GARImpando pra presidente

Ancelmo Gois e sua brava equipe: “No concurso para o trabalho na Comlurb, existem 45 cidadãos com doutorado e 22 com mestrado”. Faltou a conclusão do DataGois: “Num país presidido por um torneiro, o torneio para a presidência não pode excluir ninguém”. E um torneiro que vem torneando suas ambições desde 1989, 5 eleições seguidas e não pretende parar por aí.

O lusco-fusco Ortega, abre
caminho para Zelaya

Daniel Ortega, durante muitos anos, tido e havido como Socialista e até da “esquerda radical”, combateu duramente os EUA. Cansado, exausto, sem fôlego, mudou da esquerda para a direita, foi eleito presidente da Nicarágua.

Apoio e consentimento dos EUA

Precisou do “nada consta” dos EUA, conseguiu, nenhuma dificuldade. Basta se arrojar aos pés dos poderosos, se mostrar servo, submisso e subserviente. Praticou tudo diretinho, foi “eleito”, seu mandato vai até 2011.

Ortega acordou cedo para a reeeleição

2 anos antes de acabar o mandato concedido pelos EUA, já CONSEGUIU O DIREITO À REEELEIÇÃO. Dois fatos estranhos e que vão se transformando em rotina. 1- Tem o apoio do malandro coronel Chávez e do incontestável Poder dos EUA.

Novidade assustadora

2- O ex-comunista Daniel Ortega, obteve da Corte Suprema, (que lá não é corte nem suprema) o direito à reeeleição. Mas a justificativa (?) é que ninguém esperava: “O presidente da Nicarágua pode se candidatar a mais um mandato, por que a Costa Rica e a Colômbia aprovaram a mesma coisa”.

Exibição de “zelaismo”

Não precisa ser torneiro mecânico ou gari, para perceber: em Honduras, Zelaya voltará ao governo e terá garantida sua pretensão de tentar (?) mais um mandato. As Constituições não valem mais nada.

Saudemos com entusiasmo o STF

Nisso tudo, os mais vibrantes aplausos para o Supremo Tribunal Federal. Pode divergir, discutir, convergir ou não , até cometerem erros e desacertos. Mas com a maior competência e dignidade. 11 cidadãos (com os quais não concordo muitas e muitas vezes), mas acima de qualquer suspeita. Poderiam ser personagens do belo filme do italiano Elio Petri.

Para terminar por hoje
a questão da reeeleição

Essa onda de continuação no Poder, (Chávez já declarou que ficará mais 20 anos no Poder) se transformou em “injustiça” para FHC, Menem, Fujimori, que queriam o terceiro mandato. Menem ficou preso algum tempo. Fujimori ficará preso pelo resto da vida.

FHC escapou, por enquanto

O único ex-presidente em liberdade, não pode se entusiasmar. Com a DOAÇÃO da Vale, uma empresa TRILIONÁRIA, pode ser responsabilizado. E agora a comunidade vai percebendo quanto foi ROUBADO. E se analisarmos tudo o que foi P-R-I-V-A-T-I-Z-A-D-O, pode (e deve) começar um enorme protesto, surgido da voracidade dos que chegam ao Poder.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *