Partidos de centro descartam apoio a Lula ou Bolsonaro e discutem a terceira via

Líderes de partidos de centro se reúnem em Brasília para debater candidatura para as eleições presidenciais de 2022. Um dos articuladores do encontro foi o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, em primeiro plano, à direita Foto: Pablo Jacob / Agência O Globo

A reunião foi em Brasília, na residência de um advogado

Paulo Cappelli
O Globo

Presidentes de PSDB, DEM, PV, Cidadania e Podemos se reuniram nesta quarta-feira para discutir uma candidatura de centro para a eleição presidencial de 2022, a chamada terceira via. Também participaram do almoço, na casa do advogado Fabrício Medeiros, em Brasília, representantes do MDB e do SD. Ao final do encontro, os dirigentes indicaram que houve um consenso: as legendas não vão apoiar nem a candidatura do presidente Jair Bolsonaro nem a do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Esse “consenso” foi anunciado, em entrevista à imprensa ao fim do evento, pelos presidentes do PSDB, Bruno Araújo, e do Cidadania, Roberto Freire.

MAIORIA SILENCIOSA – “O número de brasileiros que se posiciona hoje para uma nova alternativa é maior que o apoio a Lula ou Bolsonaro. Mas é uma maioria silenciosa, que não faz motociata nem manifestação. É para esses brasileiros que queremos falar” — disse Araújo.

Roberto Freire afirmou que a reunião não discutiu nomes de possíveis candidatos. “O ambiente para uma terceira via à Presidência é muito positivo. No momento, não falamos de nomes, mas de programas” — afirmou Freire.

Foi o primeiro encontro presencial das siglas para discutir 2022 desde o início da pandemia. O evento foi organizado pelo ex-ministro da Saúde Henrique Mandetta (DEM-MS), apontado como presidenciável.

NOVA REUNIÃO — “A pandemia atrapalhou várias coisas, inclusive as conversas. Todos falavam por telefone, por vídeo… Então eu estava angustiado, pois falava com todos separadamente” —disse Mandetta, anunciando que uma nova reunião do grupo está prevista para daqui a 15 dias.

O presidente do DEM, ACM Neto, deixou o evento sem falar com jornalistas. Publicamente, o ex-prefeito de Salvador nega ter se aproximado do presidente Jair Bolsonaro, mas, nos bastidores, é apontado como um possível apoiador de sua reeleição no próximo ano. Filiado ao mesmo partido, Mandetta afirmou que, na reunião, ACM Neto garantiu que não apoiará Bolsonaro em 2022.

— Há um conceito de unidade, de pacificação do país e de zelo pela democracia. Todos os partidos estão falando a mesma língua: os extremos agravam a crise brasileira. O compromisso de uma candidatura única começa. O compromisso é de caminhada, não de fim — disse o ex-ministro da Saúde.

OUTROS PARTICIPANTES – Também participaram do almoço Renata Abreu, presidente do Podemos, e José Luiz Penna, que comanda o Partido Verde.

Representando o presidente do MDB, Baleia Rossi, que não foi ao evento, o deputado Herculano Passos afirmou que a ideia é o grupo indicar, até o início do ano que vem, o nome que encabeçará a chapa. Dirigentes que participaram do evento afirmam que o martelo em torno do nome será batido após a realização de pesquisas de intenção de voto para avaliar qual a candidatura mais forte.

Os presidentes do PDT e do PSL, Carlos Lupi e Luciano Bivar,  respectivamente, foram convidados, mas não compareceram alegando já terem outros compromissos. O PDT tem Ciro Gomes como pré-candidato ao Planalto.

AMOEDO E HUCK – Presidente do PSDB, Bruno Araújo citou as desistências de João Amoêdo (Novo) e Luciano Huck (sem partido), que anunciaram que não disputarão o Planalto no ano que vem. Para o dirigente, o tempo fará com que mais nomes hoje colocados no páreo saiam da corrida eleitoral.

— Se isso possibilitar uma candidatura única, melhor. Se não for possível, que seja um número reduzido — disse o dirigente do PSDB, que tem no próprio partido quatro pré-candidatos à Presidência.

Indagado se a rusga entre DEM e PSDB em São Paulo — o governador João Doria atraiu seu vice, Alexandre Garcia, ex-DEM, para o ninho tucano – poderia prejudicar a aliança nacional, Araújo respondeu que não. “Criou uma dificuldade na relação do Doria, que é um dos pré-candidatos do PSDB, com o ACM Neto. Mas não afeta a estratégia nacional.  Em muitos estados o PSDB precisa do DEM. E, em muitos outros, o DEM precisa do PSDB”.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Aleluia, irmão! Foi dado o primeiro para uma candidatura capaz de derrotar Bolsonaro e Lula, para o bem do Brasil. (C.N.)

23 thoughts on “Partidos de centro descartam apoio a Lula ou Bolsonaro e discutem a terceira via

  1. Tá bem…
    E o nome do Candidato da tal Terceira Via… vai sair no terceiro tempo? Não chegará ao alcance necessário contra o homem que está com a máquina do Estado nas mãos e já está em campanha- na verdade, parece que não desceu do palanque…

  2. Eles terão de se acertar ou ficarão fora! São os eleitores que decidiram, principalmente a maioria que representam: nem Lula e nem Minto!
    A terceira nascerá e será forte. Vamos eleger outro “sonho”. Poderemos errar mas repetir erros só os incautos, irresponsáveis e seguidores de seitas!

  3. Candidatos engravatados do eixo Sul-Sudeste não tem empatia. São frios, mecânicos. Alckmin? Doria? Aécio? Não conseguem puxar tanto voto nas classes baixa e alcançar norte e nordeste. Veja mesmo Haddad como candidato pelo PT. Teve que trabalhar muito e mesmo assim se não fosse Lula declarar apoio e ficar na sua sombra, Boulos alcançaria mais votos.

  4. Olha o enigma M. outra vez rondando na vida da famílicia.

    Ela sempre está por perto… ela sempre aparece… é uma tortura silenciosa…

    O Witzel voltou a tocar no assunto, o que fez o flávio rachadinha subir nas tamancas hoje na CPI.

    Madame M. não está totalmente enterrada… a mão está de fora e comanda com maestria o cerco em torno dos assassinos.

    O interfone com as gravações, foi “sumido”. Não exitaram em esconder as provas. Mesmo incorrendo em crime de ocultação de e modificação de um elemento chave que poderia muito bem elucidar o crime.

    O porteiro mudou a versão depois e disse que tinha se enganado.

    Ronnie Lessa vizinho do bolsolouco.

    Quem autorizou a entrada do carro no condomínio que depois seria usado pra executar Madame M. e o seu motorista.

    De quem era a voz do homem que o porteiro falou?

    Porque alguém no condomínio autorizaria a entrada de outro miliciano?

    O Enigma M. será desvendado…

    JL

    https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2021/06/16/arsenal-de-witzel-contra-bolsonaro-na-cpi-tem-marielle-queiroz-e-milicia.htm

  5. Já começam mentindo é tem trouxas que ainda acreditam . Não existe terceira via com esses caras e com esses partidos, são todos mais dos me$mo$, como diz o HoMeM. Esses caras, mamadores do erário de longa data, não passam de Bolsonaros e Lulas, iguais ou piores. Não passam de variantes de oposição e situação, mais dos me$mo$. Deveriam de ter pelo menos vergonha na cara de não usar a nomenclatura terceira via. Basta de enganação, basta que estelionatos eleitorais. A terceira via de verdade, antissistema, é o que realmente interessa, porque o resto é apenas puxadinho do velho e carcomido mais do me$mo$ do sistema podre, factoides inventados pela mídia bandida, enganosa.

  6. Partidos do centro dando uma de zangadinhos? Isso me parece o “desprezo” da raposa às uvas: artimanha para atrair uma proposta de quem está com o Cacho na mão; ou aliás, o Caixa.
    Há seis dias, Artur Lira falou que ia analisar um pedido de impeachment contra Bolsonaro: pura sugesta. No mínimo, o Capetão estava fazendo jogo duro, para conceder algo solicitado por Artur.

  7. FHC falou ao Roberto Dávila que
    I) Lula é um democrata
    II) A Eleição (de fato) será polarizada
    III) Logo, Lula terá seu voto no 2º turno

  8. Sabemos de longa data o significado de “terceira via”. No meado do século passado, o eleitorado europeu estava horrorizado com a miséria e a truculência do socialismo “real”; então a esquerda inventou a “terceira via”, uma armação traiçoeira para enganar incautos.

    É a mesma coisa aqui no Brasil, como o tucano-petismo saqueou os cofres públicos e lançou o país na maior crise da sua história aparecem com esse papo fuleiro de “terceira via”. Hoje só existe uma via para o Brasil, a defesa das liberdades individuais, a redução do gigantismo estatal, a defesa da família e do patriotismo. Bolsonaro é o caminho, todo o resto é degeneração e atraso.

    PS: Sérgio Moro seria uma outra opção, mas, numa decisão desastrosa, queimou a largada.

    • Sr. Turíbio,
      A decisão do Dr. Moro foi perfeitíssima !

      Não há mais o que dizer de Sérgio Moro, não se vendeu por trinta moedas.

      Se vier como candidato voto nele fácil. Há milhões esperando pelo ilibado Dr. Moro.

      O resto são VERDADEIROS CANALHAS!!

      Com todo respeito.

      Um abraço,
      JL

    • O caçador de ursos Turíbio “rides again”!

      Agora ele vem com a origem do termo “terceira via”, que não é conforme postou, como sempre.

      A Terceira Via foi a ideologia resultante da reformulação da social-democracia. Seria uma tentativa de RECONCILIAÇÃO entre direita e esquerda, pois defendia uma política econômica conservadora associada a uma política social progressista.

      Seus defensores argumentam que o modelo ideológico está além do livre mercado e do socialismo democrático, seria algo inovador. Este modelo fez muito sucesso na Austrália no final da década de 1980, mas foi mesmo muito popular nos governos do presidente estadunidense Bill Clinton e do primeiro-ministro inglês Tony Blair.

      A Terceira Via defende a necessidade do Estado com interferência moderada na economia, assim como o combate à miséria e a responsabilidade pela segurança, saúde, educação e a previdência.

      Após o sucesso que fez no mundo durante algumas décadas, a ideologia perdeu força no começo do novo milênio. Algumas vezes o termo foi atribuído ao que acontece na China, o que é um equívoco, pois trata-se, neste caso, de um Socialismo de Mercado, e não da Terceira Via.

      Che, tu fazes questão de publicar inverdades!
      Não tens compromisso social nenhum, pelo menos de evitar as tuas opiniões invariavelmente adulteradas!

      Que detestes a esquerda, tudo bem, mas a ponto de gerares informações grotescas e distantes da verdade, o teu mal é de caráter, e não ideológico!

  9. O que cair na rede da globo é peixe, vale mandetta, vale dória, vale, vale lula e o capeta de novo, vale leite.., vale qualquer um que tope devolver-lhe a super teta bilionária no erário.

    • Só não vale quem quer resolver de verdade o Brasil para o bem de todos, e não apenas para os eternos privilegiados, a velha e nova bezerrada de ouro.

      • E segundo alguns Especialistas de Plantão, essa teta pública para a Rede de Esgotos nos desgovernos corruptos dos facínoras FHC, Lulaladrão e Dona Dilmassaltante, foram mais de 20 Bilhões de contos de réis.
        Uma Super-Tetona Pública de fazer inveja até os Brothers da Matrix……

  10. “Foi dado o primeiro para uma candidatura capaz de derrotar Bolsonaro e Lula, para o bem do Brasil.”(???????????????)

    Por favor me socorram, eu entendi bem? Com PSDB e DEM, fora outros relacionados. Queridos o mal do Brasil é não executar as reformas, verdadeiramente, necessárias para O BEM DA POPULAÇÃO, de forma geral, dentre elas a política, esses dois partidos são cabeça dos piores quadros de liderança para a população brasileira, pois um país com a fonte de riquezas naturais que temos, não encontrar remédio para a situação da saúde, do emprego e da educação para a população mais carente da nação é uma vergonha. O que leva a população à se decidir por eleger políticos sem a menor moral como seus representantes, Lastimável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *