PT tenta buscar o apoio de Ciro Gomes e do PSB para enfrentar Bolsonaro

Resultado de imagem para Haddad e ciro

Ciro e Haddad são amigos, não haverá problemas

Carlos Newton

Não há tempo a perder e o candidato Fernando Haddad já anunciou que vai procurar as forças democráticas do país para fortalecer a coligação do PT, integrada apenas pelo PROS e pelo PCdoB. E quando ele fala em “forças democráticas”, está se referindo especificamente ao PDT de Ciro Gomes e ao PSB de Márcio França, que tenta se reeleger ao governo de São Paulo. Não será difícil Haddad conseguir a adesão do PSB, até porque o socialista França está precisando desesperadamente do apoio do PT para enfrentar o favoritismo do tucano João Doria.

Quanto ao PDT, o partido até recentemente era aliado do PT no Congresso e agora não tem outra opção política. Aliás, ainda em meio à apuração dos votos, Ciro Gomes se adiantou em afirmar que “Ele não, sem dúvida”, descartando a hipótese de apoiar Bolsonaro.

PEDIU TEMPO – Na entrevista que deu em Fortaleza na noite deste domingo, o candidato do PDT deixou claro que não irá se aliar a Bolsonaro, mas evitou declarar apoio a Haddad no segundo turno da eleição presidencial. Disse que precisa de tempo para debater a questão com seus correligionários trabalhistas, mas foi logo afirmando que tem “uma história em defesa da democracia e contra o fascismo”, em referência direta a Bolsonaro. E arrematou: “Ele não, sem dúvida”.

Ciro Gomes está magoado com Lula da Silva, que já lhe passou a perna duas vezes. A primeira oportunidade foi em 2010, quando prometeu que Ciro seria seu sucessor, apoiado pelo PT, mas na hora H lançou Dilma Rousseff. E agora Lula novamente lhe acenou com a possibilidade de uma coalizão, com Ciro na cabeça de chapa, mas era somente conversa fiada.  

HADDAD É HÁBIL – Acontece que Haddad não é Lula. Ele e Ciro sempre foram amigos. Somente se estranharam no final da campanha, quando partiram para o tudo ou nada. No debate da TV Globo, quando já tinha assegurado a participação no segundo turno, Haddad foi muito cortês e respeitoso com Ciro, inclusive elogiando as colocações do pedetista, já agia como se fossem aliados.

Haddad é educado e calmo. Tudo indica que conseguirá o apoio de Ciro e de França, reforçando seu meio do campo e ganhando precioso apoio, especialmente em São Paulo e no Nordeste.  

Mas acontece que Bolsonaro se tornou um imã que vai atrair o Centrão e o resto do baixo clero, com a maior facilidade. Mesmo com Ciro e França apoiando Haddad, a tendência é de que Bolsonaro não terá maiores problemas para se eleger.

###
P.S.
Um dos maiores desafios a Haddad será a escolha do ministro da Fazenda. Tem de encontrar um economista confiável que seja aceito pelo mercado, que já está com Bolsonaro e não abre, como se dizia antigamente. (C.N.)

34 thoughts on “PT tenta buscar o apoio de Ciro Gomes e do PSB para enfrentar Bolsonaro

  1. Basta ver a qualidade e a quantidade dos que foram eleitos pelo coeficiente eleitoral, dando uma rasteira na democracia e no eleitor, o qual, a Constituição diz garantir que todo poder emana dele e em seu nome deve ser exercido, para sabermos o quanto este país está atrasado democraticamente. Alguém pode garantir que o voto facultativo poderia “impedir” que a massa votasse como votou? Até poderiam, os falsos e covardes, mas em hipótese alguma haveria algum argumento concreto. Não vai no ludibriamento do eleitor, vai na mallandragem.

  2. Não vejo a hora do Capitão Bolsonaro e do General Mourão acabarem com o regime ditatorial do comunista Maduro.

    Preparem-se FFAA para ajudar a libertar nossos irmãos Venezuelanos.

  3. Nas próximas semanas – passarão muito rápido – se batem os últimos pregos do caixão do partido do presidiário e seu ventríloquo. Depois é só enterrar. A propósito, quem carregará o esquife será o povo brasileiro.

  4. Agora, com 50% de tempo na televisão, Bolsonaro vai poder chegar no nordeste e na população mais carente do país que não tem acesso a internet. Não tem como perder, só na fraude.

  5. Quer dizer que nós que votamos no Bolsonaro iremos votar no PT é?
    Quer dizer que quem votou em Alckmin e Amoêdo irão votar no PT é?
    Quer dizer que quem votou em Alvaro Dias irão votar no PT é?
    Pode começarem a lançar pesquisas do Ibofe e dataAndrade de hora em hora e não conseguiram enganar mais ninguém.
    Contra tudo e contra todos. Imprensa vendida, políticos cafajestes, judiciário corrupto, mídia tendenciosa, artistas Rouanet, tudo contra uma pessoa e não conseguiram. Essa é que é a verdade. Bolsonaro só não é presidente se o matarem ou fraudarem as urnas.

  6. Ciro é a prostituta do partido do crime. Se ofereceu todinha no início como candidato dele, mas foi recusado. E, mesmo assim ela continua rodando bolsinhas nas penumbras das esquinas da nossa política.

  7. Tá duro digerir essa eleição Mandrake. Ficou evidente que as urnas foram programadas pra transferir votos do JB para o coisa ruim do PT de forma a impedir sua vitória no primeiro turno, o que aliás não seria nada surpreendente. Roubaram agora e de certo roubarão depois. Os relatos de erros (sempre em desfavor de JB e em benefício do laranja do lula) são inúmeros!
    A presidente do TSE foi a televisão mentir descaradamente que as urnas são auditáveis mas que de fato não são! Zé Dirceu, bandido preso mas que tá solto segue sabotando o país junto com outro bandido preso que age como se estivesse solto!
    Essa canalhada não vai querer sair! E tem gente infiltrada em todas as instituições do país e com a mídia arregada e servil. Se não for com Moro será com Mourão! A intervenção militar é inevitável e imprescindível, ao meu ver, pois aceitar ser roubado na mão grande não é possível.
    Governos só mudam pelo voto, pelos hackers ou pelas armas. Melhor que seja pelo voto. Voto impresso, já!
    “Ah, mas não dá tempo de habilitar as impressoras”.
    Que seja então o voto em cédula, no papel, como se faz em todo país sério.

  8. Newton, além de grande profissional, você não é um analfabeto político e sabe como é a política. Na política se usa a mesma tática da guerra, só não existe derramamento de sangue. Se não houver um mínimo de união Bolsonaro se elegerá com facilidade. Conseqüentemente dominará o Brasil sabe lá como durante no mínimo vinte anos. É muito dificil não ganhar, mas os perdedores tem que partir para cima. Perdido um perdido por mil. Até o PSDB deveria apoiar Haddad, caso contrário vai sumir do mapa.

    • Antonio Aquino
      Um dia, espero não muito distante, gostaria de fazer algumas avaliações contigo. Tens alguns posicionamentos que, embora discorde, respeito e gostaria de aprofundar. A política partidária tem mudado muito. E os eleitores também.
      Quanto critico o PT e acho que deve ser combatido e “exterminado” nas urnas, penso o mesmo do PSDB e de vários outros partidos.
      Sem lideranças sérias, nenhum deles tem como retornar as origens.
      Ouso dizer que, o mundo (pessoas) mudou tanto que é preciso reestudar a organização dos estados (países) e as formas de representação. Os princípios e as formatações não estão respondendo mais!
      Mas se quisermos que continue igual ou pior, não precisamos fazer nada.
      Abraço
      Fallavena

  9. Newton, cheguei a dizer que Lula tinha um plano B e que se concretizasse o PT ganharia fácil. O Plano B era o Requião; já tinha havido conversa, mas Gleise atrapalhou. Requião se filiaria ao PT e seria seu candidato. Uma parte do MDB o acompanharia, mais Pt, Pdt,PcdoB e PSB seria o bastante para uma boa vitória. Resultado Requião não se elegeu o que foi uma pena.

    • Ainda bem que esse fascista do “Requeijão” dançou. O Senado agradece, penhoradamente, o expurgo desse imbecil.

      Fico feliz em não mais ver nas sessões do Senado: o Lindinho, Vanessa Narigão,aquela analfabeta do Piauí que agora é vice do governo de lá, uma tal de Regina, Gleicinha , etc.

  10. Para que o mundo desabe sobre as nossas cabeças é preciso que todo os votos dados ao canga Ciro, à Marina, os do picolé de chuchu, mais os do Álvaro e do Meirelles sejam dados ao poste do 51. Caso tal façanha não aconteça o charmoso poste do 51 vai ter o mesmo destino da infeliz e de Maria Louca, foram dormir já como senadores e viram o sonho se transformar em pesadelo

  11. Darcy Leite, Bolsonaro era o candidato mais fraco. Tornou-se forte por falta de tática e estratégia de seus adversários. So falavam em fascismo e nazismo. Pergunto: O povão sabe o que é fascismo e nazismo? Se falassem ele não gosta de negros, índios, mulheres, pobres, vai vender a Petrobrás, a Eletrobrás, vai entregar a RENCA da Amazônia para o Canadá, Israel e EEUU, vai acabar com o 13°salário, o bolsa família, vai diminuir o salário das mulheres. Tem 70 casas comerciais em Xiririca onde nasceu EM NOME DE FAMILIARES E LARANJAS. Tem no RJ 13 imóveis carissímos comprados pela metade do preço e mais um apartamento em Brasilia e uma casa de praia em Angra dos Reis. “Qual o mistério de tanto dinheiro?” Perguntar qual a razão de ter sido mandado para reserva do Exército antes do tempo. Perguntar se sabe quem enforcou o indivíduo que comprou sua pistola e moto roubada quando foi assaltado. E quem matou sua mulher e sua mãe na estrada Presidente Dutra. Isso tudo e muito mais coisas saiu na mídia. Há mais de 28 anos ele esculhacha e intimida o povo. Isso o povo entende. “Em uma luta você tem que mirar o ponto fraco do adversário”. “Essa fúria dos militares contra o PT é em razão de Dilma por ordem de Lula ter criado a “Comissão da Verdade” e trazido o Coronel Ustra e outros militares para serem interrogados. Isso até o “sapo cururú” sabe. São muito burros.

    • Mais uma burrada da DILMANTA! Foi cutucar a onça, digo, os militares com vara curta, coisa que o Lullarápio espertamente evitou fazer nos seus 8 anos. Abriu a caixa de Pandora, começou a semear os ventos(ela adora vento, está tentando desesperadamente uma forma de estocá-lo) que se transformaram na tempestade do impeachment, na sua derrota esmagadora e humilhante para o Senado agora em MG e dia 28 vai ver o coroamento dessa tempestade que será a vitória do militar Bolsonaro sobre a sua organização criminosa, vulgo PT!

    • Sobre a promessa de Lula a Ciro de apoiá-lo em 2010, achei esta notícia no site da Istoé:

      “O presidente Lula tem falado muito a petistas que talvez seja preciso abrir mão da Presidência na sucessão de 2010 e apoiar alguém como Ciro Gomes. O deputado já foi alertado a não se deixar enganar. Seria manobra de Lula para mantê-lo sob custódia do PT. Na dúvida, Ciro começou a armar seu tabuleiro. Nesta segunda-feira 3, PSB, PDT e PCdoB reúnem-se em São Paulo para discutir uma aliança para as eleições de 2008. Sem o PT.”
      https://istoe.com.br/2412_O+JOGO+DE+CIRO+NA+SUCESSAO/

      Quer dizer, Ciro em 2018 apenas repetiu o que saiu errado em 2010, correndo atrás de partidos que não tinham nenhum interesse em sair da órbita do lulismo.

      O mais provável é que Lula não estivesse sendo sincero quando prometeu endossar uma candidatura de Ciro em 2010. Mas mesmo que a promessa fosse sincera, seria difícil convencer os “crentes verdadeiros” do partido, com sua visão maniqueísta da política em que o PT é o bem e todo o resto é o mal, a votar em alguém de fora da legenda, ainda mais alguém com um notório passado de direita. Mesmo uma liderança messiânica como a Lula tem lá suas limitações.

  12. O PEIXE MORRE PELA BOCA.

    Ciro Gomes falou mal do PT e de Haddad durante a sua campanha; ofendeu, insultou, agrediu Bolsonaro e seus eleitores.
    Resultado:
    Se pedir votos para Haddad se mostra sem personalidade, sem dignidade pessoal, sem honra, da mesma forma se fizesse o mesmo com Bolsonaro, lhe apoiando no segundo turno.

    A pena de Ciro, a mais grave, foi instituída por ele mesmo, que deverá se calar na reta final do pleito!

    Logo Ciro, um parlapatão, boquirroto, língua solta, ter de se amordaçar porque qualquer palavra que diga em favor de um ou outro será contra si mesmo!

    Bolsonaro será eleito não porque seus opositores falharam nas suas estratégias, mas em razão do que representam, então o povo não os quer no Planalto.

    Haddad é o PT, uma organização criminosa, uma quadrilha; Ciro queria ser a esquerda na sua globalidade, dos centro-esquerda aos da extrema-esquerda.

    Imaginava que, Lula, uma serpente não lhe picasse, impedindo o seu objetivo.
    Pois afora se mostrar que sabia mais do que seus concorrentes, deixou-se cair na armadilha petista, que lhe puxou a cadeira e Ciro caiu sentado, grotescamente.
    E, também, deixou de levar em conta que o povo não quer mais a esquerda nos governando, roubando, explorando, mentindo, enganando, e deixando o povo cada mais pobre e desesperado.

    Basta de falácias e sofismas com relação aos projetos sociais, direitos populares, a defesa do pobre, se a realidade é incontestável quanto à situação que se encontra, desempregado, devedor e sem futuro!

    Foi Bolsonaro o culpado ou as esquerdas demagógicas, ladras, mal intencionadas?

    Lula e seus aliados roubaram do país e do povo a quantia de DOIS TRILHÕES DE REAIS, computando todas as áreas e segmentos onde a quadrilha atuou, razão maior que explica a fortuna gasta com Haddad e Dilma nessas eleições, e que perderam (Haddad perderá no segundo turno de forma humilhante).

    O povo exige por mudanças, quer cara nova no congresso e Planalto. Não aceita mais os mesmos, as raposas de sempre.

    Fascista, nazista, machista, homofóbico … palavras que a esquerda rotulou Bolsonaro no primeiro turno, de nada valeram para derrotá-lo.
    O candidato pelo PSL não tem a vida pregressa de Haddad/Lula/PT!

    Se, a esquerda, soubesse como agir para vencer Bolsonaro – não tem como saber porque estúpida, desonesta, corrupta –, a primeira medida não seria desqualificá-lo, mas enaltecer as qualidades do movimento ideológico comunista/socialista.
    E criticasse os males do capitalismo, do liberalismo, que Bolsonaro disse que implantará no Brasil.

    No entanto, o passado da esquerda nacional de crimes, ilícitos, incompetência, incapacidade, o descaso pelo povo, pela violência, saúde e educação, evitariam esse discurso sobre os benefícios da ideologia sinistra, diante da contradição explícita do discurso abatido inapelavelmente pelos resultados contabilizados pelo Brasil, de caos sem precedentes!

    Bolsonaro vencerá a eleição e de maneira folgada, e dará início a um novo país, no mínimo com menos roubos, explorações, e um pouco de ética e moral, que desapareceram com o PT e aliados políticos!

    Volto ao blog para comemorar a vitória de Bolsonaro no segundo turno, dia 28 de outubro, inaugurando uma nova fase para este país tão mal administrado e desonestamente dirigido.

    • Ciro chamou o PT de “organização odienta de poder”. Depois disso, não vai pegar nada bem aparecer pedindo votos para esse partido.

  13. Antonio Fallavena, é muito dificil nos encontrarmos. Hoje vivo sob o domínio rigoroso da família. Toda a família, até os netos dizem uns para os outros, para terem cuidado comigo, pois não respeito a idade. (Querem até me tirar o computador). Vejo você como um idealista ou seria um sonhador? É muito dificil te alcançar. Se você quer mudar alguma coisa inicie agora. Levante de sua cadeira e mãos à obra. Teoricamente não mudamos nada. Insistindo e continuando a teorizar chegaremos a ser chamados de “teorista”. Valeu.

  14. “. Não será difícil Haddad conseguir a adesão do PSB, até porque o socialista França está precisando desesperadamente do apoio do PT para enfrentar o favoritismo do tucano João Doria ”
    Não sei de onde o articulista tira esse raciocionio. Se tem uma coisa que o Marcio França não é com certeza, é burro. Basta ver a quantidade de eleitores que o Bolsonaro teve no estado de São Paulo(+ de 50%), eu duvido que ele vai declarar apoio ao Haddad. Ele vai fazer um esforço enorme para conseguir eleitorado do Paulo Skaf e vai jogar a culpa do malogro de Alckmin nas costas do João Dória, o que não deixa de ser verdade. Votos dos petista Marinho(12% dos votos válidos) são insignificantes perto da enorme quantidade de votos que ele precisa para alcançar e passar João Dória. A certeza é que ele não vai conseguir isso apoiando o Haddad no 2º turno.

  15. O candidato mais criticado aqui neste blog,Ciro Gomes, recebendo os adjetivos mais chulos que se pode desqualificar uma pessoa ,é o mais – quer queira ou não, preparado para colocar o Brasil nos trilhos.Infelizmente não deu por causa de ser uma pessoa temperamental..

    Agora, basta ele falar que vai apoiar o Bolsonaro todos vão bater palmas.

    Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *