16 thoughts on “Paulo2 perde a linha e 200 comentários dele foram deletados

  1. Quando o Mediador deletou cem comentários de minha autoria como punição por um ou outro que não se adequava à sua proposta para esse blog, obtive mais de uma centena de comentaristas que se solidarizaram comigo.

    Paulo2, responde às provocações, às vezes mais contundentemente.

    Nessa quantidade de postagens deletadas, a maioria absoluta é composta de bons textos, de opiniões procedentes e posições conhecidas, como se exige de alguém com personalidade e caráter.

    Logo, a minha solidariedade ao Paulo2, que não nos abandone, que continue sendo o bom colega que tem sido e uma pessoa autêntica, sem máscaras, sincera.

    O meu abraço ao Paulo2.

    • Parabens pelo retorno, prezado Bentl.
      A TRIBUNA DA INTERNET já faz parte das nossas tardes, dos nossos dias, e continuará sendo assim até o dia em que o Jornalista queira.

      Abraços.

    • Obrigado Bendl, só não entendi por qual comentário eu fui deletado já que hoje agi pacificamente. Penso até, que em outros dias cometi excessos, mas, hoje não. A não ser, que alguém postou em meu nome e como o editor já deletou, então não temos como conferir. São como as urnas eletrônicas. C’est la vie!

  2. Francisco Vieira, meu xará, de Brasília – DF,

    Grato pela acolhida.

    A Tribuna da Internet é o meu vício, a minha dependência, e faz parte da minha vida de maneira importante.

    Ocupo o meu tempo de aposentado, de colocar a mente para trabalhar, de colecionar amigos, de me posicionar sobre o momento nacional e situação do povo, a nossa.

    Deus, meu, como escrevi nesses oito anos que estou no blog!

    Não posso virar às costas para o que produzi, se bom ou ruim não vem ao caso, pois sincero e verdadeiro, conforme minhas condições intelectuais e que reconheço serem limitadas.

    Um forte e fraterno abraço.
    Saúde e paz.

      • Paulo2,

        Da mesma forma, repito as mesmas palavras prá ti, meu caro:
        “Obrigado por estares aqui, brigando por um Brasil melhor”.

        Chê, nessas alturas somos um time, e que disputa o campeonato nacional.
        Se perdermos desceremos à segunda divisão e, se vencermos, conquistaremos o título e participar do campeonato mundial!

        Jogamos o coração nessa partida, meu.

        Não existe outra opção que não seja VENCER OU VENCER!

        Abraços, meu amigo, sincero e fraterno.

      • Mara, minha querida comentarista,

        Um beijão também neste rosto belíssimo e meigo, de uma mulher inteligente, sensível, dotada de amplos conhecimentos e de posições firmes.

        Adoro as mulheres.

        Tenho uma comigo há 48 anos, logo, eu as respeito, cultuo, admiro, trato-as com carinho, afeto, dedicação e proteção.

        As minhas netas me concederam a graça divina de, ainda em vida, conhecê-las, e crescer com elas, aprender com elas, brincar com elas, e ser um avô que elas gostam, a ponto que ao irem embora da minha casa quando me visitam, exclamam:
        – Vô, nós te amamos!

        Felicidade maior do que esta não existe, Mara, a não ser, afirmações desse tipo que me dedicas, de uma mulher extraordinária e que sequer a conheço pessoalmente, de dizer que estou em seu coração, equiparando-se à minha felicidade com os netos!

        E ainda me manda uma beijoca, mas que ternura, menina!

        Olha, um abraço forte, apertado, fraterno.
        Um beijão enorme nesse rosto maravilhoso, e muito obrigado por fazeres parte desse espaço, que precisa muito de mulheres do teu nível, da tua cultura, da tua sensibilidade.

        Tu, Carmen Lins, Teresa Fabrício, são os expoentes da Tribuna da Internet.

        Minhas reverências às damas deste blog, e o meu apreço por ti , Mara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *