Quem assume no lugar de Serra?

Geraldo Carmona
“Helio, falam na saída do governador, mas não dizem quem será o substituto. Serra perdeu muito voto com essa traição ao seu PSDB, tirando a prefeitura do seu legítimo candidato, Alckmin. E agora, quem assume?”.

Comentário de Helio Fernandes
Geraldo, acho que você embutiu duas questões em apenas uma pergunta. O substituto , agora, se Serra deixar o governo, é Alberto Goldman. O ex-stalinista foi surpreendentemente indicado por Serra. O alto empresariado, que apoiava e financiava Serra, não entendeu. Além de todas as restrições, não tem votos. Mas haja o que houver, se Serra disputar a presidência o governador será Goldman.

Sem contestação, mas apenas por 9 meses, a duração da gestação de uma vida, embora em volta de Goldman, só exista o vazio. Mal comparando, Goldman é o Lembo de anos passados, sabia que só ficaria esses 9 meses. Ficou.

Já em relação ao governador a ser eleito em outubro, só existe um candidato e um vencedor. Serra bem que gostaria de “repetir” o Kassab, que sem ele não teria sido reeeleito. Serra ainda tentou que o candidato fosse o prefeito, mas o PSDB se movimentou e fez duas comunicações a Serra em relação a Alckmin.

1 – Em público, apoio discreto ao ex-governador. 2- Em particular, afirmação incisiva, decisiva e definitiva: “O candidato tem que ser do PSDB”. Serra entendeu imediatamente, logo se reconciliou com o presidenciável do PSDB em 2006.

Terminando com uma perguntinha inócua, ingênua e inútil: por que Serra lutou tanto para eleger Kassab, quando tinha um companheiro que se elegia sozinho e sem esforço? O que acontecerá na certa em outubro.

Isso faz parte do temperamento autoritário, arbitrário e atrabiliário do ainda governador.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *