Piada do Ano! Defesa diz que Queiroz está “tranquilo” com quebra de sigilo bancário

ex-policial militar Fabrício Queiroz, ex-motorista do gabinete do deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro (PSC-RJ)

O ex-assessor Queiroz fugiu junto com a mulher e suas duas filhas

Deu em O Tempo
(Estadão Conteúdo)

A defesa de Fabrício Queiroz não quis comentar as declarações do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) de que é o ex-assessor quem precisa explicar as atípicas movimentações financeiras de R$ 1,2 milhão registradas pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

Em entrevista ao jornal “O Estado de S. Paulo”, o senador disse “achar estranho” as duas versões apresentadas por Queiroz. “Ele tem que explicar qual é a verdade. Ele que sabe”, afirmou Flávio Bolsonaro, assinalando que, primeiro, Queiroz disse que vendia carros e depois alegou que pegava dinheiro dos funcionários para aumentar o número de servidores no gabinete.

Ao Estadão, Flávio Bolsonaro negou que tenha cometido irregularidades e pedido que seus funcionários devolvessem parte do salário. O senador diz que “talvez seu maior erro” tenha sido “confiar no funcionário” com quem trabalhou por mais de dez anos e que, inclusive, frequentava sua casa.

DIZ A DEFESA – Nesta segunda-feira, após o jornal “O Globo” revelar que o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) autorizou a quebra de sigilo de Flávio, Queiroz e de seus familiares, a defesa do ex-assessor parlamentar divulgou uma nota dizendo que a notícia é recebida com “tranquilidade”, embora a quebra de sigilo seja um ato “ilegal”.

“A defesa de Fabrício Queiroz e família recebe a notícia com tranquilidade, uma vez que seu sigilo bancário já havia sido quebrado e exposto por todos os meios de comunicação”, diz a nota dos advogados. O texto diz ainda que esta quebra do sigilo na verdade significa “mera tentativa de dar aparência de legalidade a um ato que foi praticado de forma ilegal”.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
É mais uma Piada do Ano. O ex-assessor Queiroz está foragido, em local incerto e não sabido, fugiu junto com toda a família. A quebra de sigilo vai acabar com a família dele, porque atinge também sua mulher e as duas filhas, que atuavam junto com ele no esquema criminoso das “rachadinhas” parlamentares. (C.N.)

7 thoughts on “Piada do Ano! Defesa diz que Queiroz está “tranquilo” com quebra de sigilo bancário

  1. Realmente Fabrício Queiroz deve estar “tranquilo”, no entanto o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) deve estar tenso de como explicar as movimentações financeiras atípicas de seu ex-assessor e amigo camarada.

  2. O MP daquele estado que foi saqueado pelo quadrilhão cabraleônico, sob a barba dos procuradores “isentos”, importou na íntegra o método investigativo da STASI, tudo para comprovar que algum familiar do Presidente Bolsonaro esteve ou está envolvido nalgum ilícito. Não conseguindo comprovar que o então deputado Flávio Bolsonaro tem culpa nos esquemas obscuros da assembleia estadual, o MP do guardanapo achou por bem quebrar os sigilos de toda a árvore genealógica, das empresas e dos amigos do filho do presidente. Ainda bem que eu nunca dei um bom dia ao senador Flávio, senão teria os fascistóides do ineficiente MP carioca no meu encalço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *