Palocci fecha delação para entregar Lula e também Dilma Rousseff

Resultado de imagem para palocci depondo

Palocci desistiu de tentar engabelar a Lava Jato

Jailton de Carvalho
O Globo

Preso desde setembro de 2016, o ex-ministro Antonio Palocci assinou acordo de delação premiada com a Polícia Federal. Fontes vinculadas ao caso confirmaram ao Globo que a colaboração avançou com rapidez nos últimos dias. Em sigilo, além de terem fixado as bases dos benefícios que serão concedidos a Palocci, os investigadores inclusive já teriam concluído a fase de depoimentos. Palocci fez acordo com a Polícia Federal depois de tentar, sem sucesso, negociar com os procuradores da força-tarefa da Lava-Jato. A colaboração, no entanto, ainda não foi homologada pela Justiça.

As revelações do ex-ministro devem dar um novo impulso à Lava-Jato. As informações e os documentos fornecidos por ele seriam suficientes para abertura de novos inquéritos, operações e até mesmo prisões, segundo revelou ao Globo uma fonte que conhece o caso de perto.

LULA NO ALVO – Além de detalhar nos depoimentos os casos de corrupção dos quais participou ou teve conhecimento, o ex-ministro terá de apresentar provas do que diz. Se mentir ou quebrar algumas das cláusulas firmadas, poderá perder os benefícios negociados. As vantagens oferecidas a Palocci em troca de suas revelações ainda estão sendo mantidas em sigilo pelas partes.

Na semana passada, o ministro teve um pedido de liberdade negado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que considerou temerário liberá-lo da prisão no atual estágio das investigações. No papel de colaborador, no entanto, a situação do ministro poderá ser revista pela Justiça.

Em depoimento ao juiz Sergio Moro, em setembro de 2017, Palocci antecipou alguns episódios simbólicos de sua relação com Lula. O ex-presidente, aliás, seria um dos políticos mais citados por Palocci.

PACTO DE SANGUE – Ao falar das relações do ex-presidente com a Odebrecht, por exemplo, Palocci afirmou que Lula havia firmado um “pacto de sangue” com o empresário Emílio Odebrecht nos últimos meses de 2010, em uma conversa sigilosa no Palácio do Planalto.

Nesse período, o ex-ministro era o encarregado de mediar a relação entre o PT, o governo e a cúpula da empreiteira, como revelaram os ex-executivos da Odebrecht em delação. Palocci operava a famosa “conta Amigo”, aberta no sistema de propinas da construtora para bancar despesas pessoais, favores e projetos de interesse do ex-presidente Lula.

PACOTE DE PROPINAS — Ele (Emílio) procurou o presidente Lula nos últimos dias do seu mandato e levou um pacote de propinas que envolvia esse terreno do instituto, já comprado. Apresentou o sítio para uso da família do presidente Lula, que ele já estava fazendo a reforma, em fase final. Também disse que ele tinha à disposição para o próximo período, para fazer as atividades políticas dele, R$ 300 milhões — disse Palocci.

Dessa conta também teriam saído recursos para remunerar palestras do ex-presidente Lula e doações ao instituto que leva o seu nome. O ex-ministro admite ainda os repasses via caixa dois de empresas para as campanhas de Lula e Dilma. Afirma que a relação dos empresários com o governo era “bastante movida” a vantagens concedidas a empresas no governo mediante o consequente pagamento de propinas e repasses de caixa dois ao partido. Ao falar do esquema do PT com empreiteiras que pagavam propina em troca de influência no governo, Palocci disse que as vantagens não se destinavam a retribuir benesses específicas obtidas em um ou outro contrato público. Tratava-se de manter uma relação amigável e constante com os mandatários para estar sempre em posição privilegiada em concorrências públicas.

A PARTE DE DILMA – Ao falar da ex-presidente Dilma Rousseff, o ex-ministro disse que ela não apenas sabia do esquema corrupto entre PT e as empreiteiras, como teria sido beneficiária e mantenedora dos arranjos. Palocci deu exemplos de situações em que tais temas foram tratados na presença de Dilma ou dependeram de sua chancela.

Em meados de 2010, segundo Palocci, ele participou de uma reunião com Lula, Dilma e o então presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli na biblioteca do Palácio da Alvorada. O assunto eram os contratos de exploração do pré-sal. Lula, segundo o ex-ministro, teria falado abertamente do propósito de usar os projetos da estatal para financiar a campanha “dessa companheira aqui (Dilma), que eu quero ver eleita presidente do Brasil”, teria dito Lula, nas palavras de Palocci.

BALA NA AGULHA – As negociações sigilosas do ex-ministro com a Polícia Federal foram reveladas pelo Globo no dia 14 de abril. Nas tratativas, o ex-ministro melhorou a proposta de delação. Ele teria fornecido mais detalhes e indícios dos crimes dos quais participou ou teve conhecimento. Para um experiente investigador, Palocci é um dos poucos condenados da Lava-Jato que têm informações importantes para debelar estruturas criminosas ainda fora do alcance da polícia.

— Ele ainda é um dos poucos que têm bala na agulha — disse ao Globo uma fonte que acompanha o caso de perto.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Com a delação de Palocci, a Lava Jato ganha fôlego para mais algun anos. Vai ser um festival, atingindo até mesmo Dilma Rousseff, que pensou fazer eternamente o papel de “Soninha Toda Pura”, de Ilclemar Nunes. (C.N.)

34 thoughts on “Palocci fecha delação para entregar Lula e também Dilma Rousseff

  1. Soninha pura nem na testa.
    Bem, resta fechar o PT e cobrar dele o dinheiro roubado. Mais importante ainda: os juízes do STF fanzocas da corrupção petista e temerista deveriam botar o rabinho entre as pernas e tomar vergonha na cara.
    E que o general continue sempre atento nos intramuros dos quartéis! Afinal, é pra isso que temos generais.

  2. Alguém precisa lembrar ao Palocci, que os documentos que entregará a polícia, terão que ter necessariamente o timbre da Petrobras, senão a segunda turma do supremo não vai acreditar.

  3. Essa delação premiada chega deveras tarde, de um cara que está prestes a ser condenado em segunda instância. Quanto à Dilma, apesar da sua torcida, até agora, dois anos depois do golpe, não surgiu uma única prova de enriquecimento ilícito ou corrupção, ao contrário de seus algozes Temer, Aécio e Eduardo Cunha. Penso que, se até agora não surgiu nada, dificilmente vai surgir, para sua decepção.

    • Bem, surgiram as provas contra a Soninha. Provas existem, falta ação da polícia. Com que dinheiro a Soninha comprou o(s) apartamento(s) de Porto Alegre? Com a lojinha de 1,99?

    • -O TEMER não é algoz da DILMA, é o VICE dela!

      -Ou será que ela não sabia que no partido de onde ela resolver tirar o vice e apoiar nas eleições de todos os Estados só havia ladrão?
      -Ou será que o Temer começou a roubar ontem, depois que a Dilma foi tirada do governo?
      -Ou será que ela é tão ingênua e pura ao ponto de nunca ter desconfiado do tipo de política feita pelo PMDB?

    • -O TEMER não é algoz da DILMA, é o VICE dela! E o partido do Aécio JÁ É aliado do PT em pelo menos seis Estados!

      -Ou será que ela não sabia que no partido de onde ela resolver tirar o vice e apoiar nas eleições de todos os Estados só havia ladrão?
      -Ou será que o Temer começou a roubar ontem, depois que a Dilma foi tirada do governo?
      -Ou será que ela é tão ingênua e pura ao ponto de nunca ter desconfiado do tipo de política feita pelo PMDB?

  4. Havia provas e indícios ….

    Polícia Civil apreendeu nesta quarta-feira (25) em Arujá, na Região Metropolitana de São Paulo, um helicóptero supostamente utilizado para transporte de drogas entre a Bolívia e a capital paulista. Três pilotos foram detidos, entre eles Rogério Almeida Antunes, preso em 2013 por transportar 450 quilos de cocaína em helicóptero da empresa do ex-deputado estadual mineiro Gustavo Perrella
    (…).De acordo com o chefe de investigações da Delegacia de Investigação sobre Entorpecentes (Dise) de São Bernardo do Campo, Carlos César Alves, a aeronave era monitorada desde janeiro e pode ter sido utilizada por Felipe Ramos Moraes, piloto suspeito de ter se envolvido no assassinato de integrantes da facção Primeiro Comando da Capital (PCC).
    (…).Dois pilotos e um copiloto foram presos em flagrante. Entre eles está Rogério Almeida Antunes, que em 2013 foi detido em flagrante no Espírito Santo por transportar 450 quilos de cocaína em helicóptero da empresa Limeira Agropecuária, do então deputado estadual.

    (JB)

    • A polícia faz papel de idiota, de besta, ao tornar prender, dezenas de vezes, os mesmos bandidos.
      Se a Justiça quer eles soltos, que se deixe solto, oras!

  5. Por isso que estão fazendo novas perícias.

    A vereadora Marielle Franco (PSOL), executada no centro do Rio de Janeiro com quatro tiros na cabeça, foi morta por pistoleiros a serviço da milícia que atua no Complexo da Maré, onde ela morava.

    Um vereador, eleito com o apoio da milícia, está envolvido no crime. Ele já foi ouvido pela polícia e negou tudo. Dois dos que participaram diretamente da execução estão mortos. Queima de arquivo.

    A polícia espera uma denúncia ou confissão que possa ligar em definitivo os indícios e as evidências reunidas até agora ao vereador e aos que encomendaram a morte.

    • Virgílio,

      Se o andamento as investigações sigilosas está assim, publicado na internet, ou as autoridades que estão realizando tais investigações são incompetentes, ou elas também fazem parte do crime organizado.

      • Na realidade está tendo uma investigação paralela , tem um delegado da Draco lotado no gabinete do Freixo que está contando com a ajuda do ex Titular da Homicídios, Orlando Zaccone, o que esclareceu o caso Amarildo.
        Fora isso tem a Globo que descobriu o verdadeiro trajeto e a placa do carro clonado .
        Acho que o caso pode também bater na Alerj.

  6. Já corre pela mídia que Palocci possivelmente omitiu fatos relacionados ao envolvimento do pessoal do Judiciário no esquema. Se não for trazer coisa nova, nem merece ser beneficiado. Se for confirmado que ele está omitindo informações ainda corre o risco de perder o benefício. Na verdade poderia se pensar em aumentar a pena caso se descubra que ele omitiu ou mentiu sobre o que apresentou.

  7. Por falar em pureza da DILMA, que tal comparar o grau de pureza dela com o do Doutor FERNANDO?

    “O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso fez questão de diferenciar os recentes episódios de corrupção envolvendo o seu partido, o PSDB , e o PT, procurando demonstrar confiança no presidenciável Geraldo Alckmin e revelando, inclusive, um encontro com OVNIs.”

    https://gshow.globo.com/programas/conversa-com-bial/noticia/fhc-sobre-cenario-eleitoral-estou-vendo-tanto-candidato-a-presidencia-que-fico-ate-irritado.ghtml

  8. Dilma é vítima e não criminosa. Não sou eu quem digo. Fernando Henrique Cardoso em entrevista gravada e publicada na Internet disse com todas as letras: Dilma Rouseff é honesta. No senado da República O senador Tasso Jerissat disse sem que ninguém lhe perguntasse: Dilma Rousseff é honesta. Pergunta ingênua? Qual a razão de dois ferrenhos asversários fazerem essas afirmações? E os três funcionários envolvidos em corrupção na Petrobrás que assim que Dilma lá chegou demitiu? Não conta? E sua casa no Rio Grande do Sul que foi revirada do avesso e a vida de sua filha investigada? Tudo isso não vale nada? Pode até que haja no futuro alguma surpresa, mas pelo que sei por fontes confiáveis Dilma foi vítima dos corruptos do PTque não podia denunciar. Quando ela pediu a Graça Fortes que procurasse saber se Temer estava levando dinheiro. Graça perguntou direto ao Marcelo Odebrechet. E ele foi sincero: Leva sim mas a turma do PT também leva. Isso impediu Dilma de prosseguir. Quem foi que iniciou a Lava Jato? Quero ver o final só para ver se estou enganado. (Nada disso é informação sigilosa, a mídia publicou).

    • FHC não sabe nem da sua vida, e lá vai saber se dilmalandra é honesta?

      Está na cara que dilmalandra é ratazana, e das grandes, pois uma mulher que entra na vida pública após querer tomar o poder à força através da sua porca guerrilha de merda que matou brasileiros inocentes, mas foi providencialmente derrotada pelas nossas honradas forças armadas.

      Esta personagem é as das mais deletérias criaturas da esquerda brasileira que é capaz de matar qualquer um de nós em nome da sua ideologia comunistóide.

      O Palloci vai dar o tiro certeiro nos dois que cairão de vez, e não lhes restarão mais nada na vida pública porque jamais foram políticos, e sim bandidos da pior espécie.

      Vejam bem em quantas maracutaias estão envolvidos o jararacalula e a dilmalandra. São muitas, e cada vez, aparecerão mais.

      Os dois não gostam e nunca trabalharam pelo Brasil, e sim por seus interesses inconfessáveis, e por isso dilmalandra não tardará a fazer companhia ao seu comparsa.

      FHC é mais burro que uma pora, por isso diz que dilmalandra é honesta, e deve falar isso porque um sabe das maracutaias do outro.

      O mais difícil é saber qual dos três é o mais idiota. Eu fico com o jararacalula, porque esse já está preso. Só faltam os outros dois.

  9. Dilma Rousseff é uma criminosa bandida terrorista que torrou ou se fez de garoto friboi de uma gestao que torrou um montante de dinheiro exorbitante para enganar, mentir, manipular e corromper toda a populacao brasileira.
    Uma picareta ignorante, incompetente, desqualificada, merece apodrecer numa cadeia húmida e escura, onde ela mofe para pagar pela grana que usou maquiando a verdade…

    Que a delação do Palocci sirva pelo menos para colocar o Mantega e esta urucubaca humana no xadrez.

  10. Esperamos que essa delação do Palocci não tenha o mesmo rumo que a do Joesley Batista. Palloci sabe tudo, foi coordenador de campanha, mentor intelectual e ministro da fazenda, detinha a chave do cofre, portanto. O principal é que traga toda a fortuna mandada para os paraísos fiscais de volta.

  11. As eleições se aproximam e os golpistas precisam completar seu serviço de deixar o campo livre para seus candidatos e afastar de vez o perigo vermelho do PT. A delação do Palocci celebrada pela grande mídia golpista já sinaliza para que veio para fazer terra arrasada nas hostis do PT, o maior partido de esquerda. Depois da derrubada da presidenta Dilma e da prisão da maior estrela do partido Lula, qualquer outra liderança petista virou presa fácil e a caçada começou com a aceitação pela Assembléia de Minas do processo de impeachment do governador Fernando Pimentel, que favorece o tucanato, antes um governador aliado Flávio Dino já enfrenta acusação armada pelo clã Sarney e o que virá depois a prisão de Jacques Wagner e o impeachment do governador da Bahia deixando o terreno livre para ACM Neto. Depois do golpe em Dilma e da prisão de Lula tudo é possível para o cumprimento da ameaça que os golpistas sempre fizeram de extinguir o PT. Se os golpistas conseguirem tornar inelegíveis Pimentel, Dilma, Wagner, Rui, Gleisi, Haddad entre outras lideranças, o PT irá para essas eleições totalmente desfalcado de suas principais estrelas e esse fato pode ser fatal para a legenda. Os golpistas já mostraram para que vieram e se não ganham no voto, dane-se os escrúpulos e partem para o tapetão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *