Ministro Marcos Pontes retruca Damares: ‘Não se deve misturar ciência com religião”

Marcos Pontes, ministro de Ciência e Tecnologia, quer mais recursos para a área

Repórter da rádio CNN deixou o ministro numa saia justa

Deu em O Tempo
(Estadão Conteúdo)

O ministro de Ciência e Tecnologia Marcos Pontes rebateu, nesta quinta-feira (dia 10) declarações da ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves. Em vídeo divulgado nesta quarta-feira, dia 9, a ministra e pastora disse que a igreja evangélica perdeu espaço na História ao “deixar” a Teoria da Evolução entrar nas escolas sem ser questionada.

“Ela deve ter falado isso em algum tipo de contexto que eu não sei exatamente”, disse Pontes, em entrevista à rádio CBN. “Mas, do ponto de vista da ciência, são muitas décadas de estudo para formar a teoria da evolução desde o início. Ou seja, não se deve misturar ciência com religião”, disse o ministro.

PERDEU ESPAÇO – No vídeo, sem data de identificação, Damares fala: “A Igreja Evangélica perdeu espaço na História. Nós perdemos o espaço na ciência quando nós deixamos a teoria da evolução entrar nas escolas, quando nós não questionamos. E aí os cientistas tomaram conta dessa área.”

Em nota enviada à TV Globo, o Ministério da Mulher, Família e dos Direitos Humanos informa que a declaração “ocorreu no contexto de uma exposição teológica e não tem qualquer relação com as políticas públicas que serão fomentadas por este ministério. Não há relação entre a atuação da titular desta pasta como líder religiosa e suas funções como gestora pública.”

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Até as paredes do Palácio do Planalto já sabem que Damares Alves não vai dar certo como ministra. Ela não tem o perfil do cargo. É inútil insistir, porque só provoca desgastes desnecessários. Ministro é igual a juiz de futebol, não pode aparecer muito nem subir no pé da goiabeira, digamos assim. (C.N.)

19 thoughts on “Ministro Marcos Pontes retruca Damares: ‘Não se deve misturar ciência com religião”

  1. Já escrevi neste espaço, misturar fanatismo religioso, com politica não dá certo, temos o Crivela, em sua reunião secreta com fieis, agora essa pastora que mistura “alhos com bugalhos”. A Ciência é o estudo da Natureza em seu progresso, que É uma Lei Divina, e s Escola no sentido do “Saber”, é de suma importância, veja a Escola no Brasil, que está em frangalhos, principalmente no chamado “nível básico”, Confúcio a 3 mil anos já pregava: uma Nação se faz com escolas que ensine ser Cidadão e Chefe de Família.
    Essa Pastora está o supra sumo da “santa ignorância” da “Doutrina de Jesus, o Cristo, que nos legou o Código da Vida: seu Evangelho, que nos mostra um DEUS-PAI, justo para sua criação. Religião, é um dos campos da Ciência, o divorcio é culpa dos falsos pastores, que usam a Doutrina de Jesus, para uso próprio atendendo seu orgulho em dominar “mentes” com base fundamental no V. Testamento, de um Deus tenebroso parcial.
    Parabenizo o Ministro, e espero que sua Pasta seja trabalhada para uma Ciência progressista para o povo brasileiro, pacifico e fraterno.

    • Durante o período, em que foi govrrnador do Rio de Janeiro, “Garrotinho” inventou um tal de cheque-cidadão. Adivinhem quem era a comunidade religiosa privilegiada com a dádiva bancária?

  2. Interessante, o video mostrado no jornal nacional, foi feito em uma conferência de reflexão teológica, como o próprio jornal disse que não sabe quando foi feito, vê-se claramente que a intenção é desgastar a ministra. O debate era entre criacionismo e teoria da evolução. Neste contexto ela se manifestou, antes de ser ministra. A desonestidade intelectual da rede globo é repugnante. Ainda bem que o presidente vai acabar com essa palhaçada da imprensa. Já o ministro da ciência e tecnologia, porque não se cala? Ele mesmo afirmou que não tinha conhecimento do que tinha sido dito pela ministra quando não era ministra. Infelizmente falta ética e verdade na imprensa e na política.

    • O ministro apenas afirmou o que é fato:
      Ciência e Religião não se misturam.
      Bem que a Igreja andou preparando e contratando cientistas entre seus fiéis para uma aproximação.

      Mas não adianta. Os trabalhos desenvolvidos por esses seguem a linha de procurar explicar a ciência em harmonia com suas religiões…

      Logo, uma Ciência sujeita a não contradição com a Religião.
      Esse método é opostamente contrário ao método cientifico de pesquisa.

      A ciência enquanto tal busca novos conceitos, como corrigir e integrar conhecimentos científicos já existentes.

  3. O Vídeo é antigo, dizem de 5 anos atrás, e foi dentro do âmbito da Igreja que a agora ministra frequenta.

    Foi pinçado pela impresa para denegri-la, misturando religiosa com ministra.

    Quem fez vergonha antiética foi o seu colega “Astronauta” que deveria ficar com a boca fechada.

  4. Esta questão de a ciência e religião não se acertarem, diz respeito a mentes ainda embotadas, retrógradas, que dificultam a vida das pessoas mesmo elas não querendo.

    Não entendo como acreditar no desconhecido, na dúvida, e deixar de crer no que se vê, no palpável, no real!

    Se religião é fé, algo tão subjetivo porque advém de pensamentos individuais, a subjetividade não pode preponderar sobre a realidade, que são os avanços da Ciência, suas evoluções e transformações.

    Creditar a Darwin a causa de problemas religiosos no que tange à fé, a ministra não somente se mostra despreparada para o cargo quanto apresenta com toda a pompa e circunstância, a ignorância do fanatismo, do radicalismo, da mente estreita e que não aceita o debate, a discussão!

    Mais:
    Ela sequer leu uma linha que fosse sobre o trabalho de Darwin, A Origem das Espécies, e saiu a dizer asneiras.

    Não precisamos e repudiamos mentes obtusas, onde a maior subjetividade que se pode mencionar é Deus porque se tenta dar à divindade uma realidade inexistente, uma concretude impossível de ser aquilatada e dimensionada!

    Ora, se a ministra acredita mais na metafísica e suas tentativas até ridículas de ajustar o irreal com a realidade, das duas uma:
    Ou está fora da “casinha”, ofuscada pelo seu fervor ou, então, não acredita na capacidade de estudos e conclusões do filho de Deus, o homem!!!!

    Simplesmente a ministra ofende a Deus desta forma, degradante:
    Se fomos feitos à sua imagem e semelhança, além de o Criador nos brindar com a inteligência, na razão inversamente proporcional que se acredita em forças do além em detrimento do que a humanidade possa realizar, tanto em benefício próprio quanto ao seu desenvolvimento, esta senhora impede o curso da Natureza, o seu avanço inevitável, e diminui a importância de Deus quando nos criou!!!

    Definitivamente estamos diante de uma senhora que se borra de medo de Deus, menos tornar-se amiga e buscar mais conhecimentos para Dele chegar mais perto!!!

  5. Damares é a ministra perfeita para o governo Bolsonaro. Faz Bolsonaro parecer menos imbecil. Faltou uma Damares a Dilma para amenizar as merdas que Dilma falava. Com Damares, Bolsonaro se sente menos débil mental. Deve ser reconfortante para ele.

  6. Graças a esse “narcoteísmo” desvairado, as clínicas psiquiátricas estão abarrotadas, e os profissinais da área com cara de zangadinhos: conferir dinheiro é tão extenuante, chatérrimo!
    Quando é uma pessoa próxima a mim, que está pirando, minha receita é sempre a mesma: defeca esse deus da tua cabeça, sua alimária!

  7. A “imbecil” da ministra Damaris, barrou o projeto “inteligente” da cripto-moeda indígena dos “genios” petistas da FUNAI, economizando 45 milhões de reais para os cofres públicos.

  8. O problema é que hoje em dia, a religião da ministra não faz mais mal politicamente.
    Já teve seus dias de religião política em que na inquisição liquidou com meia dúzia de hereges e produziu alguns massacres entre suas diferentes correntes.
    O perigo hoje é a religião marxista, a tal socialista, que surgiu no século XIX para substituir as antigas como observou Nietzsche.
    Esta sim é perigosíssima e onde se instalou matou dezenas de milhões de hereges.
    O que espanta é que aqui mesmo temos muitos de seus crentes, que não se cansam de colocar Marx como Deus.

    PS. Como cético não acredito em religiões ou ideologias, o que dá no mesmo e nem perco tempo em acreditar ou desacreditar na existência de Deus.

  9. Quanto mimimi. Religião está entranhada na pseudo-ciência chamada teoria da evolução. Não existe símio que se transforma em hominídeo. Isso é fé. também não existe macro-evolução de nenhuma espécie. só adaptação. Quando a ciência real colocar esses pingos nos ís, aí todos dirão, Ah! É mesmo. Pena que falta cientista com peito para falar isso. De resto, marcos pontes custou muito caro par a o brasil. E já se esqueceram da amante que ele arranjou nos estados unidos….

  10. O vídeo é de 2013. Acho que em 2013 ela nem sonhava um dia ser Ministra. Mais uma vez querem trazer algo do passado alegando que ela agirá assim no futuro.
    Pegando falas de qualquer pessoa de uns 6 anos atrás é possível pinçar frases e pensamentos que hoje talvez não correspondam aos pensamentos atuais destas.
    E quando se assume um cargo tão importante como este de Ministra, algumas “verdades” pessoais devem ser deixadas de lado.
    Vamos aguardar seu desempenho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *