Operação de limpeza da “Tribuna da Internet” é para valer, acredite se quiser

Imagem relacionada

Charge reproduzida do Arquivo Google

Carlos Newton

Se ainda não deu para entender, vamos fazer nova tentativa. A operação de limpeza da Tribuna da Internet é definitiva e não poupará ninguém. As regras são para todos, indistintamente. Não quero saber quem começou a briga, se foi A ou B, se é meu amigo ou não. Isso não interessa. O que consideramos intolerável são o baixo nível, a intolerância, a ofensa, a provocação e a perseguição, seja de que tipo for. Não há razão para isso, embora estejamos em um ano eleitoral, às vésperas da primeira votação.

NÃO HÁ DESCULPAS – Não adianta alegar “estou apenas revidando” ou “quem começou foi fulano”. São desculpas infantis, verdadeiramente patéticas, especialmente quando partem de pessoas bem dotadas e intelectualizadas como os frequentadores do blog, pois todos os participantes daqui são altamente interessados em política, economia e teses filosóficas e sociais. Este é o nosso público.

Aliás, é impressionante que tenhamos milhares e milhares de acessos diários, sem divulgar fofocas de TV, jogos de futebol e outros temas realmente populares. Pense nisso.

UM EXEMPLO – O que resultou de melhor nas discussões aqui travadas a respeito, nos últimos dias, foi o exemplo de educação e cavalheirismo de Alex Cardoso, que há anos frequenta o blog com a missão de defender os interesses de Lula e do PT. Comentaristas que são adversários de Alex Cardoso chamaram atenção para a postura impecável dele. É apedrejado a todo momento, recebe as maiores ofensas e segue em frente, impávido colosso, com o comportamento inalterado.

Há no blog muitos outros comentaristas profissionais, digamos assim, mas nenhum deles tem esse tipo de comportamento, muito pelo contrário. Um dos que defendem Geraldo Alckmin, por exemplo, é um desastre. Ele usa vários pseudônimos, inclusive “Lampião”, e realmente é belicoso – parte sempre para ofensas e palavrões, não há quem aguente.

VAMOS EM FRENTE – A operação limpeza – repita-se ad nauseam, como dizem os advogados – é mesmo para valer, porque esta semana o editor terá mais tempo livre e vai poder ler com mais atenção os comentários.

Nossa esperança é de que os participantes da TI sigam o exemplo de Alex Cardoso e defendam suas teses com galhardia, mas dentro de padrões éticos. Sabemos que a política brasileira é totalmente aética, mas a “Tribuna da Internet” foi criada para ser exceção neste deserto de homens e ideias, como dizia Oswaldo Aranha, um estadista de verdade. Se ele tivesse sido presidente em 1945, o Brasil estaria hoje em outro patamar de desenvolvimento, pois o país saiu da Segunda Grande Guerra com muitos créditos a receber no exterior e Aranha saberia usá-los em favor do crescimento de nossa economia. Dutra fez um governo abaixo da crítica.

16 thoughts on “Operação de limpeza da “Tribuna da Internet” é para valer, acredite se quiser

  1. Desde o início visito diariamente o blog da TI. Além dos ótimos artigos postados, dava gosto ler os comentários dos leitores. Sempre interessantes e inteligentes. Hoje leio somente os artigos.

    • Defendo, inclusive, a identificação plena do comentarista como condição de ter acesso aos comentários (nome completo, CPF, etc…). Assim vai acabar aquela palhaçada de anônimo dizer que outro anônimo não tem coragem de aparecer e que vai denunciar à PF, e que foi ofendido, etc… Anônimo nunca pode se sentir ofendido, pois é como se não existisse. Não basta só dar o nome, pois posso inventar um bem bonito! MAS como o blog permite o anonimato, assim o serei até tal medida for implantada, se for!

  2. ALEX CARDOSO, é a criatura de paciência mais elástica que já “conheci”. Alguns aqui; de caráter imundo, profissionalizaram-se na arte de insultar e desarrazoar o ALEX, e ele se manteve sempre firme e sereno.. Acho até que o nome dele significa: repelente, rechaçador; em grego, ou coisa assemelhada. Não quero dizer com isso que ele seja um soldado da boa causa. Certo e errado é uma questão de posição relativa do observador: se a injeção dói, mas surte efeito, então. taca pra dentro!

    • Vivemos no mundo das compensações e descompensações. Eu também, a troco de uma boa retribuição, rasparia até bigode de alma!
      Os apreços ou desapreços são creditados ou debitados a esse codinome, e o personagem deve absorver também os impactos!

  3. Bom dia Carlos Newton.
    Concordo com você.
    Me lembrei do Brigadeiro Eduardo Gomes.
    ”O preço da Liberdade, é a Eterna Vigilância”
    Um abraço do amigo Camilo, aqui da terra das
    Mulheres Bonitas, como você diz.

  4. Acho importante que todos cumpram as regras de boa convivência nesta Tribuna.

    Portanto o blog não pode ter os seus “protegidos”, que ofendem e nada lhes acontece. Ou então que incomodam com exagerada quantidade de comentários abobados num mesmo artigo.

    Estaremos de olho vivo!

  5. Parabéns ao editor da TI, fico feliz em me sentir entre frequentadores tão insignes, gente que debate e não bate boca. Sugiro aos “mal comportados” que procurem outros blogs menos categorizados quanto este e lá destilem os seus ódios a vontade, porque destes existem aos milhares. E de todos os matizes, não são todos fakes ou pestistas, também tem da turma do capitão.

  6. Em 1960 também, se em vez do destrambelhado Jânio Quadros tivesse sido eleito o Mal. Lott, o Brasil teria tomado outro rumo, se consolidado como nação, e não teria passado pelos 24 anos de ditadura.

    • O problema é que Jânio Quadros prometia uma política de Direita, né???
      Acontece que passou a praticar a neutralidade internacional, não???

  7. Toda ofensa deve ser banida juntamente com a intolerância desmedida

    Porém, os argumentos usados por cretinos para defender o presidiário é motivo para ficarmos indignados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *