O perigo para Patrícia Amorim

Eleita para presidir o Flamengo, “recebe” como herança maldita, essa dívida de 333 milhões, parece dízima periódica. Mas é a realidade. Márcio Braga fica no cargo até dia 21, tudo pode acontecer.

Como revelei ontem com exclusividade, têm que dar, i-m-e-d-i-a-t-a-m-e-n-t-e, um cheque de 3 milhões, por compromissos assumidos, sem conhecimento e sem autorização de qualquer órgão (ou pessoa) do clube.

Patrícia Amorim não sabia de nada, não disseram a ela a razão do pagamento, só falaram, DEPOIS DA ELEIÇÃO, (é lógico, com o título esperavam ganhar a eleição), que era COMPROMISSO. Sem autorização válida e legítima, não existe compromisso.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *