O tempo só não vence a força do amor, na visão poética de Malu Mourão

Resultado de imagem para malu mourão

Malu Mourão, em seu alto astral poético

Paulo Peres
Site Poemas & Canções

A professora e poeta cearense Maria Luíza Mourão, conhecida como Malú Mourão, afirma em versos que “O Tempo” somente não conseguiu modificar a força sentimental que tem o amor.

O TEMPO
Malú  Mourão

O tempo que passa
Cadencia e repassa
E marca  no dia
Uma rebeldia…
Suspira na hora
De cada aurora.
Se chora e clama,
não reclama…
Sufoca o pranto
No seu desencanto.
O tempo não para.
Só declara:
Esconde a verdade
Da insana saudade.
Disfarça na lembrança
Tua esperança,
Que invoca do peito
Este amor em deleito
Que foge sorrateiro,
Por inteiro,
Pois o tempo não perdoa.
Só tudo atordoa.
E desespera em vão
Teu coração.
Guarda a vontade,
Esquece a verdade,
Sufoca o desencanto,
Seca  teu pranto…
Pois a força
Que tem teu amor
O tempo esqueceu e deixou!

3 thoughts on “O tempo só não vence a força do amor, na visão poética de Malu Mourão

  1. A julgar pelo que os poetas dizem, a vida deles deve acontecer em outro planeta – certamente não aqui nesta terra de Santa Cruz.
    Amor… Já viu moça bonita rica e bem educada gostar de pobre feio analfabeto como o Lula?
    Nós procuramos no nosso parceiro afinidades, segurança emocional de longo prazo, e prazer. O prazer, no entanto, é o componente mais importante, e incontrolável – tudo para preservar a espécie… Mas há gente que acha que tudo é amor – né não, é tesão! Falo de coração.

  2. A poesia de Malu Mourão nos leva à Força do Amor de Roupa Nova

    A Força do Amor
    Roupa Nova

    Abriu minha visão o jeito que o amor
    Tocando o pé no chão, alcança as estrelas
    Tem poder de mover as montanhas
    Quando quer acontecer, derruba as barreiras

    Para o amor não existem fronteiras
    Tem a brisa quando quer
    Não tem hora de chegar
    E não vai embora

    Chamou minha atenção, a força do amor
    Que é livre pra voar, durar para sempre
    Quer voar, navegar outros mares
    Dá um tempo sem se ver
    Mas não se separa

    A saudade vem
    Quando vê não tem volta
    Mesmo quando eu quis morrer
    De ciúme de você
    Você me fez falta

    Sei, não é questão de aceitar
    Sim, não sou mais um a negar
    A gente não pode impedir
    Se a vida cansou de ensinar
    Sei que o amor nos dá asa
    Mas volta pra casa

    Abriu minha visão o jeito que o amor
    Tocando o pé no chão, alcança as estrelas
    Tem poder de mover as montanhas
    Quando quer acontecer, derruba as barreiras

    Para o amor não existem fronteiras
    Tem a presa quando quer
    Não tem hora de chegar
    E não vai embora

    Sei, não é questão de aceitar
    Sim, não sou mais um a negar
    A gente não pode impedir
    Se a vida cansou de ensinar
    Sei que o amor nos dá asa
    Mas volta pra casa

    Sei, não é questão de aceitar
    Sim, não há nada que eu possa fazer
    A gente não pode impedir
    Se a vida cansou de ensinar
    Sei que o amor nos dá asa
    Mas volta pra casa

    Mas volta pra casa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *