Sarney: 44 anos de dinastia estadual, um pouco menos de enriquecimento ilcito nacional

Zequinha Sarney, que exemplo

o nico filho (fora a neta) no acusado de nada. Ministro do Meio Ambiente, resistiu a tudo, incluindo o ambiente que encontrou em casa. Teve que conviver nesse meio.

Fernando Sarney, mau exemplo

preciso complacncia, no exagerada, com Fernando Sarney. Afinal, ele tem relacionamento quase dirio com Ricardo Teixeira, devia ter sido orientado e alertado. Mais diante do que o pai fazia, servindo subservientemente ditadura e enriquecendo ilicitamente, nada que o filho fizesse poder ser considerado ultrajante.

Jos Sarney, nada exemplar, mas familiar

Em 1960, Jos Sarney comeou a bradar: preciso acabar com a dinastia de Vitorino Freire, h 40 anos dominando o Maranho, empobrecendo-o, aviltando-o, explorando-o.

A dinastia Sarney ultrapassa a de Vitorino

A pregao de Sarney foi repercutindo, como no repercutir tendo no auditrio um povo faminto, abandonado, isolado, maltratado, desrespeitado e desprezado?

Maranho, desrespeito total

Sarney, diante da repercusso das denncias contra Vitorino, foi ampliando o tom, aumentando a ambio e o desejo de conquista do Poder verdadeiro e sem contestao. Nem ele mesmo acreditava, no tinha dinheiro para nada, o pai, desembargador corretssimo, s tinha a aposentadoria e mais nada.

Sarney governador na ditadura

Todos os mandatos de governadores eram de 4 anos. Apenas trs duravam 5 anos, o que facilitou a vida de Sarney. Eram: Minas, Guanabara, Maranho. Ento Sarney, em vez de disputar a eleio para governador em 1964, concorreu em 1965, j patrocinado pelo golpe. Generais foram l, personalidades civis tambm.

O tempo e o golpe na carreira de Sarney

Ento, surpreendentemente para quem olha apenas na superfcie, Sarney se elegeu governador. Vitorino no era contra a ditadura, bem ao contrrio. Quando morreu Dona Santinha, (mulher do presidente Dutra) existe famosa foto dos generais Geisel (Orlando e Ernesto) no cemitrio, com um guarda-chuva, cobrindo e protegendo Vitorino, realmente chovia muito.

Para o golpe, Sarney era a mudana

Os que derrubaram os civis em 1964 apregoavam hipocritamente: Vamos revolucionar o Brasil, haver mesmo renovao em vez de continuao. Assim, no podiam apoiar Vitorino que estava h 40 anos como ditador do Maranho, apostaram em Sarney.

Os intermedirios com Sarney e Vitorino

Precisavam alertar Sarney e convencer Vitorino. Golbery foi mandado conversar com Sarney, dizer o que esperavam dele, o que tinha que fazer. Foi fcil, s queria o Poder, assumiria qualquer compromisso.

Os Geisel sofrem para convencer Vitorino

Orlando e Ernesto estavam na lista da presidncia, usaram o fato para amansar Vitorino. Este resistiu, mas o que fazer? Alm do mais, os Geisel eram poderosos mesmo, Vitorino ficou seduzido pela compensao.

Comea a carreira e a fortuna de Sarney

Eleito governador em 1965, os outros 18 se elegiam em 1964. Terminavam em 1968, e sem eleio vista. Sarney terminava em 1970, meses depois a eleio de senador. Ele se elegia, como perder? Era a ida triunfante para Braslia. Deixava o Maranho mais pobre e ele naturalmente mais rico, no caminho de mais riqueza.

Binicos de Geisel, Sarney no quer

Em 1974, o governo golpista perde a eleio para o Senado. Com medo de 1978, (seriam ento dois teros) Geisel cria os senadores sem votos. Acaba o mandato de Sarney, mas espertssimo, Sarney disputa a eleio no voto, coloca um amigo como binico.

A sorte e a sorte de Sarney Berro dgua

O novo mandato de Sarney vai at 1986, mas no jogo poltico atico, Sarney cogitado para vice. Quer ser vice de Maluf, pede a um grande jornalista, (infelizmente morto) para falar com o paulista, que recusa com veemncia.

Vice de Tancredo, espantoso

Nos caminhos e descaminhos da redemocratizao, o cacife de Sarney est alto por ter servido ditadura, a escolha indireta. Convidado de Tancredo, vou a Braslia para a posse. E fiquei sabendo de coisas, no confirmadas ainda.

Sarney se desincompatibiliza

No dia 14 de maro de 1985, s 4 e meia da tarde, Sarney faz o discurso renunciando (que palavra, que se recusa a pronunciar agora) para assumir a vice. Estou na entrada do plenrio Sarney me convida para um caf. (No esquecer: dias antes, dei um famoso jantar para Tancredo, presidente eleito e ainda no empossado, o contestado Sarney estava l).

Susto-alegria de Sarney

Na conversa, naturalmente pergunto a Sarney: Preparado para o Poder?. Sarney responde: Nada, apenas uma vice, o que digo, baseado no fato de metade dos presidentes terem vindo da vice. noite, muitas surpresas, incluindo a no posse de Tancredo. Estando em Braslia, convidado de Tancredo com lugar marcado, vou posse. Sarney me v, deixa a mesa, me imprensa: Ontem voc j sabia, no me disse nada.

O Poder nacional depois do estadual

O Sarney que fica na Presidncia, sem referendo popular, sem voto, sem povo e sem urna, um homem muito feliz. S que o Sarney que se transforma em Presidente da Repblica inteiramente desconhecido para todos, menos para a famlia, que j o conhecia muito bem. Cumpre 5 anos de um mandato de 4, ainda queria 6.

44 anos da dinastia Sarney no Maranho

Derrubando Vitorino e seus 40 anos, Sarney cumpre 44 anos da sua dinastia, que ningum consegue destruir. A filha querida derrotada, ele trabalha, ela volta ao Poder. E com ela, o patriarca Sarney. O que acontecer?

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.