Por que o roqueiro Roger Waters ainda não foi preso e expulso do país?

Resultado de imagem para ROGER waters

Roger, no show, fez campanha contra Jair Bolsonaro

Jorge Béja

O Brasil não é a “casa da mãe Joana”. O Brasil não é terra sem lei. O povo brasileiro é o alvo da proteção do Estado. Um tal de “Roger Waters”, fundador da banda “Pink Floyd”, roqueiro inglês de 75 anos, resolveu fazer uma série de apresentações no Brasil. Até aí, nada de mais. Acontece que o roqueiro está às escâncaras cometendo crime de ação pública, diante de milhares e até milhões de brasileiros, e a Polícia Federal, o Ministério Público Federal e o Governo brasileiro a tudo assistem e nada fazem.

Desde sua primeira apresentação no último dia 9, em São Paulo (repetida nesta quarta-feira, dia 10), que Waters desrespeita, pública e ostensivamente o Estatuto do Estrangeiro. Ele já era para ter sido preso e expulso do país após cumprir a pena, como determina a lei. Mas nada disso aconteceu.

ATÉ DIA 30 – Ele ainda tem apresentações dias 13 em Brasilia, 17 em Salvador, 21 em Belo Horizonte, 24 no Rio (Maracanã), 27 em Curitiba e 30 em Porto Alegre. Quando deixar o Brasil, vai embora cheio de dinheiro e zombando de todos nós, principalmente das autoridades.

Esse tal de “Roger Waters” nas suas duas primeiras apresentações, nesta terça (9) e quarta-feiras(10) em São Paulo, se manifestou, repetidas vezes, sobre política. Sim, é verdade, por mais que pareça não ser. E com a agravante do período eleitoral em que os brasileiros se encontram. Ele não pode se manifestar nem a favor, nem contra qualquer candidato a presidente da República do Brasil. 

Restam na disputa Haddad e Bolsonaro. E o tal estrangeiro, em suas apresentações, estampa cartazes eletrônicos em painés iluminados com a marca “#Elenão”. “Bolsonaro Fascista”. E prega, abertamente, contra o deputado-candidato. Isso e muito mais, fora o monte de palavrões que pronuncia. Foi advertido, mas continua com outras provocações políticas e agora diz estar sendo “censurado”.

DIZ A LEI – O Estatuto do Estrangeiro (Lei nº 6.815 de 1980) é claro e categórico ao dispor no artigo 107: “O estrangeiro admitido no território nacional não pode exercer atividade de natureza política, nem se imiscuir, direta ou indiretamente, nos negócios públicos do Brasil…”.

Ora, o cara veio aqui para cantar com sua banda. Nada mais do que isso. Aproveitar as apresentações, seja para defender ou para atacar candidato à presidência da República – e isso é exercer, exercitar, praticar atividade política –, ainda mais em época eleitoral, é crime sim, embora o legislador, brandamente, conceitue o gravíssimo comportamento como infração, por intitular seu autor de “infrator”. E crime de ação pública, sujeito o infrator à prisão em flagrante.

Voltemos à lei, que é o Estatuto do Estrangeiro, no que tange à infração, penalidade e procedimento. Diz o artigo 125: “Constitui infração, sujeitando o infrator às penas cominadas….XI – infringir o disposto nos artigos 106 e 107; Pena: detenção de um a três anos e expulsão“.

NADA ACONTECE… – Até agora, nas duas apresentações em São Paulo, nada aconteceu com o tal “Roger Waters”, que continua livre e solto. Vamos aguardar as próximas apresentações, que à exceção da de Porto Alegre, todas as outras ainda ocorrerão no período pré-eleitoral do segundo turno. Vamos ver se alguma autoridade vai proibir o tal cantor de fazer propaganda, a favor ou contra os dois candidatos que restaram para o segundo turno.

Ou se a Polícia Federal e/ou o Ministério Público Federal, um ou outro, ou ambos ou mesmo a Justiça Eleitoral, vão agir em defesa da legalidade contra esse estrangeiro que veio para o Brasil ficar mais rico do que já é e ainda se imiscuir nas questões da política interna do nosso país e do povo brasileiro. Exigimos respeito. Exigimos que as autoridades entrem em ação. E já, tardiamente já.

75 thoughts on “Por que o roqueiro Roger Waters ainda não foi preso e expulso do país?

  1. “A coisa mais ridícula que existe é roqueiro velho” (Ariano Suassuna).

    Esse cara está praticamente incitando o ódio em seus shows. Quase houve pancadaria entre apoiantes bolsonaristas e petistas.

    Quero ver qual será o comportamento desse governo bundão quando houver tumulto ou morte em decorrência das provocações desse artista retardado.

    • Roger Waters envolvido na Rouanet…
      PIADA DO ANO!!!! ANOTEM O VENCEDOR ÉD !!!

      OOOÓINC!!!!!!!

      APENAS UM trabalho desse cara ficou no topo da Billboard 741 semanas, de 1973 a 1988. Após uma mudança na forma como a Billboard contabilizou as vendas em 2009, ele entrou novamente no gráfico e desde então apareceu por mais de 900 semanas. Com vendas estimadas de mais de 45 milhões, é o álbum mais vendido do Pink Floyd e um dos mais vendidos em todo o mundo. Ele foi remasterizado e relançado várias vezes e coberto em sua totalidade por vários atos.
      É frequentemente considerado como um dos maiores álbuns de todos os tempos.

      É, desse tal mesmo….

      Rouanet……

  2. Cabe uma observacao;

    Embora seja contra as leis brasileiras, mas tratando-se do Roger Waters (se bem que nao dou a minima para ele tambem), entao estamos falando de um ser super ser humano.

    O Papa esta no Brasil?
    Nao? Entao, senhoras e senhores, respeitavel publico, maiorias e minorias, nazistas e petistas,
    o Roger Waters é o maior DEUS VIVO presente em terras de Santa Cruz!

    Bolsonaldo, Hatdad, Lula, nem se banhando no rio Jordão 500 vezes!
    Os músicos brasileiros podem ‘comer’ seus instrumentos inteiros, em penitência, mas NUNCA chegarão tão perto de DEUS como chegou o Roger Waters….

    Bolsonaro prega com a “briba e a família” que vai transformar o Nordeste em Israel?
    Pode uma coisa dessa?
    Roger Waters é um semi-deus que, se quiser, PODE!
    Ele vem do lado escuro da Lua, ninguém mais aqui tem esse poder…..

    …..
    PS: brincando com a ironia da coisa mas, pior que é verdade?!!!!

    PS2: O Ministerio da Saude Adverte:
    Para combater Roger Waters usem cotoveleiras

    • Prezado AndreBR, já gostei de rock, mas isto foi há muito tempo atrás quando tinha rebeldia, ouvidos e paciência da juventude.

      Abandonei quando os beatles se extinguiram e mudei radicalmente para o jazz – décadas de 40/50/60 – os vocais, “small groups” e “big bands”.

      Por aqui sou adepto de Ruy Castro: será viável um país que tem como referência cultural sertanejo universitário, axé e padre cantor?

      Sei não.

      Artistas como Roger Waters, por mais talento que tenham, deveriam não ir além dos próprios sapatos, principalmente por que – dada a idade – alguma sabedoria deveria ter sido acumulada. Mas tudo é o que é.

      Continue pelo Dark Side of The Moon.
      Abraço.

          • Grato!

            Rare Noise Records, gravadora independente com sede em Londres, busca detectar e amplificar as tendências contemporâneas na música progressiva, destacando sua relação com a história da forma de arte, ao escolher não ficar vinculada por pré concepções de gênero.
            É sobre ser energizado por sons excitantes, aventureiros e progressivos.

            Comecei a conhecer ouvindo Gaudi – “MAGNETIC” – que apresenta uma seleção de sons do catálogo da gravadora, respeitada internacionalmente, além de contribuições diretas de vários músicos de alto calibre do mundo do rock, jazz e eletronica…

  3. O poderoso senso de justiça do eminente advogado Jorge Béja, manifesta-se neste artigo de grande importância.

    Tem muito estrangeiro dando palpite onde não foi chamado.

    O britânico Waters tem muito que cuidar da sua nação, pois ainda utiliza uma monarquia decadente, meia dúzia de párias da sociedade inglesa que são revestidos de pompa e circunstância inexplicáveis.

    E logo um inglês dizendo em quem devemos votar!!!???

    Pirata, ladrão, colonialista, bucaneiro … o Waters tem mais é que fazer reverência ao Brasil e seu povo, e não se meter a besta, de ser impróprio e ofensivo à nação que o recebe de braços abertos.

    Inglesinho fedorento, drogado, que não serve de exemplo para ninguém, vociferando seus impropérios ofensivos e inaceitáveis!

    Esse sujeito tinha de ser expulso, conforme o artigo em tela, e impedir que jamais retorne ao Brasil.

    Que fique na Inglaterra pajeando seus reis e príncipes, ajoelhando-se para seres humanos, e cantando Deus Salve a Rainha, grande idiota, sujeitinho asqueroso e bobalhão.

  4. Esse Roger water é mais um malandro igual a líderes e sacerdotes do esquerdismo.
    Isto é comprovado pelo que têm em comum: ganância por dinheiro e poder.

    Ele não tá nem aí pra nossa política.

    Apenas, ao ser mal informado sobre o Brasil, achou que todos os jovens e fãs eram de esquerda e aí, ao apostar nisso , apenas para faturar dinheiro que é seu único objetivo, quebrou a cara.

    • Aliás, esses roqueiros velhos, ainda tem o Brasil para faturar algum, já que no tempo que faziam sucesso mesmo, nem sabiam que existia este país.

  5. Seria sim o caso de notificar a organização dos eventos quanto a necessidade do visitante respeitar as leis do país em que está, assim como acontece religiosamente com os brasileiros em terras de sua majestade. Na Casa dele, ele respeita, aqui ele bagunça? Cabe ao PSL essa representação e cabe na notificação a informação de que poderá sair do show em cana, caso persista. Que ninguém espere esta atitude de nenhuma de nossas instituições, mobiliadas politicamente, nem da esquerda que só gritaria se ele apoiasse abertamente a Bolsonaro. O que faz é apoiar indiretamente a Haddad. Só falta estender a bandeira do PT.

  6. Se ele demonstrou sua posição política no Brasil e é adepto do #elenão, é só deixá-lo na mesma cela do cumpanhêro Lulla para o gringo poder esfriar a cabeça na companhia do molusco, já que ambos compartilham das mesmas ideias. .
    Não precisa ser por 12 anos, mas pode ser, pelo menos, por 12 meses.

  7. Aderiu ao fascismo de vez e sem pudor dr. Béja? A lei que menciona, 6.815/80, é da ditadura militar e visava manter os estrangeiros que aqui moravam, padres e acadêmicos principalmente, de bico fechado, para controle da nossa abertura “lenta, gradual e segura”.
    Ou o outrora defensor dos humildes anda raivoso porque sua previsão não se confirmou, conforme seu artigo anterior, de que Bolsonaro estaria eleito no domingo? Relembro suas palavras em 07/10, ao responder ao meu comentário de seu artigo daquele dia: “Que a previsão se confirmou. Que as ordens dos eleitores para o eleito são as que foram expressas no artigo” Tenha um pouco mais de paciência dr. Béja. O capitão deve se eleger em 28/10, e aí, a partir da posse, ele poderá utilizar toda a legislação do período do arbítrio que ainda estiver vigente e as que ele quiser reeditar, contra os brasucas e os gringos, mas só depois da posse. Não se precipite, “falta pouco, muito pouco”, mas saiba esperar.

  8. Drº Béja, faz-se necessária uma urgente correção: o diploma legal citado – o Estatuto do Estrangeiro, sancionado pela Lei nº 6.815/80 – foi revogado pela recente Lei de Migração (Lei nº 13.445/2017).

    http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L6815.htm

    Com relação ao Roger Waters, achei de uma presunção suprema o fato de ele, um estrangeiro, vir ao nosso país, estampar nos telões do seu show rótulos como “fascista” dirigididos ao candidato que uma semana antes conquistara incríveis 46% dos votos válidos e achar que todo mundo deveria aplaudi-lo por isso. E, de quebra, no show seguinte, diante da surpreendente repulsa do público a suas opiniões (surpreendente somente para ele, lógico), dizer que seu “ponto de vista político foi censurado”. Ora, bolas, que patético isso!

    É algo que somente a megalomania de astros (e ex-astros) da música pop e do rock pode justificar.

    • Muito bem lembrado, Fernando. Obrigado pela preciosa colaboração. A nova e recentíssima lei revogou o Estatuto do Estrangeiro. Fui ler a nova lei e constatei se tratar de lei frouxa.

      Mas a questão é de ordem supralegal. Está no âmbito da Constituição Brasileira. Diz a Carta que estrangeiros não podem alistar-se como eleitores (artigo 14, § 2º).

      Não podem alistar-se, consequentemente não podem ser eleitos, visto que uma das condições de elegibilidade é ter a nacionalidade brasileira e estar no pleno exercício dos direitos políticos. Também não podem participar do processo eleitoral.

      A situação do estrangeiro no Brasil, mesmo após o advento na recente lei que cuida da migração, não confere ao estrangeiro, ainda que legalmente esteja no território nacional, os Direitos Políticos previstos do artigo 14 ao 16 da Constituição Federal.

      Portanto, o comportamento do citado artista, não obstante seja ele famoso e alvo de muitos aplausos no mundo inteiro, é incompatível com os princípios do Direito Natural e do Direito Constitucional Brasileiro. O Brasil é país soberano como todos os demais. A predileção e o direito político de fazer campanha (e campanha honesta e decente) para este ou aquele candidato à presidência da República são prerrogativas exclusivas do povo brasileiro. Jamais de um estrangeiro em trânsito no território nacional.

  9. Boa tarde,

    Inicialmente até gostava da musica, dos arranjos, de seus clips, mas tenho algumas observações:
    1- Pelo que entendia das musicas dele, é contra o controle da mente, lavagem cerebral e luta contra o despotismo. Mas ai pergunto, não é assim que as esquerdas trabalham, em particular o PT?
    2- O cara também é muito “doidão”, agora que ficou velho (e será careta?Duvido), como outros velhos artistas nacionais que também defendem a esquerda, querem dizer como deve ser o mundo.
    3- Mostra o quão mesquinha pode chegar a estrategia do PT de ludibriar opiniões (vide mudança de slogan e logotipo) incentivada pela mídia.
    4- Pense se fosse ao contrário… Se o público aplaudisse e delirasse com esta idiotice…a mídia ia divulgar esse showmicio a todos os cantos…Agora se o artista apoiasse JB17, já teria sido questionado e o mesmo chamado de fascista…

    Porém se fosse o 17 que tivesse sido projetado na tela a reação seria outra… a que vai acontecer no dia 26.
    Por último parabéns a isenção de análise do Dr. Bejá e CN.
    No fundo a busca é pela verdade, justiça e honestidade.

  10. (Ligando o MODO IRONIA)

    Rogers Water é cumunistaaa!

    Rogers Waters deve estar morrendo de medo de perder a boquinha, só pode….

    (Desligando o MODO IRONIA)

    • O pai dele seguramente era comunista assumido pois estava filiado ao Partido Comunista Britânico. Como ele não critica Maduro, nem Kim Jong-un, nem Erdogan e nenhum ditador africano pseudo-socialista. E ainda coloca uma interrogaçãozinha no Putin, para quem tem ao menos dois neurônios e compreende um pouco de geopolítica ele é sim, simpatizante da esquerda mundial. (sem modo ironia)

      • Hoje existe Google Translate.

        A musica dele é totalmente geo / politica, fala da perda do pai em campos de batalha….

        Ha uma OBRA PRIMA da Musica Mundial baseada na Historia pessoal do Walters, “THE WALL”…

        Pense num garoto, em um pais onde todo mundo tem uma casa igual feita de tijolos, e quase todos os outros garotos, amigos seus, perderam um ente querido numa guerra. Um trecho de um HINO dele:

        “Papai voou pelo oceano,
        Deixando só uma lembrança
        Uma foto no álbum da família
        Pai, o que mais você deixou para mim?
        Pai, o que você me deixaria?
        Afinal,(ele) era só mais um tijolo na parede…
        Tudo em tudo são apenas tijolos na parede”

        (another brick in the wall – letra)
        —————–

        O cara é um traumatizado, mas tem mais voz política e geopolítica no mundo, e no zeitgeist, que 50 anos de politica e de políticos brasileiros….

  11. Ae moçada.
    Esse tal de rock and roll…sempre produzindo debates.
    Mas o caso é sério demais
    – Fosse o Bolsonaro o Presidente já empossado a situação seria outra. Mas como ainda candidato nem deveria aparecer na listinha.
    Lembram do episódio que tirou o Casa das Máquinas da história? … pois é, os caras foram punidos eternamente. Uma das maiores bandas de rock que já existiu em terras tupiniquins.

  12. O interessante na manifestação destas pessoas que se julgam importante como este roqueiro e demais personalidades é que a preocupação deles é sempre com o Brasil, alguém precisa dizer para eles que os problemas de verdade está na Venezuela,na Nicarágua, Bolívia, Cuba e que eles tomem partido nesses países .

  13. David, meu caro,

    O Brasil é nosso!
    Se, de bananas podres ou ótimas laranjas, o problema é do brasileiro!

    Pois eu queria ver se Roberto Carlos ou Caetano Velloso ou Chico Buarque, se comentassem a política de outros países em suas próprias localidades, se não seriam expulsos ou considerados “personas non gratas”.

    Se a nação está uma bosta, tratemos de limpá-la, mas os estrangeiros que se calem, que mantenham a distância, pois possuem muitos mais erros e crimes do que os países que compõem a América do Sul como um todo!

    Inglaterra, Estados Unidos, França, Rússia, têm muitos pecados para pedir perdão. Nós ainda somos inocentes, perto do que destruíram e mataram, roubaram e exploraram!

    Abraços.

  14. ….”E logo um inglês dizendo em quem devemos votar!!!???”

    ” ….ganância por dinheiro e poder.
    Ele não tá nem aí pra nossa política”.

    Seguramente votaram no PSL….
    Não fazem ideia, ou fazem…?!

    Temos duas cores na segunda fase da eleição:

    Uma é vermelha, escancaradamente conhecida. O Foro de São Paulo e seu AsnoDeus Lula, etc…..

    A outra, camuflada do verde-amarelo, é a coisa PRETA.
    Oficiais militares já eleitos, como o Senador Olímpio, o senador mais votado, estarão impregnando todos setores da política brasileira sob orientação do Grão Mestre e dos Oficiais da Comissão Instaladora, com as mesmas ‘falas’ de Oficiais de Loja totalmente decoradas na Inglaterra, Austrália e Nova Zelândia.

    Mesmo o guardinha Bozonagua, se eleito, como os outros, estará submetido a obedecer esses ritos escritos…
    Camuflando também se dizem a serviço da família e de Deus.

    Não é bem das ‘nossas’ famílias brasileiras, muito menos do Deus Católico, Apostólico, o ‘do Brasil’, que eles estão falando, galera…..

    É só das famílias da doutrina deles, e o Deus que cultuam é outro….

    PROCUREM SE INFORMAR…
    VOTAR BOZONALDO NÃO É VOTAR PELO BRASIL!!!

    CUIDADO COM TEXTOS E MENSAGENS SUBLIMINARES…
    ESSES MALUCOS ESTÃO CONVOCANDO SOLDADOS (ESCRAVOS) E VOCES IGNORAM!! ACHAM QUE ESTÃO TRAZENDO A SALVAÇÃO!! OLHEM OS SINAIS!! OS CHIFRES !! ACORDEM!!!!!

    ROCK AND ROLL CARNEIRADA!!!!!

  15. AndréBR,

    Tu és bem mais inteligente.

    Teus comentários já foram muito melhores.

    Esse roqueiro não pode se manifestar dessa forma no Brasil, pois desrespeitou quase 50 milhões de brasileiros que votaram em Bolsonaro.

    Seja ele quem for ou venha de onde vier, esta terra tem dono!

  16. E os contratantes ainda pegaram dinheiro da lei rouanet. O MP, Justiça deveriam retomar o dinheiro. Roger waters não precisa de dinheiro público para cobra R$800 por cabeça.

  17. Claro que tem dono!!! ELES!!!
    Por isso que está aí, falando o que bem entender!!!

    Eles são inclusive, os DONOS da campanha do seu Bozonaldio!!!

    É a AGENDA DELES!!!
    Desvirtuam, enganam, confundem, geram insegurança, geram estas tensões perigosas, depois vem ‘remediar’ como se fossem os bons pastores….
    ‘DO NADA’ INVENTAM UM “MITO”
    Um Salvador da Pátria!!!
    Crentes …

    Voces não fazem IDÉIA do que vem a ser um povo ‘dono de sua Terra, e seus ;Direitos’,porque NUNCA cuidamos da Legislação que nos garantisse isso!!!
    Nossa Constituicao, 30 anos de idade, FALIDA, É a prova!
    Por isso que os denuncio nos meus textos!!!
    Sempre foram ELES, e nos deram essa vida de gado, etc, e tal…
    Vem de longe….

    Tá denunciado! A nova censura ainda nao foi instalada!

  18. – Caso fosse preso e expulso o ex-pink floyd, ato contínuo os esquerdofrênicos iam dizer que a ditadura já tinha se instalado no país e blá, blá, blá.
    Melhor deixar o palhaço dizer o que quiser, que brasileiro adora quando estrangeiro se mete em assuntos internos. SQN!
    Bola prá frente, que o fim da organização criminosa dos corruPTos se aproxima.

    • Perfeito!

      A celeuma feita em torno do episódio só beneficia o “palhaço”.

      “A polêmica é o pedestal das celebridades”

      (Honoré de Balzac)

  19. (dos anos 80, este vai pros mais jovens, de óculos escuros, adorando a chegada do Mito, um fantoche ingles…)

    De assuntos internos, e Bolas:
    (The Falklands War -Guerra das Malvinas 1982)

    Vamos fazer uma viagem de carro com a ‘Mamae’ e o Papai”

    LIMPAR (fazer o rapa) a cênica Argentina!
    Um movimento errado e voce já era!

    Eles te derreterão, te queimarão, atirarão em voce por abrir a boca, tudo o que aprenderam conosco, US Marines.

    Não havia Punk Rock na Argentina!
    Não havia na Checoslováquia,
    Não ha Punk Rock no Afeganistão, na Rússia, no Irã! em Nebraska…!

    Se você não mantiver os olhos abertos, não haverá nada parecido (LIBERDADE) por aqui também!

    Voce será forçado a comprar uma gravatinha estreita e jogar fora suas calças de roqueiro…

    Então…
    Por que Rock and Roll?”

  20. Não vejo motivo, dr. Bèja. Quando brasileiros, como muitos petistas, avacalham, espezinham e denigrem a imagem do Brasil e das instituições nacionais no exterior, como a estória do golpe, por exemplo, e não respondem sequer a um inquérito, o caso do roqueiro é de somenos.

  21. Heil Bosonaro!

    Caro Bejá seria interessante que escrevesse sobre o apoio de Edir Macedo, dono da Record (concessão do estado) à Jair Bolsonaro. E se é legal a pressão exercida pelos pastores evangélicos para que seus fies votem em Bolsonaro. Eu que sempre caracaturizei os evangélicos nesta Tribuna, como fies cordeirinhos, hoje fui surpreendido por um evangélico, me disse que está deixando a igreja devido a a pressão exercida pelo pastor para que seus fies votem em Bolsonaro. Ele me disse não concordar com isso, que as igrejas e os pastores não deveriam tomar parte e deixar que os fies escolhecem livremente. Após sofrer discriminação e perseguição dentro da igreja evangélica que frequentava, resolveu sair. Pode exercer sua reliogiosidade no seu lar, não precisa da igreja. Infelizmente este é um caso raro. Mas é legal os pastores coagirem seus fieis?

    PS: Só que não conhece o pink Floyd pode achar que Roger Waters se manteria neutro como um covarde. Sempre lutou pela democracia e contra o autoritarismo, não vai mudar agora. Suas posições clarissimas e consistentes ao longo de toda sua vida.

    Heil Bolsonaro

  22. ” Vivendo como inimigo do Estado?
    Te levamos para um prédio onde ninguém para pra ver o que se passa…
    Te amarramos num cano. Eletrodos em suas bolas.
    Vamos!! Grite!! Contorça a cabeça numa poça de mijo.

    Vamos! sangre!

    Em nome da Paz Mundial
    Em nome dos Lucros Mundiais
    A América bombeia nossa polícia secreta
    A América quer combustível
    Para obtê-lo, precisa de fantoches (bozós!)
    Então, o que são dez milhões de mortos se for para manter fora os russos de fora?

    Somos bem treinados pela CIA com o dinheiro dos impostos dos Yankees em Fort Bragg.
    O Corpo da Paz constrói os campos de laboratórios nos EUA quando eles pensam que estão construindo escolas, rá!

    Quando o cowboy trump chega à cidade
    Da uma linguaruda garfada nos direitos humanos

    Sente-se, aproveite nossa refeição étnica
    Jante algumas freiras grelhadas!
    Experimente uma medalha!
    Sorria no espelho enquanto as câmeras clicam!
    E faça o ‘Big Business’ feliz!

    Á qualquer hora
    Em qualquer lugar
    Talvez você simplesmente desapareça.

    Vamos sangrar
    Vamos sangrar”

    – Jello’s

    • correção:

      Em nome da Paz Mundial
      Em nome dos Lucros Mundiais
      A América bombeia nossa polícia secreta
      A América quer combustível
      Para obtê-lo, precisa de fantoches (bozós!)
      Então, o que são dez milhões de mortos se for para manter fora os russos de fora?

  23. É isso aí, dr Béja. Nós, só nós, temos o direito de criticar ou defender os candidatos, porque estamos em nossa terra e os candidatos, ruins ou bons, são gente nossa. Nós não vamos – e não devemos – ir alhures a criticar ou elogiar os candidatos que por lá se apresentem.

  24. Mesmo que todo santo dia eles nos BOMBARDEIEM com tudo que e Trump,

    “nóis não somos o que os outros sãos! ”

    Dá-lhe Tiririca!
    O Bozonaldio, o nome dele é Eneias!!
    São gente nossa …. são gente grossa!

  25. Nada contra as pessoas terem um ídolo, alguém que lhes faça bem, que compense os problemas diários.

    Mas, observo com pessimismo e decepção, quando me deparo com brasileiros que não gostam do seu país, que admitem intromissões, agressões, ofensas e, ainda por cima, dão razão ao mal educado, ao sujeito impertinente e comportamento inadequado.

    Será a ideologia professada?
    O sectarismo extremo cultuado?
    O ódio pulsando descontrolado?

    Lá pelas tantas são essas possibilidades somadas, que configuram cidadãos apenas preocupados consigo mesmos, alheios aos problemas nacionais e populares, alienados politicamente.

    Não tenho a menor ideia onde se encaixa no tempo atual, a rebeldia do rock, surgido na década de 50!

    Há mais de sessenta anos justificava-se a mudança, haja vista a geração era do pós-guerra, querendo novos valores, e repudiando aquelas autoridades, filosofias e movimentos que haviam levado a humanidade para o maior conflito da História, a Segunda Guerra Mundial.

    E, os jovens, tomaram vários caminhos, alguns até foram extintos, diante da utopia quando a realidade impunha a sua força, como os Hippies.

    Na década de sessenta, explodiram os conjuntos de rock, que hoje se chamam bandas, enquanto essas eram assim definidas como de colégios.

    Beatles, Rolling Stones, Scorpions, Van Halen, Iron Maden, U2, ACDC, Eagles, Judas Priest, Rush, Gerry and Pacemakers, The Who, Pink Floyd, Led Zeppelin.

    Alguns conjuntos nacionais tiveram muito sucesso nesta mesma época:
    The Clevers, depois Os Incríveis, Renato e seus Blue Caps, Os Mutantes, mais tarde Legião Urbana, Titãs, Os Palamas do Sucesso, Engenheiros do Hawai, Nenhum de Nós, Barão Vermelho, e a maior e melhor banda nacional atualmente, originária em 91, Skank.

    Pois bem, afora a música notável que produziram e que embalaram BILHÕES de pessoas por este mundo de Deus, faz pouco tempo que seus músicos passaram a fazer parte de movimentos em benefício dos necessitados.
    Um dos mais engajados politicamente é o U2.

    Porém, os membros desses conjuntos citados enriqueceram, drogaram-se como loucos, tiveram uma vida absolutamente à parte do mundo que os endeusava indiscutivelmente, a ponto que muitos morreram de overdose.

    Logo, dizer que Waters lutou pela democracia, pela liberdade, pelos Direitos Humanos, contra a injustiça … são alegações sem propósitos, de modo que se aceite a sua intromissão e ofensas contra o povo brasileiro e nosso país imperdoavelmente.

    Não mesmo!

    A música não tem pátria, dizem os especialistas, que concordo plenamente, menos o indivíduo.
    Faz até parte da identificação a sua nacionalidade!

    Mesmo que se defina como humanista e diga que o planeta é a sua pátria, deve respeitar o solo onde pisa e que o acolheu.
    Não tem o menor direito de se meter no país que não é o seu, simples.

    Waters faltou com o respeito com os cidadãos brasileiros que se sentem brasileiros, e que não admitem palpites de quem não tenha nascido nesta terra.

    Que seja considerado persona non grata ou até mesmo expulso, pois é o que deveria ter acontecido com esse bobalhão.

    • Prezado conterrâneo Francisco Bendl,

      Fosse se apresentar em Cuba Roger Waters colocaria placas luminosas enormes em prol da libertação dos presos políticos?

      Duvido.

      De fato, o viés político em artistas sempre existirá. Frank Sinatra que o diga, democrata apoiou JFK mas recebeu perseguição política em troca. Mas sempre dentro do seu país, exercendo seu direito como cidadão.

      Já Roger Waters deveria – assim como Paulo Guedes?! – ter pedido pra sair, com desculpas pelos maus feitos.
      Não é fácil.

      Abraço!

      • Meu caro Ricardo Miguel,

        Protestos, reclamações, críticas, jamais devem ser aceitas de estrangeiros quando em um país que não é o seu!

        Waters extrapolou, passou dos limites, foi desrespeitoso conosco e com a nossa nação.

        Logo, pé na bunda do idiota e imbecil!

        Abraços.

    • Falar do U2,o bono virou ‘assim’ um amante do Soros, pra nao dizer pior!
      atualize os dados, isso e algo como dizer que o Greenpeace defende o Planeta Terra, uma hipocrisia só!

      “Não tenho a menor ideia onde se encaixa no tempo atual, a rebeldia do rock”

      Vou te dizer onde se encaixa: hoje, nos países civilizados do primeiro mundo que tem uma legislação voltada para o RESPEITO ao trabalhador, conquistada durante esses anos todos do ROCK que voce chama de rebeldes, funciona mais ou menos como este exemplo:

      O saco de cimento, ou qualquer coisa que pese mais de 25 quilos, nao pode ser carregado por uma so pessoa sem equipamento auxiliar, seja o que for.
      Se o supervisor, gerente, patrão, Presidente da Republica, se a Rainha da Inglaterra te mandar levantar um saco de 26 quilos, voce trabalhador pode enfiar o dedo (um daqueles “fuck you”, que é a língua básica do ingles) na cara do indivíduo, e nao perde o emprego, nem e recriminado porque e um direito adquirido constitucional seu!
      Qualquer coisa que te mandarem fazer alheia ao que faz normalmente, são obrigados a te prover de antemão uma indução (introdução) primeiro.
      Todos esses direitos foram adquiridos através do movimento popular que a Musica gerou, em vários contextos….
      Pense Vietnam, por exemplo.

      O Punk Rock foi peca fundamental.
      Quem e turista, e visita o palácio da Rainha, olha os guardinhas automatas…
      Quem e ingles sempre olhou para os espetos de ferro fundido circundando uma gente que tinha direitos em excesso enquanto todos os outros nao tinham nada, e se matavam de trabalhar no frio e na lama…
      Os Punks resolveram colocar os mesmos ‘pregos’ no corpo nas vestimentas, em protesto…
      E muita coisa mudou.

      Renato Russo: PUNK ROCKER.
      Reconhece o quanto esse cara mudou o Brasil? Olhe em volta, olhe os jovens nas ruas do Brasil, qualquer canto e recanto.
      Não viraram veados, nem morreram de AIDS, mas amadureceram politicamente como NUNCA antes havia acontecido…
      Cazuza, também é outro…

      Que dizer dos Mamonas assassinas!
      Tiveram que MATAR MATADO os caras para nao romperem de vez com os moldes do contexto de sociedade do tempo em que viveram…..

      Na Inglaterra, ate hoje se um guardinha folgado te molesta voce pode meter um chute na cara do feladap*ta, que se estiver com a razão ele ainda terá que vir a sua casa para pedir desculpas formais…
      (Bom… costumava ser assim, nao vi mais acontecer desde 1990)

      Acontece, numa Democracia.
      O pessoal ‘bolsominion’ achou ofensa.
      Quem é a favor do #EleNão achou foi o máximo!!!

      O que eu acho o máximo, aqui na Inglaterra: se a musica que se ouve não é cantada em inglês (e Deus me livre ter que ouvir o que ouvem aqui, nas rádios) ela é cantada em Português!!
      Não se ouve outras línguas!
      É Inglês ou a Musica Brasileira!!!!
      Sensacional! Viva o Brasil!!!

      • AndreBR,

        Às vezes tu me dás a impressão de viajar na maionese, como se diz.

        Não vou discutir contigo sobre o rock e seus efeitos na vida dos jovens ou as mudanças que esta música tenha ocasionado, supostamente, claro.

        Apenas estou defendendo o meu país de declarações inoportunas e de posições políticas estrangeiras a nosso respeito, uma intromissão imperdoável e venha de quem vier!

        Mas, apenas para eu deixar o que penso sobre o rock, e porque nasci quando esse ritmo tomou conta do mundo, logo, eu o vivi intensamente, os elogios que fazes de alguns compositores nacionais sobre suas influências quanto “ao amadurecimento político como nunca antes havia acontecido”. lamento, mas aconteceu ao contrário do que afirmas!!

        O rock jamais se importou com a política, pois simplesmente contestava o que havia sido estabelecido para as pessoas como modos e costumes, distanciando-as justamente do modelo empregado pelos poderes à população, incluindo os jovens, que não aceitavam a mesmice de sempre.

        Ora, a mudança fundamental foi no ritmo, na dança, na efervescência da música, A PONTO QUE SE DANÇAVA O ROCK NOS ESTADOS UNIDOS, de onde surgiu, com os jovens de terno e gravata e, as meninas, de saia e blusa!!!

        Na indumentária, final da década de cinquenta e início dos anos sessenta, as calças Lee ou desse modelo de jeans índigo blue, passou a ser uma espécie de uniforme, pois abolia a formalidade do terno e gravata!

        Ora, isso é rebeldia, é a busca de espaços que sempre fora negado aos jovens, uma liberdade de agir e pensar!

        Mas, nada, absolutamente nada, com relação à política!

        Movimentos unicamente contestatórios, de o jovem poder agir por si próprio, e não obedecendo formalidades ou condutas artificiais e, quanto mais longe da política, melhor!!!

        Quanto ao assassinato do Jean Charles, tu dizeres que foram os patrões de Bolsonaro, com a devida vênia, AndreBR, mas esta foi a piada do ano, parafraseando Carlos Newton!

        Abraço.

        • Na próxima vida, tragam o Bob Dylan nascido num pais de língua portuguesa, ai voce ira entender….

          Rendeu só um NOBEL pra justificar o que a Musica fez, como eu escrevi…

          Prefiro o Nobel, que de ‘supostamente’ quem não entendo eu

          Quanto ao Jean Charles, estude um pouco, ou olhea imagem de um chapéu do policial que atirou, ou qualquer outro policial ingles.

          Veja só, esta ali, na faixa, o mesmo desenho do chão das lojas maconicas…

          Veja só, é o mesmo desenho do chão onde Reis e Rainhas se posicionam quando se casam, quando rezam….

          Representações… A Policia é deles, desse mundo, desses poderosos maçons que é cheio de simbologia…
          O próprio Bozo apareceu numa foto de um post aqui no Blog fazendo um os sinais da maconaria…

          Se não aceitas que foi a maçonaria quem fuzilou o Jean, é porque precisas defende-la…
          Aí, nem continuo….

          Piada do ano o cacete, muito REAL, isso sim!…

          E, quanto ao patrão do Bozo, é o mesmo patrão do Temer, talvez outra loja, outro rito, sei la como se fala, mesma BAGAÇA….
          Por causa dessa BAGACA importada que nao somos pessoas dotadas do direito de viver uma vida plena e prospera, como BRASILEIROS!

          NADA VAI MUDAR NO BRASIL.

          • Admiro quem tenha as suas convicções e que as defenda.

            Porém, deixar de admitir que pode estar errado, que tenha exagerado ou omitido alguns detalhes, e que tornam as convicções falhas, o resultado é a pessoa encerrar o diálogo.

            Se foi a Maçonaria que matou o brasileiro em Londres, Cristo foi crucificado pelos índios Apaches, dos Estados Unidos!

            Alguns comentaristas têm pregado a questão da Nova Ordem Mundial, os Iluminatti, uma série de ideias que não encontram fundamento ou verossimilhança com a realidade.

            A Maçonaria já teve seus dias de grande influência. Hoje perdeu substancial parte nos governos dos países deste mundo!

            Os cidadãos perceberam que as tais organizações secretas, que atuavam nos bastidores, que tinham seus membros trabalhando nos locais mais importantes e estratégicos, perderam muito do poder de decisão que possuíam.

            A bem da verdade, o Judiciário brasileiro ainda é o local onde a Maçonaria está presente e muito firme, razão pela qual as diferenças de sentenças nos mesmos crimes praticados, além dos benefícios e regalias concedidas a certos réus.

            Mas está distante do Parlamento e do Executivo, em face da diversidade de origens dos políticos e daqueles escolhidos para comandar a nação.

            A maçonaria tanto é inócua na salvação das pessoas carentes e necessitadas, quanto não tem qualquer influência para decidir novas guerras e revoluções!

            A organização mais existe em função da vaidade de quem é participante, do que verdadeiramente ter poder de influência nas decisões de países mundo afora!

            Sou muito mais a Cruz Vermelha e Médicos Sem Fronteiras!

          • E sou eu que ‘viajo na maionese’….

            – Indio Apache. no Oriente Medio ha 2000 anos atras.

            – Illuminati.

            – Maconaria sem forca.

            – O representante maior do Executivo, Michel Temer em reunioes da Maçonaria (youtube tem!)

            Se visitar a Inglaterra, vera na sede, sobre as duas colunas da entrada, engravado na pedra, o Globo Terrestre sendo encoberto por uma rede.

            OK. ta bom.
            São tudo vendedor de hot dog numa esquina qualquer….

            Um dia a casa cai.

          • Nao tenho conviccoes, tenho certeza do que digo.

            Sem argumentos; vou me calar que nao estou aqui para enganar os outros….

  26. Imaginem a cara das bolsonetes histéricas, tendo pago um ingresso caríssimo pra assistir o Roger Waters, ainda tiveram que ver o coroa esfregar na cara delas o #ELE NÂO……

  27. Não há, nesta republiqueta de bananas, alguém com a força necessária para prender e expulsar um artista como o Roger Waters.
    Entendam, ele possui uma história de combate que nem Israel, um de seus principais desafetos, ousa tentar calá-lo.
    Aqui, anões que serão esquecidos 10 minutos após seu último suspiro vem urrar contra um indivíduo que ainda será lembrado por décadas após o desenlace.
    Este artigo, escrito por algum tiozão, é uma das coisas mais patéticas que tive o desprazer de testemunhar em minha vida.
    Calar um ARTISTA é impossível.
    Fosse assim, não teriamos conhecimento de luminares como: Rimbaud, Henry Miller, Tristan Corbière, William Blake, Baudelaire,Allen Ginsberg, Jack Kerouac, William Burroughs ,Lawrence Ferlinghetti,Charles Bukowski e John Fante……entre outros.
    Nem perderei tempo, pois neste espaço que vige sob o signo do fascismo, seria como um cão a ladrar para as caravanas.

    • Pô, Jaco, mas fizeste uma salada intragável!

      Duvido que alguma dessas personalidades que citaste, tivesse ofendido um país como fez Waters conosco, duvido.

      E não se trata de censurar o artista, outra interpretação errônea de tua parte com relação ao artigo em tela.

      Trata-se de que ele nos deve respeito, educação.
      Caso não os tenha, fora!

      Interessante e curiosamente, o país desse falastrão, a Inglaterra ou Reino Unido, como achares melhor, MATOU A SANGUE FRIO UM BRASILEIRO, Jean Charles de Menezes, confundido com um terrorista!!!

      Não estamos pedindo, o articulista e eu, que a polícia brasileira faça o mesmo com Waters, claro que não, mas ele deveria manter-se alheio aos problemas brasileiros!!!

      Se a morte de Jean Charles não bastou para que nós, os brasileiros, sejamos firmes com os estrangeiros que querem ocupar mais espaços além daqueles permitidos, expulsem-nos, mas temos de mostrar e provar a nossa SOBERANIA!

      Aqui não é a Inglaterra, erguida à base da pirataria, de roubos, de explorações de colônias, de genocídios por aquela nação ocorridos, muito menos que devemos bajular uma monarquia decadente, pessoas que são párias da sociedade, que nada produzem para o país e para si próprios!

      Comparar o bocudo Waters com a luta do estado de Israel é uma ofensa ímpar, algo absurdo e inaceitável.

      Eu queria ver como seria a tua reação se eu fosse à tua casa e começasse a te criticar pela maneira como te relacionas com a tua esposa, como tratas teus filhos, as tuas relações de amizades, se irias aceitar essa minha intromissão.

      O que o paspalho fez foi exatamente isso, afora enaltecer o roubo, a exploração do povo, e querer que os ladrões voltem a nos governar!

      Waters que vá à merda, ele e seu país, de efeminados e afetados!

      • …” o país desse falastrão, a Inglaterra ou Reino Unido, como achares melhor, MATOU A SANGUE FRIO UM BRASILEIRO, Jean Charles de Menezes, confundido com um terrorista!!”…

        Bendl, sinto muito, quem mandou matar o Jean Charles foram os PATRÕES do Bozónágua.
        Ponto.

        Bendl, voce sabe como nós Brasileiros respondemos?
        (figurativamente, pois nao foram todos os brasileiros, foram 8 brasileiros, assim como foram ‘alguns’ ingleses que mataram o Jean)

        Digite na Internet: “Peter Blake” (sailor)

        Sir Peter Blake para os anglo-saxões.

        Para mim, e muita gente ligada ao mar, um Semi-DEUS que viveu no nosso tempo.

        Em honra de seus serviços para o iatismo, Blake foi nomeado Comandante da Ordem do Império Britânico em 1995 e recebeu um Doutorado Honorário em 2000 da Universidade de Tecnologia de Auckland.

        Blake foi baleado e morto por piratas ribeirinhos enquanto monitorava a mudanças ambientais no rio Amazonas, em 5 de dezembro de 2001. Ele tinha 53 anos de idade.

        Monitorava o aquecimento global e a poluição para as Nações Unidas quando o mataram em seu barco, no delta do Amazonas.
        Por volta das nove da noite, um grupo de seis a oito ladrões armados e mascarados usando capuzes e capacetes bateram no ‘Seamaster’.

        Quando um dos ladrões apontou uma arma para a cabeça de um tripulante, Blake saltou da cabine empunhando um rifle. Ele atirou em um dos assaltantes na mão antes que o rifle falhasse, em seguida; Então, foi fatalmente baleado nas costas pelo assaltante Ricardo Colares Tavares. Outros membros da tripulação foram feridos com facas

        O assassinato de Blake foi brutal, um ser humano de expressivo valor.

        Fica a mensagem, qualquer arma pode falhar.
        Qualquer arama é, por si só, uma FALHA da Humanidade….

  28. A questão é saber se o texto do artigo da Lei do Estatuto do Estrangeiro, de 1980, está, ou não, recepcionado pela Constituição de 1988… e se há algum limite à interpretação do texto, como também importante saber eventual conflito aparente com tratados internacionais.

  29. Exatamente o que eu manifestei anteriormente!

    Esse blog, ultimamente, anda dando muita mancada. Uma verdadeira desinformação em alguns casos.

    Até existe artigo no portal da revista Consultor Jurídico falando que, para especialistas, o artigo 107 do Estatuto do Estrangeiro não foi recepcionado pela Constituição de 1988. Trago trecho:

    “O direito à liberdade de expressão e manifestação é universal, os estrangeiros também o possuem. O Estatuto do Estrangeiro não se sobrepõe à Constituição”, diz o advogado Daniel Sarmento, professor de Direito Constitucional da Universidade Estadual do Rio de Janeiro.

  30. kkk
    Sujeitinho ascoso esse rogério águas
    E milhares de bobalhões gastando dinheiro p ouvir esse gringo decadente.
    A culpa é do povo!
    kkk
    Melhor guardar as boas lembranças do passado do
    flóide cor de rosa
    kkk
    ps:
    CN, brilhante trabalho!
    Beja para Ministro da Justiça!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *