Fora de Aécio, o vice de Serra será do DEM

Enquanto esperam o ex-governador de Minas, “que só dirá SIM, se for insensato”, procuram alguém no DEM. Quase que precisam da lanterna de Diogenes, pois a escuridão política e eleitoral nesse partido, é total, absoluta, irrefutável, irrevogável, indiscutível.

Devem agradecer a Deus “a morte e a morte de Arruda”, (royalties para Jorge Amado, logicamente, sem o nome do ex-governador corrupto), que já era tido, havido, reconhecido pelo alto comando e o próprio Serra.

Cassado Arruda, o insincero Serra veio logo a público afirmar: “Nem conversei com o governador de Brasília, nossos olhares iam para outros lados ou estados”.

Como logicamente não pode ficar sem vice e tendo que esperar a decisão de Aécio, o ex-governador de São Paulo irá vasculhar os caminhos que obrigatoriamente desembocarão no deserto (“de homens e de idéias”, Osvaldo Aranha) que é o DEM.

***

PS – E surpreendentemente estão indo no bom caminho. Quase se fixam no nome do deputado José Carlos Aleluia. Destacado, correto, íntegro, combativo, não há possibilidade de surgir um dossiê contra ele.

PS2 – Se Aleluia for o escolhido, voltamos a 1894, quando outro baiano, Manuel Vitorino, foi vice de Rodrigues Alves, o Consolidador da República.

PS3 – Vitorino chegou a assumir por quase 3 meses, quando Rodrigues Alves teve que ser operado com urgência e gravidade, diagnóstico: “Não voltará”. Aleluia não assumirá, Serra jamais será presidente, o deputado ficará 4 anos sem mandato, mas tem espírito público para aceitar.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *