newton

Quando engrossou o movimento pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff, Lula da Silva compareceu a um ato público em defesa da Petrobras, no auditório da Associação Brasileira de Imprensa, no Rio, e fez um grave ameaça: “Quero paz e democracia, mas também sabemos brigar. Sobretudo quando o Stedile colocar o exército dele nas ruas”. Stédile, como se sabe, é João Pedro Stédile, líder do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra. Isso aconteceu em fevereiro de 2015.

Dois anos depois, em maio de 2016, Dilma foi derrubada do poder, mas a promessa de Lula não se cumpriu, porque ele tencionava voltar ao poder na eleição de 2018 e não valia a pena melar o jogo, como se dizia antigamente.

CLIMA DE GUERRA – O tempo passa rápido, Lula sabia que inevitavelmente seria o favorito na disputa eleitoral deste ano, mas não esperava ser atingido tão duramente pela Lava Jato. Hoje, a realidade é outra. O pré-candidato petista está condenado a 12 anos e um mês, sua ordem de prisão foi emitida e já se esgotaram todos os recursos jurídicos possíveis e imagináveis, não há nada a fazer, a não ser incitar as massas ignaras a se sublevarem, para reconquistar o poder na marra.

É justamente isso que está acontecendo. Lula está sitiado no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, ocupado por militantes que quase mataram um manifestante que tentou defender a prisão do criador do PT.

O clima é de guerra. Stédile atendeu ao apelos de Lula e as tropas sem-terra já bloquearam 50 pontos em rodovias no País, em 16 Estados. De acordo com a direção do movimento, foram mobilizados mais de 15 mil trabalhadores e os bloqueios devem aumentar, paralisando a circulação de mercadorias e de viajantes, para instaurar o caos e prejudicar a atividade econômica.

TEMER EM SILÊNCIO – Encagaçado, como se diz no Nordeste, o presidente Michel Temer não se manifesta, é como se não tivesse nada a ver com o assunto. Não quer desagradar a Lula nem ao PT, comporta-se como se fosse personagem de Voltaire e estivesse no melhor dos mundos.

Outra peça-chave deste jogo do poder também está em silêncio. Sofrendo a progressão de uma doença degenerativa sem cura, imobilizado numa cadeira de rodas e exibindo uma garra de gigante, o comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, tem dificuldades e precisa de ajuda até mesmo para redigir uma simples mensagem no Twitter. Mesmo assim,  segue em frente, mas até agora não se manifestou.

###
P.S.
Já estamos no sábado, dia 7, e nada… Planalto e Exército continuam em silêncio. A democracia brasileira está por um fio. Já vivi este mesmo clima em 1964, pensei que estivéssemos livres de novo retrocesso, mas em Brasília, a irresponsabilidade e a desfaçatez abundam. (C.N.)

16 thoughts on ““Exército” de Stédile já ocupa as rodovias e a democracia está por um fio

  1. Que a prisão do Lula crie o efeito dominó e prenda todos os outros chefes da corrupção !

    A PGR Raquel Dodge tem que fazer a 3ª denúncia contra Temer.

    Caso contrário ela estará cometendo crime de prevaricação !!!

  2. Dia do desfecho, do despejo do PT.

    Grande final de novela,
    Como deceparão a cabeça da jararaca?
    Se dará por vencido? Resistirá? tentará morder??
    Daqui a pouco, na Globo!

    O exérjito del stedile
    resolve-se:
    palmadinhas no bumbum,
    e talquinho.
    Ou vai tudo pro saco,
    simples assim…

    “A loucura não é normal, nem pura.
    É um acto facto social ab soluta mente sem cura.”

    Somos uma Republica de Bananinhas…

  3. Carlos Newton, já vivi momentos tensos, terriveis, foi quando Getúlio se matou. Muito pior do que 1964. Jamais pensei em outro momento gravissimo como este que foi a morte doe Vargas/

  4. Como postei ontem, se bloquearem a Rodovia Amaral Peixoto no sentido Macaé x Araruama, a Spin preta vai passar por cima. Recado dado.
    Essas coisas são muito fáceis de serem resolvidas, é só chegar um caminhão com uns 30 soldados do exército (em cada bloqueio) e perguntar ao líder da manifestação se eles vão liberar a rodovia ou vão querer que o exército passe por cima??? Qual é a dificuldade de tomar uma atitude dessa??? Isso acabaria com a democracia???
    Se os manifestantes tem o direito de protestarem, o cidadão tem o direito de ir e vir.
    O MST, com uma atitude dessa, está instalando um sentimento de ódio (em quem não tem nada a ver com isso), aí a bala começa a cantar solta, vão falar que é perseguição política.

  5. Acabei de dar uma gargalhada dessa situação toda.

    Um ex-presidente bandido e já condenado dando ordens à justiça sobre como, quando, e se irá mesmo para a prisão.

    E lá em Brasília um presidente pilantra, corrupto, e apelidado de Vampirão, totalmente escondido da situação, borrando as calças de medo, pois sabe que o seu dia agora ficou mais perto.

    Que é país é este???

  6. PS. perfeito, a situação está tenebrosa, assisti a justiça tupiniquim no dia 04, salvo o Ministro Barroso, por ter mostrado o que é nossa justiça encabeçada pelo stf, Fachin, Fux, até o Alexandre, e Dª Rosa. O resto são sinistros emporcalhando estuprando e vilipendiado a dita cuja, com o Lider Gilmar Mente, Com um Supremo desse quilate, não há justiça, os sinistros são coniventes com o roubo, pondo a o Brasil na condição de republiqueta democradura, com uma Constituição des,oralizada. com mais de 100 emendas espurias de auto proteção. Os sinistros, já tem garantido o Ranger de dentes, pós túmulo, por sacrificar 220 milhões, deu nojo ouvi-los, e pensar a que ponto de Amoralidade pode chegar a criatura humana. Pobre Brasil,.

  7. PS. perfeito, a situação está tenebrosa, assisti a justiça tupiniquim no dia 04, pobre Brasil,.o Ministro Barroso,desnudou.

  8. É sempre assim, a esquerda pode tudo. Não obedecem às ordens judiciais, fazem barreira em rodovias, agridem a quem pensa diferente e sempre ameaçando a tudo e a todos. A democracia é só de jeito, o tanto e onde eles querem.

  9. Prezado Jorge,

    Grato pelo comentário citando o meu nome.

    Em princípio, a Justiça ontem levou medo de Lula e asseclas.

    Uma vez que o ladrão e genocida não se entregou na hora determinada pelo Moro, a PF deveria ir prendê-lo após duas horas de espera.

    Se os vagabundos postados na porta do Sindicato dos Metalúrgicos fossem reagir, que se chamasse a Polícia de Choque, mas Lula deveria ter sido preso à força!

    Quanto aos dois episódios e absoluta agressão, que confirma a forma como esta esquerdalha entende como democracia, a pichação no prédio de Carmen Lúcia, e o rapaz agredido covarde e criminosamente por seguranças do PT, amplamente filmado, se a polícia nãos os prender, também estará sem autoridade moral para coibir outros atos de desatino e violentos.

    Quanto às estradas interrompidas por baderneiros, um dos impedidos de seguir adiante deu um tiro na perna de um meliante, e fugiu, naturalmente.

    Pois este tipo de agressão ao direito de ir e vir deve ser impedido com rigor, pois levará a atos desse porte, até alguém ser morto porque a PRF tem sido condescendente, tem sido omissa.

    Se não tem efetivo, que chame a polícia local, mas impeça esses distúrbios em via pública!

    Enfim, o clima está tenso, mas era esperado, logo, as autoridades policiais deveriam já estar alertas contra esse tipo de reação e não deixar que acontecessem, uma falha, portanto, na atuação policial que ainda produzirá uma tragédia.

    E, se, Lula terá de ser preso, que a intervenção no Rio se estenda até Brasília e prenda Temer, seus ministros, deputados e senadores envolvidos na Lava Jato!

    E deixe um firme recado ao STF:
    Nada de besteiras com os tais direitos inalienáveis. Não para ladrões e genocidas deste país!

    Um abraço, Jorge.
    Saúde e paz.

  10. 1) Pensamento do dia:

    2) “Percebam que este mundo é impermanente. As nações são inseguras e instáveis…” = Buda.

    3) Fonte: “Budismo Puro e Simples”, pág. 7, Editora de Cultura.

  11. Uma coisa é bem interessante ressaltar:
    Se por acaso o Lula tivesse saído vitorioso no julgamento de seu HC, ninguém poderia recorrer, pois eles iriam dizer que Lula teria sido absolvido pela corte suprema, porém, como foi derrotado, aí pode entrar com embargos dos embargos e os cambal.
    Dizem ser defensores da democracia, mas na verdade, são defensores apenas dos seus interesses.
    O PT até teve uma proposta de oferecer “direitos” ao povo, mas se esqueceu de oferecer “DEVERES”,
    Acho que os militares não irão aceitar o exército vermelho ficar fazendo baderna pelo país a fora.
    Gostaria que o MST bloqueasse a linha vermelha, pois a hora que o General perder sua viagem por causa de bloqueio, com certeza a chapa irá esquentar.
    Espero que esse episódio da prisão de Lula, seja o primeiro passo para colocar políticos do alto escalão atrás das grades.
    E acabar com essa história de privilégio, onde os processos contra políticos são prescritos.
    Infelizmente o MST está fazendo incitação ao ódio e isso terá duras consequências.

  12. Peraí, Carlos Newton!

    Para você meia dúzia de gatos pingados é o tal do “exército de Stédile”?

    Caía na real Carlos Newton. Esse tal “exército de Stédile” é pura farsa. É só colocar esse Stédile e outros cabeças do MST e do MTST na cadeia, que acaba esse “exército” rapidinho

  13. General fala é criticado, estamos perdidos, se o MST faz arruaça estamos perdidos. Muita falácia pra nada, somente para chamar atenção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *