Poetas são astros e estrelas que vivem como pessoas comuns, diz Lisiê Silva

Lisiê criou uma bela definição

Paulo Peres
Site Poemas & Canções

A poeta amazonense Lisiê Silva faz uma homenagem especial a quem transforma sentimentos em poemas espalhados pelo mundo. E tem toda razão de dizer que os poetas são estrelas que vivem como se fossem pessoas comuns.

POETAS SÃO ESTRELAS
Lisiê Silva

Os poetas são estrelas…
Vivas, brilhantes, ascendentes…
Que vivem como pessoas comuns.
Se revelam ao mundo
através de suas palavras: A Poesia.

São os sábios dos sentimentos.
Doutores nos segredos da alma.
Escultores da grandeza do espírito.
São os mágicos da vida:
Transformam a alegria,
a dor e a tristeza
em arte de rara beleza.

São pensadores que entendem
a maior de todas as ciências:
A do coração!
São loucos de amor,
passivos no seu mundo interior.
Amantes criativos,
Sonhadores perdidos.

São apaixonados evoluídos.
Astros viajantes do tempo.
Estrelas vivas que acendem
o universo da paixão.

5 thoughts on “Poetas são astros e estrelas que vivem como pessoas comuns, diz Lisiê Silva

  1. O que é uma estrela ascendente, dona poeta? Estrelas têm movimento mas não caem nem sobem. Aquela que guiou os reis magos no nascimento do salvador e parou justamente sobre a sua morada foi pura invenção de poetas místicos. Como foi quase toda a Bíblia!
    Mas respeito a sua opinião que pode não refletir a realidade. Por exemplo, dir-me-ia a poeta ser sapiência e amor esses versos:

    Toma um fósforo. Acende teu cigarro!
    O beijo, amigo, é a véspera do escarro,
    A mão que afaga é a mesma que apedreja.

    Eu, hein, tô fora! Longe de mim os poetas com os seus sonhos esquisitos e fantasiosos.

    • Esse primeiro terceto no poema do genial poeta Augusto do Anjos se expande toda sua genialidade.

      Usando uma linguagem coloquial, convida o “amigo”(para quem escreveu o poema) a se preparar para as traições , para falta de consideração do próximo ,Mesmo quando temos demonstrações da amizade e de carinho como um beijo ,isso é apenas o prenuncio de algo mau.Aquele que hoje é teu amigo e te ajuda, amanhã te abandonará e causará dor. A boca que beija é aquela que vai cuspir e seguida, causando dor e desilusão.

  2. Adoro os artistas são mestres em dourar suas próprias pilulas, os outros mortais são apenas mortais súditus para reverenciá-los, médicos pedreiros, cientistas, faxineiros, encanadores são só poera da estrada em que são obrigados a passar, saudade de Milton Nascimento, Todo artista tem de ir aonde o povo está.
    Precisamos de mais igualdade entre os brasileiros e não estrelismos.
    Meu umbigo não é menor nem maior do que o do outro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *