O TSE mudou de lado

Cassou os governadores da Paraiba e do Maranhão e botou no lugar, quem? Os derrotados. Agora tirou do cargo o governador do Tocantins e marcou eleição. Mas indireta.

Dois equivocos irreparaveis. 1) Nenhum governador pode ser cassado em beneficio de alguém. A culpa é da lamentavel “representatividade”. 2) Um Tribunal que pretende “restaurar a moralidade politica e eleitoral”, não pode consolidar esse tipo de escolha. Falta 1 ano e meio, podiam bem fazer a eleição direta. O TSE está comprometendo seu proprio destino e futuro. (Exclusiva)

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *