Flávio Bolsonaro imita Queiroz e não depõe, mas se defende em entrevista ao SBT

Resultado de imagem para flavio bolsonaro no sbt

Flávio alega que nada tem a ver com as contas de Queiroz

Deu no Correio Braziliense
(Agência Estado)

Em entrevista ao SBT, divulgada na noite dessa quinta-feira (10/1), O deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL), senador eleito pelo Rio, negou ter conhecimento das movimentações financeiras do seu ex-assessor Fabrício Queiroz. “Não tenho nada a ver com isso. Não tenho como controlar o que os assessores fazem fora do gabinete”, afirmou.

Flávio não compareceu nesta quinta-feira ao depoimento marcado pelo Ministério Público fluminense para falar das movimentações financeiras consideradas atípicas pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) em uma conta de Queiroz. Em seu perfil no Facebook, o filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro (PSL) justificou sua ausência afirmando que não é investigado e ainda não teve acesso aos autos do procedimento aberto pelo MP.

SOMA DE SALÁRIOS – O senador eleito disse no SBT que a soma de salários de Queiroz e de familiares dele já chegaria a “quase” o valor. “Se você pega o salário dele no meu gabinete, mais o que ele recebe na Polícia Militar e mais o dos seus familiares, que depositavam dinheiro na conta dele, conforme ele próprio já declarou em alguma entrevista, dá quase esse valor”, afirmou Flávio, ressalvando que não estava fazendo uma defesa do ex-assessor.

Ao SBT, Flávio disse que pretende depor ao MP para “sepultar qualquer dúvida sobre minha pessoa”, mas não afirmou quando isso seria. O senador eleito afirmou ainda achar que “há direcionamento nas investigações” para atingi-lo e ao governo de seu pai.

Como parlamentar, Flávio tem a prerrogativa de marcar dia, hora e local para depor. A Procuradoria informou por nota que o deputado estadual, valendo-se de sua prerrogativa parlamentar, “esclareceu ao MP que informará local e data para prestar os devidos esclarecimentos que porventura forem necessários”.

INTEIRO TEOR – No texto divulgado à tarde no Facebook, o senador eleito disse que pediu uma cópia do procedimento investigatório aberto pelo MP fluminense “para que eu tome ciência de seu inteiro teor.” Ele argumentou que só foi notificado do convite na segunda-feira passada, à tarde.

O MP, porém, havia divulgado em 21 de dezembro nota sobre o convite a Flávio para depor nesta quinta-feira. Até a véspera, o deputado se recusava a dizer se iria ou não ao MP. “Reafirmo que não posso ser responsabilizado por atos de terceiros, como parte da grande mídia tenta, a todo custo, induzir a opinião pública”, disse ele na nota.

Queiroz e seus familiares (mulher e duas filhas, que fizeram depósitos na conta do ex-assessor) também não atenderam a convites anteriores do MP. O ex-assessor alegou estar em tratamento de um câncer. A mulher, Marcia Aguiar, e as filhas Nathalia e Evelyn de Melo Queiroz, também ex-assessoras de Flávio, informaram, por meio de advogado, estar cuidando de Queiroz, e, por isso não foram depor.

SEM ESCLARECER – Com a recusa de Flávio, 34 dias após a revelação, pelo jornal O Estado de S. Paulo, do relatório do Coaf que apontou as movimentações atípicas, o MP do Rio ainda não conseguiu ouvir nenhum dos citados ligados a ele. Quando Flávio assumir a cadeira no Senado, o caso deverá seguir para a primeira instância.

O Coaf detectou que Queiroz recebeu depósitos de colegas do gabinete de Flávio, mais da metade até três dias úteis após o pagamento dos salários na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). O órgão considera que a renda do ex-assessor, então de R$ 23 mil mensais, é incompatível com o dinheiro que passou por sua conta de janeiro de 2016 a janeiro de 2017: R$ 1,2 milhão. Queiroz alegou, em entrevista ao SBT, que ganhou dinheiro vendendo carros usados.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Bolsonaro diz estar com dificuldades para nomear um porta-voz, mas a solução é simples. Basta nomear Silvio Santos, aquele que vendeu para Lula (leia-se: Caixa Econômica Federal) metade do Banco PanAmericano, que estava falido. Não há melhor porta-voz do que Silvio Santos, que desde o regime militar só divulga notícias favoráveis a quem está no governo. E ainda chamam isso de “jornalismo”. (C.N.)

20 thoughts on “Flávio Bolsonaro imita Queiroz e não depõe, mas se defende em entrevista ao SBT

  1. Muito bom dia a todos! Jornalismo no SBT não existe e nem nunca existiu! SS é um tremendo puxa saco que para conseguir seu canal de televisão TVS, agora SBT, fazia a tal “semana do presidente” que mais parecia propaganda oficial. Judeu miserável que adora expor pessoas humildes ao ridículo (as famosas “colegas de trabalho”) e que iria perder TODO o seu patrimônio e ainda ficar devendo não tivesse ido ao palácio do planalto espetar a conta na bolsa da viúva! Um malandro acima de qualquer outra coisa! Não fosse o APEDEUTA Lula teria que voltar a vender canetas na balsa para Niterói!!!

  2. A Globo é poderosa mesmo, os vermelhos já estão atacando o SBT pois acham que tudo é prerrogativa da Globolixo. Tem que rir mesmo, antes eram inimigos da Globo golpista, agora os vermelhos estão se alinhando a ela. É gopi, é gópi. O problema do país é que um ex-militar ganhou.o problema da previdência são os militares e o problema dos militares é que eles impediram a ANTA de tornar isto aqui uma Venezuela. Ou seja, o problema do país são os militares.

  3. 23:59 —-> É a NOVA ERA!!!

    ————————————————————-

    00:00 —-> Mas TODO MUNDO pratica caixinha de gabinete!!!

    (Escrito em MODO BOLSONETE HISTÉRICA / VOLÚVEL / PELANCUDA)

  4. Proponho que a PGR convide todos os assessores de deputados cujas movimentações atípicas foram apontadas pelo COAF. E que a mídia divulgue de forma imparcial todo o desenrolar do caso. O foco em um único episódio está desproporcional. Em volume de movimentações financeiras atípicas o gabinete do ex-deputado está na posição 17. Quem se importa com os assessores dos gabinetes campeões de grana?

  5. Com 10 dias de governo todo mundo ja sabe quem e de fato Jair Bolsonaro.
    Este vigarista ja esta com o filme tao queimado que daqui a 4 anos nao vai mais nem se candidatar a re eleicao.
    O laranja dele continua fugindo da policia.
    O Brasil segue afundando nesse mar de lama.

  6. É a certeza da impunidade, o site DCM, mostra o Queiroz sambando com a família dentro do hospital, desmoralizando o MP e a justiça, sabe que está sendo protegido por quem tem poder hoje.

  7. Será que esse safado deputado eleito senador vai à posse (novo biênio) do Procurador-Geral de Justiça do Rio de Janeiro (estado que representa) nesta segunda-feira, dia 14 de janeiro?

    Deveria. E deveria aproveitar a ocasião para prestar os esclarecimentos devidos que o MPRJ espera e a sociedade fluminense e brasileira querem.

  8. Se fosse nos EUA…
    Silvio Santos estaria condenado
    Queiroz estaria condenado
    Flavio Bolsonaro estaria condenado
    Jair Bolsonaro estaria condenado
    Temer estaria condenado
    Aécio estaria condenado
    Todos esses como Lula, na medida da culpabilidade e responsabilidades, estariam condenados. Sem seletividades da “Justiça”.

  9. Não concordo forró de que o parlamentar, seja lá quem for, tenha que dar explicações sobre a movimentação financeira de seus subordinados. Caso uma investigação aponte um ilícito, então que o comemos parlamentar. Então, até prova em contrário, isso não passa de perseguição.

  10. Deveria ser considerado crime hediondo servidor pPúblico receber sem trabalhar. E todos aqueles que tiverem conhecimento deveriam ser penalizados também. Que maravilha, hein Sr. Presidente?

  11. O que já não estava fácil, ficou mais difícil, e caso o cara tenha feito isso pode ficar pior ainda, e se foi sem o conhecimento de seu pai, vai ser queimado na fogueira, espero eu que junto com os congeneres também.

  12. Daqui a pouco IBOPE divulga uma pesquisa indicando Bolsonaro com 90 % de aceitação , embora hoje , não conte nem com 30 % . É notório o descontentamento de grande parte do eleitor que votou em Bolsonaro . É importante lembrar , que grande parte dos votos , não foram a favor de Bolsonaro , mas contra o PT .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *