Metrô Ipanema

Assim que anunciaram a inauguração do metrô Ipanema, fiz pesquisa aqui, muitos se manifestaram. E diziam: “Se o metrô é em Ipanema, por que não chamar de Ipanema?” Hoje, Joaquim Ferreira, (na sua excelente coluna de O Globo) levanta outro aspecto da questão. E questiona, muito justamente, o fato de quererem rotulá-la como Tom Jobim. Não pelo nome do maestro, claro, e sim pela impropriedade.

Metrô Flamengo

E revela: moradores desse bairro tradicional, protestanram pelo fato de quererem denominá-lo de Morro Azul. Ora, o que é que Morro Azul tem a ver com Flamengo?

Por que não, simplesmente, metrô Flamengo?

Rua das Marrecas

Essa rua simpaticíssima, nos anos 40/50, teve seu nome mudado para Juan Pablo Duarte. Está bem, é um herói de Porto Rico ou República Dominicana, nada a ver com a Cinelândia ou a rua do Passeio, em frente ao chafariz de Mestre Valentim.

Fernando Lobo (que acabara de chegar de Pernambuco e Augusto Rodrigues, que moravam ali), protestaram, surgiu um movimento popular, uma semana depois a rua das Marrecas tinha seu nome devolvido. Hoje ninguém protesta, por que o metrô Ipanema não pode se chamar METRÔ IPANEMA?

A sujeira que o
prefeito esconde

Eduardo Paes grita e garante: “Os cariocas sujam muito as ruas, são PORCOS”. (Textual) O prefeito não lembra dele mesmo. Chamou o presidente Lula de “chefe de gangue”, fez campanha contra ele. Mas depois se arrojou a seus pés para se eleger prefeito, até agora “só fez bobagem”. A sujeira da alma ou da política, por acaso é menor do que a das ruas? As duas sujeiras não devem existir, mas Eduardo Paes devia pedir desculpas.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *