Mais Piada do Ano: G1 anuncia que Meirelles está fora da reforma ministerial…

Resultado de imagem para meirelles charges

Charge do Duke (dukechargista.com.br)

Valdo Cruz
G1 Brasília

Diante da ideia inicial do governo de trocar todos os ministros que possam ser candidatos no ano que vem, assessores do presidente Michel Temer disseram ao blog que o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, não entra nessa lista. O argumento é que ele, até o momento, não é um candidato declarado e sua permanência é importante para a condução da política econômica do governo Temer.

Além disso, esses assessores destacam que essa é uma intenção inicial de Temer, de não ter candidatos em sua equipe, mas que o presidente ainda não sabe se ela será totalmente viável porque os partidos aliados podem resistir a essa regra.

MINISTROS-CANDIDATOS – Muitos ministros que são candidatos só querem sair em abril, prazo final para desincompatibilização, e não agora. Por outro lado, a equipe presidencial diz que o chefe deseja que os novos ministros, a serem indicados pelos partidos aliados, garantam que não serão candidatos.

“A princípio, o presidente gostaria que não tivesse nenhum candidato na sua equipe, mas sabe que isso não é totalmente garantido. Mas ele quer pelo menos que os novos ministros não sejam”, afirmou ao blog um assessor.

Após a saída do tucano Bruno Araújo do Ministério das Cidades, o presidente Temer oficializou sua decisão de promover uma reforma ministerial, que ele pretende concluir até meados de dezembro. A reformulação da Esplanada dos Ministérios foi uma condição imposta pelos aliados para votação da reforma da Previdência Social.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Com todo o respeito ao excelente jornalista Valdo Cruz, esta reportagem parece ser a “antimatéria” que o cientista César Lattes tanto procurava. Meirelles não está nem nunca estará na lista dos ministros demissíveis, porque ele é o verdadeiro presidente, uma espécie de Rasputin careca e sem barba, que personifica o famoso “imexível” citado pelo então ministro Rogério Magri na gestão de Collor. O presidente virtual Michel Temer é apenas o coadjuvante nesta novela governamental. (C.N.)

3 thoughts on “Mais Piada do Ano: G1 anuncia que Meirelles está fora da reforma ministerial…

  1. É bom não esquecer: Temer sonha em ser candidato a presidente. Caso não consiga a consagração que espera conseguir com o trabalho de Mouco e Nizan. Vai partir para deputado federal para não ficar sem foro privilegiado.

    • Caro Aquino.

      Temer, Presidente de novo? Só se o sol nascer quadrado. Sua rejeição é quase impossível de ser revertida, com menos de 11 meses da eleição de outubro de 2018.

      é melhor para ele, sonhar com a eleição de deputado. Entretanto, terá que deixar o governo seis meses antes da eleição, pois para se manter no poder até dezembro de 2018, o único cargo que pode pleitear é a reeleição para o cargo que ora ocupa.

  2. Como um cara tão anti-popular como esse ministro, ex-conselheiro da JB&F e presidente do Banco de Boston, vai pedir votos ao povo, depois de operar a Reforma Trabalhista destinada a retirar direitos amplamente conquistados e insistir na Reforma da Previdência para eliminar o Direito Adquirido dos aposentados e pensionistas?

    Para votar nelle, só se for um tremendo masoquista, daqueles que votaram no Collor. Infelizmente tem muito desses no universo dos eleitores. Depois não pode reclamar da vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *