Programa “militarista” de Bolsonaro tem resistência até nas Forças Armadas

Resultado de imagem para MILITARISMO CHARGES

Charge do Alpino (Yahoo Brasil)

Matias Spektor
Folha

Um dia após ser oficializado candidato à Presidência, o deputado Jair Bolsonaro (PSL) levou sua campanha ao Clube da Aeronáutica. Lá chegando, o candidato ouviu a mensagem que circula há meses entre militares de alta patente. “Mostre à sociedade que não é difícil compor um quadro administrativo com civis gabaritados”, sugeriu o ex-comandante da Aeronáutica tenente-brigadeiro Carlos de Almeida Baptista.

Na cúpula das Forças Armadas, a promessa do candidato de povoar metade de seu ministério com militares cai muito mal. A razão é o instinto de autopreservação da tropa: ao posicionar generais, almirantes e brigadeiros na vitrine principal de seu eventual governo, Bolsonaro terminaria transformando a tropa em vidraça.

SUSPEITAS – A primeira prova de que tal preocupação faz sentido veio à tona nesta quarta-feira (doa 8), quando o jornal El País noticiou suspeitas de irregularidade envolvendo o candidato a vice na chapa de Bolsonaro, o controverso general Antonio Hamilton Mourão. Segundo os documentos divulgados, o suposto esquema de corrupção envolveria compras militares, uma empresa privada espanhola e um lobista.

A cúpula das Forças Armadas sabe que o capitão reformado abusa da mitologia segundo a qual os militares seriam imunes aos vícios típicos do sistema político brasileiro. Mas na prática quem está no comando da tropa reconhece que a força enfrenta os mesmos problemas e gargalos que assolam o resto do serviço público nacional.

A preocupação de quem entende do jogo não se limita a eventuais denúncias de corrupção. Se entrarem para a política, os militares serão cobrados por boa governança na provisão de bens públicos, sendo obrigados a mediar os interesses conflitantes que dividem a sociedade brasileira.

SEGURANÇA – Mesmo na área da segurança pública, onde as Forças já atuaram em diversas ocasiões, a entrega de bons resultados está longe de ser trivial. A intervenção no Rio de Janeiro —com o aumento expressivo de mortes em chacinas para uma redução pequena do crime— ilustra o problema.

A cúpula entende que, ao assumir cargos políticos, os militares correm o risco de perder a boa reputação de que gozam junto à opinião pública. De quebra, poderá haver um agravamento das tensões entre as três Forças na disputa por orçamentos e influência na Esplanada, para nem falar da volta às manchetes dos crimes e excessos cometidos durante o último regime autoritário.

Para o grupo de alta patente que assiste com espanto às propostas de Bolsonaro, há uma chance real de, em nome do suposto fortalecimento do setor militar, uma eventual Presidência do candidato do PSL terminar deixando a corporação mais fraca.

24 thoughts on “Programa “militarista” de Bolsonaro tem resistência até nas Forças Armadas

  1. Tudo pode acontecer, inclusive nada, essa é a grande matéria do grande jornal, e do grande jornalista, e me pergunto, se tudo pode acontecer todos estão passives de se corromper, será que o jornalista Matias Spektor se corrompeu, ou Folha, a serviço de quem está este belo texto, recheado de informações.
    As penas alugadas vão sair do armário em todas as redações.

  2. Todo o ser humana é passivel de ser corrompido vide as denúncias de corrupção no banco do vaticano que segundo informações não desmenti-
    das teria levado a morte do Papa João Paulo I .

  3. Estava demorando essas palavras. É bom sinal. Os militares de alta patente não podem proibir Bolsonaro de ser candidato a presidênte. Mas temem que sua falta de experiência leve as Forças Armadas ao descrédito. Quanto a Mourão não foi surpresa a notícia de que pode estar envolvido com um lobista em compras a uma empresa espanhola. Ele está muito afoito; queria porque queria ser vice de Bolsonaro. As suspeitas sobre Mourão estão aparecendo. Quanto as suspeitas sobre Bolsonaro acho que os chefes militares deviam lêr o que divulgado pela mídia sobre o “Vale da Ribeira na cidade de Xiririca onde Bolsonaro nasceu”: Só de casas comerciais ele e seus parentes têm 70, fora duas fazendas de gado. Grande caminhões. Dizem que está construindo um Chopn. Um dos entrevistados que o conhece desde garoto disse que sua familia era pobre e hoje são donos de tudo na cidade e têm outros estabelecimentos em cidades próximas. E acha que o dinheiro é da “política”. Bolsonaro e família aqui no Rio têm 13 imóveis carissímos comprados pela metade do preço. E mais uma casa de praia em Angra dos Reis administrada por uma funcionária fantasma. Bolsonaro se for espremido sairá muita sujeira. Mourão, Mourão acho que está virando o “general da banda”.

  4. Na “Charge do Alpino (Yahoo Brasil)” algo questionável.
    Será que é o povo sem noção que assim se manifesta? certamente que não!
    O sem noção quer que continue a bagunça, os desmandos, a libertinagem.
    Tenho certeza que, é o povo sério e que não consegue enxergar saídas parta o país que lembra de USAR os militares contra os sacanas, os vigaristas e a corrupção disseminada.
    Fallavena

    • E a perda das mordomias, não conta? Estão todos preocupados com um General candidato a vice, mas um presidiário candidato a presidente, pode. O que se vê, já aqui na Tribuna é que a preocupação da maioria é a perda de uma boquinha no governo. Como tem gente deste tipo. Parece que ninguém mais produz no Brasil e todo o mundo quer viver na teta da república.

  5. Aliás, não vai ser o Bolsonaro que vai deixar a instituição mais fraca. Fraca ela já é pois deixou a esquerda tomar conta do Brasil e se rebaixou ao ponto que não tem mais volta. O Exército foi covarde quando deveria ter sido forte.

    • Não culpe os nossos militares. Imagine o paraíso que é a segurança nos intramuros dos quartéis e ter a missão de defender um país que não tem guerra por mais de 200 anos. A continência dos recrutas produzem mais endorfinas que a luta pela recuperação nacional. Viva nossos heróis!

  6. Toda a unanimidade é burra. Dito isto, qual seria a fonte? Alto .comando? Quantos do alto comando? Acaso e o alto comando que vai votar em massa nele ? E mais: perguntaram para praças e oficiais ?
    Esqueci: é da folha de SP. Explicado.

  7. Estas conjuminâncias construídas pelo jornalismo saudoso dos tempos de “vacas obesas” do PT, agora passaram a descer a borduna no Bolsonaro, extensível ao Mourão.
    É mais ou menos como a turma que reclama da violência, mas nada faz para se livrar do consumo das drogas, que financia a barbárie.
    Querem um pais de honestos, mas só para os outros, eles, querem é continuar a mamar nas tetas robustas da viúva.
    Só com intervenção divina para mudar o Brasil, sem tratamento de choque, daí, desconfiam que o Bolsonaro vai passar a tesoura na “verbinha” que alegra a galera do jornalismo, retirando a publicidade oficial, que a bem do propósito, para que governo precisa de propaganda, se toma tudo o quer do povo na mão grande e não tem concorrência? Se secar a teta, vai haver choro e ranger de dentes nos estúdios e nas redações.

  8. Matias Spektor é o jornalista do “memorando da CIA sobre Geisel”, entenderam? Ele é um pesquisador à procura de defeitos na candidatura do Bolsonaro, simples assim. Curioso é ele ter este trânsito na “alta cúpula das FFAA”, para saber o que pensam.

  9. Chapa Bozonaldo-Generaldo é a chapachiclete com banana, invertida = Banana com Chiclete.
    O banana (capetão) vem na frente do chiclete (general)….
    Enfim uma suruba ética…

      • Como? desespero?
        Espetáculo de Circo é para divertir!

        Tens idade para lembrar do grande Circo Orfei?

        Essa e a eleição do Grande Circo dos Brasileiros Órfãos.

        Não ha candidato à altura da missão do cargo de Presidente do Brasil a partir de 2019 .
        Quem deposita esperanças nesses milicos candidatos é quem deve estar desesperado.

        • Não, não tenho nenhum desespero, como já disse antes repito, pra quem já teve no desgoverno da nação duas mulas uma besta e meia, meio vampiro, um cavalo é lucro, detalhe tem pedigree militar.
          E se ganhar eu duvido de alguém pedir o impixamento dele

  10. O desespero está batendo na porta dos esquerdopatas. É melhor eles JAIREM se acostumando. Inclusive o Sr. Antonio Santos Aquino. Vai ser um verdadeiro deleite.

  11. Pesquisas internas mostram que a situação da chapa puro sangue não é nada boa , tanto que as vivandeiras de 64 estão novamente investindo em um golpe de Estado ,tirando da cova o locaute dos caminhoneiros . Lei de Segurança Nacional nesses baderneiros terroristas .

  12. Lippi, que pelo nome não se perca. Me escolheste pensando que eu gosto. Estás errado sou casado pai de quatro filhos, cinco netos e seis bisnetos. Entrei na Marinha em 1950 qunado tu ainda estavas pendurado no “saco” de teu pai. Você é um dos diversos analfabetos políticos que pensam que eu sou partidário do PT. O PT ideológicamente é inimigo de minha ideologia, que todos antigos que aqui freqüentam conhecem inclusive o dono e diretor Newton. Se pensas que eu não leio a mídia estás enganado. Tudo o que comento saiu na mídia. Bolsonaro se fosse um bom militar, chegaria a general. Como nunca teve conduta ética nem moral, foi excluido, indo para reserva. Um pedante como o general Mourão, ser vice de um péssimo militar de patente inferior, é uma desmoralização para as Forças Armadas. Leia na mídia o que foi dito por oficiais superiores da Aeronaútica. Eu apenas repito com minhas palavras o que a mídia noticia. Não tenho nada com o PT. Tenho com o Brasil. Se Bolsonaro eleger-se, o que acho dificil, ele toma posse e governa; quem quis foi o povo. Mas vocês bolsonaristas, que têm vergonha de se identificar, já estão fazendo um baixo assinado para um suicídio coletivo, se Bolsonaro não ganhar. Seria trágico as ruas, praças e sarjetas do Brasil coalhadas de cadáveres dos bobosolnaristas caidos de “papo para cima”. Aproveita, vai lá e assina. Em Tempo: “Vê se contribui com algum dinheiro para o Blog. Nunca destes uma prata”.

  13. Eta Povo vira lata ! Acreditam que elegendo este idiota metido a xerife , este país se tornará uma nação . Bom é saber que este fanfarrão não tem a menor chance .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *