"Gripe de Marqueting?"

Mensagem enviada por Guilhermina Coimbra a Helio Fernandes:

Jornalista, a respeito da “Gripe de Marqueting?”, outra “informação” interessante (in O Globo, domingo, 3 de maio de 2009, Ciência/Saúde, p. 45), desta vez sobre um outro “virus letal” brasileiro, originado na urina, fezes, saliva dos ratos. Diz os seguinte:

…”a forma mais letal, segundo estudos, pode ser o Hantavirus Araraquara, registrado no interior paulista e no cerrado do Planalto Central. Já a variedade mais comum é chamada Araucária. Segundo o Departamento de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde, entre 2003 e 2006 foram registrados 600 casos de hantavirose no Brasil.”

Grosso modo, uma média de mais de 16 mortos a cada 30 dias.

Se for veridica a “informação” supra, essa sim é que foi uma verdadeira “epidemia” – sem a menor divulgação pela imprensa, TV etc.

Lembrando a imprensa, agora que ela está livre, a esperança é que o jornalismo-brasileiro-investigativo-responsável vá direto aos pontos de verdadeiros e reais interesses públicos envolvidos. E viva a Tribuna da Imprensa, pela objetividade e clareza com que informa e comenta a notícia de interesse da população!

COMENTÁRIO DE HELIO FERNANDES:

Obrigado, Guilhermina. Informações como essa é que servem à coletividade. Trazer ao debate e ao esclareceimento é o verdadeiro caminho da Liberdade de Imprensa. A Tribuna sempre lutou (e praticou) pela informação e opinião. Sem restrições para ninguém.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *