Ruppert Murdoch, o gangster da Comunicao, vai salvar jornais e revistas impressos

Comeou com um jornalzinho na Austrlia, foi para os EUA. Hoje dono de todos os tipos que influenciam o cidado-contribuinte-eleitor.

Suas ltimas compras: Wall Street Journal, por preo no revelado, E a cadeia de televiso por assinatura, Directv, pela qual pagou 27 BILHES de dlares. Assim, embora seja um gangster, o que fala obtm repercusso, menos no Brasil.

Sua ltima afirmao, indita: A internet deve levar no mnimo 20 anos para liquidar os jornais impressos. Mas a TV-por-assinatura j est perto de ultrapassar a TV-aberta.

E d os motivos: A TV-aberta ficar com mais audincia, mas em termos de Poder de faturamento, ser vista por gente de segunda e terceira categoria em termos de consumo. A CLASSE A inteira e uma parte da B, monoplio da TV-por-assinatura.

No se pode discordar dele.

Murdoch no falou (no estava interessado?), mas existe um fato j concretizado, consolidado e caracterizado: muitos anunciantes de produtos que seduzem e interessam ao mesmo tempo as classes A, B e C exigem(e lgico, recebem) bonificao.

O maior exemplo: automveis. Anunciam muito mais na televiso por assinatura. Frequentam tambm a TV-aberta, mas apenas para manter o bom relacionamento veculo-anunciante-agncia. E as televises por assinatura esto de tal maneira sobrecarregadas, que no intervalo voc muda de canal no s por impulso mas tambm para fugir do anncio, corre o risco de ser atropelado.

Pois uma avalanche de carros se exibindo de todas as formas, por 5,6, 8 e at 10 minutos. A regulamentao limita o intervalo a 3 minutos, mas sem fiscalizao e com a obrigatria bonificao, no aguentam. Reparem: os anncios das televises abertas so mais rpidos.

Ruppert Murdoch hoje o homem mais importante da comunicao do mundo. Apesar de no ser aristocrata, (que os outros proprietrios da comunicao tambm no so, mas se julgam) respeitadssimo. Por ser vitorioso em tudo em matria de mdia. Fez um jornal impresso que vende muito, fica entre os tablides sensacionalistas e os tradicionais: o US Today.

Comporou o Wall Street Journal, o que ningum imaginava, tem aes importantes do New York Times, participaes em jornais de prestgio em muitos estados. Quando surgiram outros tipos, NO IMPRESSOS, se apossou deles. E viu na frente de todos o que vai representar a internet. E est apostando forte, embora tenha jornais dirios, revistas semanais, televiso aberta e por assinatura.

Mas apesar de seguidamente cham-lo de gangster (e os outros no mundo todo, representam o qu?), ele o mais lcido. E vai salvar a todos do setor de comunicao. Deixou isso visvel agora, e na primeira entrevista publicada a meses.

Pode ter sido comercial ou industrial, mas foi quase genial quando afirmou como um mercenrio empresrio: A internet nasceu errada, no podia ser de graa. E completou: Vou vender jornais pela internet, cobrando o mesmo preo que pagam nas bancas.

* * *

PS- Fazendo a internet produzir no apenas incultura, pornografia, pasmaceira, o fim da juventude e a adolescncia, mas tambm lucros, Murdoch vai salvar a imprensa-impressa, jornais e revistas.

PS2- Vai reinventar a internet, permitindo que seja utilizada por jovens, adolescentes, pessoas de mais idade e at os que resistem de tal maneira ao tempo, que so chamados de idosos. Vocs vero essa reinveno, lendo jornais nas mos.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.