Roberto Irineu e João Roberto Marinho deixaram de ser controladores da TV Globo. Por que tão inesperada decisão?

Resultado de imagem para roberto irineu e joão roberto marinho

Os irmãos, na noite de autógrafos do Boni

Carlos Newton

Sem qualquer alarde, para não dizer, em quase segredo, os irmãos Roberto Irineu e João Roberto Marinho, acionistas controladores da Globopar – Globo Comunicação e Participações S/A, uma das maiores redes de televisão do mundo, transferiram a quase totalidade de suas ações ordinárias e preferenciais para seus herdeiros diretos. Apesar de continuarem no comando efetivo desse conglomerado de comunicação, Roberto Irineu ficou como titular de somente cinco ações e João Roberto com apenas uma, de um total de mais de milhão.

O processo de transferência do controle acionário da Globopar teve rápida e inusitada tramitação no Ministério das Comunicações, cuja lentidão burocrática é referência. O pedido foi protocolado em junho de 2015  e cinco meses depois, ainda em dezembro de 2015,  já havia parecer aprovando a alteração do novo quadro societário da Globopar (leia-se: Rede Globo).

DILMA ENGAVETOU – A presidenta Dilma, contudo, negou-se a deferir o requerimento feito pela família Marinho, cuja minuta de decreto foi-lhe encaminhada pelo Ministério das Comunicações em janeiro de 2016. A chefe do governo manteve o processo da poderosa rede de televisão em banho-maria em seu gabinete e, por certo, acabou esquecendo o assunto, em meio à crise do impeachment.

Importante esclarecer que o decreto de autorização da transferência da concessão para serviço de radiodifusão de sons e imagens nos municípios do Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Recife e Distrito Federal (antes outorgada aos irmãos Marinho e agora passada a seus filhos e herdeiros), acabou sendo assinado pelo presidente interino Michel Temer. Foi um de seus primeiros atos à frente do Executivo Federal.

AUTORIZAÇÃO PRÉVIA – Essas alterações societárias foram autorizadas pelo próprio presidente da República por ser a Globo Comunicação e Participações S/A concessionária de serviço de radiodifusão. E o Código Brasileiro de Telecomunicações estabelece que as entidades concessionárias e permissionárias de serviços de radiodifusão só poderão realizar alterações contratuais e estatutárias, se houver mudança dos objetivos sociais e alteração do controle societário das empresas, desde que haja prévia anuência do órgão competente do Poder Executivo.

Em se tratando de transferência de controle majoritário e da outorga, a competência é exclusiva do presidente da República.

UMA S/A FECHADA – A Globopar é uma sociedade anônima fechada, sem ações na Bovespa. Com toda certeza, se as ações estivessem sendo negociadas na Bolsa de Valores, a queda de cotação poderia ser bem acentuada, em função da transferência do controle para os herdeiros dos irmãos Marinho, que ainda não têm a necessária experiência no campo empresarial e na gestão de um tipo de negócio tão complexo, delicado e abrangente.

Pergunta que é feita: por que a antecipada sucessão societária em nome de filhos, esposas e outros, exatamente no auge da vitalidade financeira, técnica, gerencial e artística das Organizações Globo, que levou os irmãos a se posicionarem entre os empresários mais bem-sucedidos e ricos do mundo?

E ROBERTO MARINHO? – Como se sabe, o lendário jornalista e empresário Roberto Marinho, falecido em 2003, só se afastou do comando das Organizações Globo com quase 90 anos, quando teve de demitir seu mais competente executivo, José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, mentor do vitorioso conglomerado de comunicação. Roberto Marinho não precipitou nem antecipou a sua sucessão, e a estratégia deu certo.

Seus filhos Roberto Irineu e João Roberto ficaram encarregados de conduzir o conglomerado empresarial, pois o outro irmão, José Roberto, não se intromete nos negócios. E o fato concreto é que Roberto e João conseguiram vencer situações de crise e fizeram as empresas crescerem ainda mais. No entanto, agora buscaram um caminho totalmente contrário ao seguido pelo patriarca Roberto Marinho. É muito estranho, para dizer o mínimo.

MUDANÇA NO PAPEL – É claro que a troca de guarda não vai acontecer, só existe no decreto presidencial. A Globopar continuará gerida por Roberto Irineu e João Roberto – e não necessariamente nesta ordem, porque o principal executivo é justamente o mais jovem, que cuida dos problemas mais delicados, digamos assim.

Certamente surgirão especulações de que o apoio das Organizações Globo à derrubada de Dilma foi fruto do engavetamento do decreto. No entanto, essa versão não parece ter consistência. Embora o presidente interino Temer tenha se apressado a assinar o decreto, desde que foi divulgada a gravação de Joesley Batista, o atual chefe do governo também passou a ser fustigado implacavelmente e já houve até editorial de O Globo pedindo a renúncia dele.

###
P.S.
O assunto é interessante, instigante e inquietante, porque ainda não há explicação nem justificativa para a decisão dos irmãos Marinho. É claro que voltaremos a abordar a questão. Sempre com exclusividade, por óbvio. Como dizia nosso amigo Ibrahim Sued, em sociedade tudo se sabe. (C.N.)

26 thoughts on “Roberto Irineu e João Roberto Marinho deixaram de ser controladores da TV Globo. Por que tão inesperada decisão?

  1. PEDALADAS FISCAIS X CICLISMO FISCAL, OU SERÁ CATACLISMA FISCAL ? FALA SÉRIO, CARO JOSIAS, CATACLiSMO FISCAL é o nome mais próximo do fenômeno que que todos estamos vivenciando e sofrendo na própria carne ? A FARRA ACABOU. NÃO HÁ COMO ACREDITAR NUM $ISTEMA QUE DE TÃO PODRE QUE É GOLPEIA ATÉ MESMO A SI PRÓPRIO. Tudo isso num país que sabe tudo mas que na hora H do pega pra capar, no frigir dos ovos, ninguém sabe nada, ninguém viu nada e nem quer saber de nada, fica o dito pelo não dito, o quadrado pelo redondo… e assim segue o enterro. https://josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br/2017/08/31/governo-temer-celebra-aniversario-do-impeachment-praticando-ciclismo-fiscal/#comentarios

  2. Já estão bilionários, não precisam mais se preocuparem, os governos militar e civil, sempre foram benéficos com esta família, coisa que o cidadão comum jamais conseguiria, empréstimos com juros baixíssimos, por isto que não queriam Brizola presidente do Brasil, ele sempre focou este assunto, este país é de amargar, só tem frouxo.

  3. Coincidência que talvez só acontecem no Brasil.

    Dois grandes grupos familiares, cujas empresas estão no centro de ações da justiça quer seja pela Zelotes os titulares se afastam.

    Gerdau anuncia saída da família de direção da empresa e escolha de novo CEO
    Gustavo Werneck da Cunha, hoje diretor-executivo no Brasil, será presidente; troca foi anunciada no dia em que ex-executivos da empresa foram denunciados na Operação Zelotes.

    Sera que tem algo que ainda não sabemos também na Globo?

    ou serão só ….

    Coincidências???

  4. Brizola é quem sabia bem sobre os irmãos marinho. Em uma de suas tiradas ele disse que
    “o projeto dos atuais Marinho não é igual ao de sempre influenciar os governos para obter vantagens. Daqui para a frente, é fazer o governo.”

  5. Os bilhões dos Marinho, bem aplicados, e os privilégios que essa dinheirama proporcionou, como comprar uma balsa só para levar uma mangueira de 30 anos produzindo mangas sensacionais para ilha deles, são suficientes, para os 3 filhos morrerem podre de ricos, para os netos montarem todos os cavalos que sonharem e morrerem podre de ricos, para continuar no topo da pirâmide.
    Numa hora dessas, governo que se dane, e uma TV que deixou de ter poder devido as novas mídias sociais, é só um trambolho no caminho…

    É o fim da GLOBO dos Marinho, vamos ver agora que MONSTRO pior virá tomar o seu lugar, e de que formato será….

    • Que o povo, o povão mesmo, 210 Milhões de brasileiros, que ainda assistem novela, órfãos não ficarão…
      Sempre haverá o Big Brother, o Pai Padrone aguardando que esse povo “se ajoelhe” na frente do televisor depois das 20 horas…

  6. Sucesso aos novos dirigentes!
    Imagino que seja muito difícil produzir notícias e contar a história num país de iletrados como o nosso.
    Assim, a globo está de parabéns, pois sempre foi eficiente e clara em em suas mensagens. E todos aqui sonham com seus quinze segundo na tela da globo.

  7. Rede Globo, fábrica de novelas com todo tipo de perversão, levando aos lares que assistem, um verdadeiro festival de crimes, deveria ser banida da tv brasileira, crianças assistem esta porcaria todos os dias, já foi tempo onde havia novelas que pudéssemos assistir, tv tupi, excelsior, foram emissoras que valiam a pena, hoje todos copiam rede globo, só produzem porcarias.

  8. Você fica exaltando uma pretensa e falsa capacidade empresarial dos irmãos Marinho, quando sabemos que a Globo estava quebrada em dezembro de 2002 quando houve a desvalorização cambial e a Globo estava toda endividada em dólar, e aí o BNDES salvou a Globo aportando capital. Foi uma troca: a Globo blindou FHC escondendo a Miriam Dutra na Espanha, e o BNDES salvou a Globo capitalizando a Globopar. Matérias na internet sobre isso não faltam.

    http://jornalggn.com.br/noticia/o-dia-em-que-a-globo-foi-salva-pelo-bndes

    http://www1.folha.uol.com.br/fsp/dinheiro/fi2003200212.htm

    http://www.diariodocentrodomundo.com.br/o-que-teria-acontecido-se-o-bndes-nao-salvasse-a-globo-na-gestao-fhc-por-paulo-nogueira/

    • Obrigado, Alverga, porque essas “matérias” me fazem rir e eu estava precisando. O que tem de matéria furada sobre as relações da Globo com o BNDES não está no gibi.
      Eu estava presente à reunião da comitiva da Globo com o vice-presidente do BNDES em 2004, quando a empresa foi pedir dinheiro e o BNDES negou. O que tem na internet de matéria furada sobre isso não está no gibi. Eu queria ter “dificuldades” financeiras iguais às que são atribuídas à Globo.

      Abs.

      CN

  9. Escrevi meses atrás sobre essa rejeição que sofre a Rede Globo, contrariamente à sua audiência que ou aumenta ou se mantém nos melhores índices há muito tempo e, claro, superior às demais.

    O próprio Faustão, um programa execrado por mil entre mil cidadãos, encontra-se no seu auge, e com o seu animador à testa do Domingão há 25 anos!

    Da mesma forma não há jornal televisivo à noite que bata o JN, e muito mais difícil, praticamente impossível, as novelas!

    Igualmente as programações esportivas, e por mais que seus detratores tenham cólicas intestinais, a qualidade de transmissão da Globo é imbatível!

    Ora, se o nosso povo, inculto e incauto, em consequência alienado político, quer este tipo de programa para se distrair, fazer o quê?!

    Culpar a emissora?

    Acusá-la de inimiga política de governos que ocupam o Planalto volta e meia?

    Não gostam quando a Rede veicula a corrupção e desonestidade dos parlamentares e dos poderes executivos pelo país?!

    “Não, ela protege governos para obter vantagens …” por favor!

    Quem não age assim neste Brasil falido ética e moralmente??!!

    MUITO ANTES de se criticar a Globo, que EMPREGA milhares de pessoas, temos os poderes carcomidos pela podridão de condutas nefastas e perniciosas de seus representantes;

    MUITO ANTES de se criticar a Globo, que EMPREGA milhares de pessoas, temos de nos opor aos salários milionários de parlamentares e magistrados, acrescidos de penduricalhos ilegais e imorais, uma das causas dessa crise financeira que nos encontramos;

    MUITO ANTES de se criticar a Globo, que EMPREGA milhares de pessoas, temos de protestar e veementemente, contra esta violência que nos aniquila diariamente, cujo saldo a cada ano acusa mais de 60 mil pessoas mortas estupidamente;

    MUITO ANTES de se criticar a Globo, que EMPREGA milhares de pessoas, temos de reclamar e, contundentemente, da péssima saúde pública, que não atende a demanda e imola milhares de pessoas a cada ano por falta de atendimento médico especializado e cirurgias seletivas;

    MUITO ANTES de se criticar a Globo, que EMPREGA milhares de pessoas, temos de acusar os governantes como responsáveis pela morte de milhares de pessoas nas estradas nacionais por falta de manutenção e fiscalização, inclusive com a saída da PRF de vários de seus postos de controle nas rodovias federais por FALTA DE VERBAS.

    Eu seguiria com um rosário de graves problemas MUITO ANTES de criticar a Globo – bastando eu trocar de canal ou ler um livro ou ver um filme, de modo que eu não sofra a sua maquiavélica “influência” – que eu resolveria a questão das contestações de sectaristas e fanáticos petistas dessa maneira tão simples, se não existissem gravíssimos problemas que, se comparados aos gerados pela Globo estes são absolutamente pueris!

    Que o seu erro mais importante, relevante, tenha sido contra Brizola quando o gaúcho se candidatou pela primeira vez a governador do Rio não discuto, mas a emissora teve de se retratar em pleno JN, e as feições de Cid Moreira ao ler este pedido de desculpas em pleno ar é antológico, dando a impressão que teria uma síncope no noticioso!

    Agora, se é esta a grade de programas que o povo quer, decididamente só se os diretores da Rede fossem imbecis e idiotas para propor mudanças, e eu deixando para comentários que me expliquem as razões pelas quais os governos tão “criticados injustamente” pela emissora não deixam de pagar verdadeiras fortunas pelas divulgações de (mal)feitos dos poderes?!

    Ué, se cortassem as verbas de propaganda gastos com a emissora ela iria à falência, então por que essa medida simplória não é levada a efeito?

    A verdade é que a Globo incomoda, e se tornou tão grande que mesmo a corrupção e desonestidade dos poderes não a abalaram, não conseguem moldá-la como desejam, restando as críticas, as acusações, os protestos, MUITO ANTES DE SEUS DETRATORES SE PREOCUPAREM COM O QUE DEVEM, como as razões que citei acima.

    • Os defeitos da Globo são similares aos do resto da grande mídia televisiva brasileira. Alguém poderia dizer, com seriedade, que estaríamos melhor com uma mídia em que o SBT ou a Record ocupasse posição de liderança?

  10. A Globo quebrou em 2002 com a desvalorização do câmbio, estava toda endividada em dólar, que foi a R$ 4. Isso é público e notório, o BNDES aumentou significativamente o capital da Globopar, e isso foi inclusive objeto de questionamento do TCU. São fatos que eu não entendo porque você não admite. O Azenha dissecou a operação. E tudo ocorreu no final de 2002 e do segundo mandato de FHC, quando nem o Carlos Lessa nem você estavam no banco.

    http://www.viomundo.com.br/denuncias/nos-meses-finais-de-fhc-no-planalto-bndes-salvou-net-da-familia-marinho-com-injecao-de-r-300-milhoes-ou-80-do-dinheiro-novo.html

    http://www.viomundo.com.br/denuncias/senador-requiao-bndes-perdeu-r-25-milhoes-em-dinheiro-publico-ao-salvar-a-net-da-globo-no-final-do-mandato-de-fernando-henrique-cardoso.html

    • Acorda, amigo Alverga, não adianta buscar informações contra a Globo na internet, nos blogs de ex-funcionários da emissora… O BNDES não salvou a Organização Globo, por um simples motivo: ainda não precisou ser salva…

      Abs.

      CN

    • Alverga, é desagradável repetir a você que a megaoperação não houve, o BNDES foi proibido pelo TCU de emprestar dinheiro a qualquer empresa do grupo Globo, enquanto não fosse pago o empréstimo da Net, que à época se chamava GloboCabo.

      Abs.

      CN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *