Ministros da Fazenda vazavam informações privilegiadas aos bancos, revela Palocci

Resultado de imagem para palocci charges

Charge do Cazo (blogdoafr.com)

José Casado
O Globo

Conhecer pessoas certas em áreas-chave do governo pode ser lucrativo, embora seja radioativo. Amigos no poder podem prover informações exclusivas, que possibilitem ganhos de 90% em 24 horas ou lucros de 400% em um ano. Também podem criar um monopólio na corretagem de planos de saúde. Decidir uma bilionária disputa entre sócios de um supermercado. Resgatar um industrial arruinado na especulação cambial. Ou mandar fundos de pensão estatais salvar banqueiros.

Cenas explícitas desse capitalismo de laços estão nas confissões de Antonio Palocci à polícia. O ex-ministro de Lula e Dilma conta em 39 episódios como funcionavam as conexões entre governo e empresas amigas.

TROCA DE FAVORES – Narra uma constante de troca de favores com bancos (Bradesco, Unibanco, Santander, Safra, BTG e Votorantim); supermercados (Grupo Diniz e Casino); construtoras (Odebrecht, OAS, Camargo, Queiroz, Andrade, Asperbras, UTC, Engeform e PDG Realty); indústrias (JBS, Ambev, BRF, Souza Cruz); serviços (Rede D’Or, Grupo São Luiz, Amil e Qualicorp); estaleiros (Keppel e Jurong); montadoras (Mitsubishi e Caoa) e seguradoras (BB Seguros, Prudential e Mapfre), entre outras. Todos negam ilícitos.

De 2009 a 2011, segundo ele, ministros da Fazenda vazavam informações privilegiadas para bancos. Adiantavam o valor referencial dos juros — conhecer a taxa Selic antes da divulgação é como obter antecipadamente o resultado da loteria.

AS CONFISSÕES – Confessa ter “beneficiado o Bradesco”, que refuta “ilações descabidas”. Diz que o sucessor na Fazenda, Guido Mantega, informava o BTG: “Só para se ter uma ideia, entre 31 de agosto e 1º de setembro (de 2011), dia de inflexão dos juros, o Fundo Bintang saltou de 252,84% de rentabilidade acumulada para 335,76%. Num só dia!”O banco diz que era só administrador desse fundo. Advogados de Mantega qualificam tudo como falsidade.

Palocci anuncia um livro de memórias para este mês. Nesta semana, ele completou 13.793 dias de filiação “oficial e ativa” ao PT. Seguem unidos no cartório eleitoral desde 1981. Mas, no momento, o partido nega-lhe “qualquer resquício de credibilidade”.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Muito importante esse artigo de O Globo, enviado à Tribuna da Internet pelo articulista e comentarista Mário Assis Causanilhas, sempre atento ao lance. O texto do José Casado realmente traz uma demonstração da relevância e do alcance das delações de Palocci. (C.N.)

8 thoughts on “Ministros da Fazenda vazavam informações privilegiadas aos bancos, revela Palocci

  1. Indiscutivelmente o PT é a maior quadrilha destinada ao crime organizado que se tem notícia no mundo!!!

    O partido tomou conta do Brasil, e o fez trabalhar para o enriquecimento da agremiação e de seus dirigentes.

    Jamais se viu algo sequer parecido na história das nações, jamais!

    LULA E SEUS CÚMPLICES NÃO SÓ ROUBARAM O POVO E PAÍS, como foram os maiores traidores que tivemos!

    A quadrilha petista merecia PENA DE MORTE, pelos males, danos e prejuízos que ocasionaram ao povo e a esta nação!

  2. De 1945 até a presente data todos os ministrinhos da fazendona foram e são marionetes do sistema económico predatório internacional. Isto só vai terminar com o estouro do Dólar (papel pintado valendo mais que ouro)

  3. Quem não enriqueceu com as ações da Embratel? As relações promíscuas entre os donos do dinheiro já são conhecidas a muito tempo. A coisa é tão esculhambada no Brasil, que nem se preocupam com a Justiça. Basta cavucar que as minhocas abundam. Uma “isca” mais gorda que a outra. Para isso, prisão preventiva, delação premiada e cadeia em segunda instância, precisa funcionar. O povo precisa manter pressão cerrada no político. O termo “não se elege”, precisa ser entendido como “não se elege nunca mais”.

  4. Interessante, delação só é valida, quando é contra o inimigo!
    Estas delações são passíveis de investigação, logo, no primeiro momento, é confiável.

    O cabra sabe que se mentir, poderá ter sua pena aumentada, então….

  5. “Ministros da Fazenda vazavam informações privilegiadas aos bancos,…”

    Pergunta: Isso acontecia antes do governo petista; aconteceu durante o governo petista e acontece agora no governo Boçalnaro?

    • O dedo duro da hora esta a falar do que ele vivenciou durante sua carreira de criminoso, quanto ao atual não é impossível nem improvável , mas até agora não tem indícios para ser apurado, ao contrario dos anteriores que todos fechavam os olhos para todas as provas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *