Se Deus é onipresente, as pessoas podem fazer as orações em suas próprias casas

O momento é de manter odistanciamento e evitar aglomerações

Pedro do Coutto

Em um excelente artigo na Folha de São Paulo desta segunda-feira, o professor Hélio Schwartsman sustentou a tese de que se Deus é onipresente, todas as pessoas podem fazer orações de suas casas. Por isso, considera um equívoco a decisão do ministro Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal, em determinar o funcionamento normal das igrejas e templos religiosos.

Para Schwartsman, um homem altamente culto, Nunes Marques não entendeu bem o que está acontecendo no país. O momento é de manter o distanciamento e evitar aglomerações, pois estas facilitam a circulação da Covid-19 que está contaminando no país uma média diária de 80 mil pessoas.

EM CASA – Não se trata de limitar temporariamente os direitos dos cidadãos para conter a epidemia. Rezar é de todas as atividades a que mais facilmente se pode adaptar ao home office. Acrescenta o articulista, se Deus é onipresente, não há problema em que cada pessoa faça as suas orações em suas próprias casas.

Deus é absoluto, na visão de Einstein, e tudo mais torna-se relativo. Daí o cientista partiu para modificar a cultura científica. Entretanto, na minha opinião, essa concepção de Schwartsman pode tornar a ideia de Deus também relativa, uma vez que sem ela não haveria a relatividade descoberta pelo homem que mudou a ciência superando a Lei de Newton.  

Se perguntarem a mim se Deus existe, de fato, eu digo que sim. Parto do princípio que uma ideia que tem mais de 5 mil anos, a partir da versão judaica, e dois mil anos a partir da corrente cristã, não pode haver dúvida quanto a mistérios e enigmas. Uma farsa não pode atravessar todo esse tempo em vão. Isso de um lado.

ACEITAÇÃO – De outro, pelo menos 90% da população no mundo acredita em Deus, tanto os israelitas, quanto os católicos, os evangélicos e os muçulmanos. Portanto, a atmosfera conduz a verificarmos que Deus está presente em decorrência da aceitação de número tão grande de seres humanos. O cálculo atual sobre o número de habitantes da Terra é de 7,7 bilhões de pessoas. Há aqueles que declaram serem ateus “graças a Deus”.

Ironia à parte, deve-se assinalar que em todos os dias, em todas as horas, bilhões de pessoas fazem apelos ao Divino. Numa canção de Caymmi, o personagem sai do Pará em vem para o Rio de Janeiro. Diz ele: “Mamãe me deu conselhos / Na hora de eu embarcar /Meu filho ande direito /Que é pra Deus lhe ajudar”. Dorival Caymmi colocou um aspecto muito importante, qual seja dizer que para Deus ajudar é preciso que o ser humano ande direito.

PINTURA DE MICHELANGELO –  Na Capela Sistina, em Roma, Michelangelo pintou uma imagem com Deus esticando o braço para tocar a mão de Adão. E Adão esticando o braço para tocar a mão de Deus. No entanto, ficou um espaço entre as duas mãos com os braços estendidos fortemente. Michelangelo, acrescento, tinha certeza de sua imortalidade e projetou uma tentativa irrealizável. Se ele acreditasse que era possível, teria pintado as duas mãos se encontrando. É preciso não só ver o fato, mas ver no fato, como é aliás uma das qualidades de Schwartsman.

Fui amigo de Antonio Houaiss, tradutor de “Ulysses”.  Em um almoço, sugeri um projeto que fosse capaz de abordar os textos contidos na Bíblia judaica e no Novo Testamento cristão porque se os redatores foram pessoas comuns, como explicar a sofisticação dos textos e o ritmo das frases e dos destaques?

No caso do Novo Testamento, como é o caso de Mateus, Lucas, Marcos e João. Há também textos deixados por São Pedro, que era um pescador. Mas Houaiss, com quem trabalhei na Enciclopédia Delta Larousse, nos deixou e viajou para o sempre. Poucas pessoas no Brasil seriam capazes de coordenar um projeto desta ordem.  Ele achou a ideia boa. Deixo-a como sugestão.

FOME – A fome atingiu 19 milhões de brasileiros na pandemia em 2020. Eles estão entre as 116,8 milhões de pessoas que conviveram com algum grau de insegurança alimentar no Brasil nos últimos meses do ano, o que corresponde a 55,2% dos domicílios.

Reportagem de Victória Damasceno, manchete principal da Folha de São Paulo de ontem, destaca o gravíssimo problema que inclusive ameaça os grupos sociais de menor renda. A pesquisa foi realizada pela Rede Penssan (Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional).

Não é para menos a existência da fome. No governo Jair Bolsonaro os salários estão congelados enquanto os preços sobem à vontade. É a teoria de Paulo Guedes que fracassou em todos os projetos que fez. Não há como resolver os desafios sociais com a redução salarial. Os salários estão perdendo para a inflação. Até para a inflação do IBGE, que a meu ver encontra-se subestimada.

SALÁRIO MÍNIMO – A mesma pesquisa que Victória Damasceno aborda, acentua que uma parcela muito grande dos brasileiros tem dificuldade em adquirir alimentos. É claro: há o desemprego e vivemos em um país em que 30% da mão-de-obra ativa ganham apenas o salário mínimo.  

Cinquenta por cento recebe de um a dois e meio salários mínimos. Acho que o IBGE está encontrando sérias dificuldades para divulgar a situação inflacionária existente.  

“EVANGÉLICA” – O tema relativo à decisão do ministro Gilmar Mendes foi também abordado por Merval Pereira em sua coluna de ontem, no O Globo. Mas há um aspecto que desejo frisar, há igrejas evangélicas que elegem parlamentares evangélicos, como eles se apresentam. Entretanto, eu estranho a denominação “evangélicas” como somente protestantes.

Evangélicos são todos os cristãos que acreditam na herança milenar legada a partir da crucificação. Jesus Cristo, para mim, é a maior figura da história humana. Tanto assim que dividiu o templo entre antes e depois dele. Mas essa é outra questão. Os evangélicos, todos os cristãos, seguem o Novo Testamento, caso de Mateus, Marcos, Lucas e João. Portanto, evangélicos são também os católicos.

Os protestantes são aqueles que seguem a revolução provocada por Martinho Lutero no século XVI. Aliás, Lutero deve merecer um lugar de mais destaque na história universal. Mas essa é outra questão.

PREÇO DO GÁS – Reportagem de Nicola Pamplona, Folha de São Paulo de terça-feira, destaca que a Petrobras, na fase final do mandato de Castello Branco, vai reajustar, a partir d 1º de maio, o preço do gás canalizado e mais uma parcela que completa 39% só em três meses deste ano.  

Antes foi reajustado no final de 2020 em 32%. Segundo a Petrobras, o reajuste decorre devido à elevação do dólar, dos preços do mercado internacional e do custo de transportes. A meu ver o aumento é absurdo, pois os consumidores, todos nós, nada temos a ver com a consequência da taxa de câmbio.

Aquela taxa que alguns meses atrás, o mesmo ministro Paulo Guedes disse que o câmbio era flutuante, um dia vale R$ 4, no outro vale R$ 5.  No caso brasileiro, a flutuação verdadeira é aquela que passa de R$ 5 em uma escala que se aproxima de R$ 6. O câmbio flutuante é uma balela do ministro da Economia. Paulo Guedes transfere para IBGE a responsabilidade da tarefa de conter o índice inflacionário.

BANCO DO BRASILGeraldo Doca, O Globo, assinala que o novo presidente do Banco do Brasil, Paulo Ribeiro, dirigiu uma carta aos funcionários dizendo que sua administração seguirá o alinhamento traçado pelo presidente Bolsonaro. Portanto, os servidores podem respirar aliviados, pois não haverá fechamento de agências e nem demissões incentivadas ou não. Aliás, pretendo escrever nos próximos dias um artigo sobre tais demissões e o custo verdadeiro das terceirizações.

As terceirizações custam muito mais caro às estatais do que se elas tivessem feito contratos provisórios, com definição de prazos. Se um dia revelarem o custo, verificarão um dos motivos para a manutenção de tal sistema.

RICARDO SALLESDaniel Carvalho, Folha de São Paulo de ontem, publicou importante matéria focalizando o elogio feito pelo vice-presidente Hamilton Mourão ao delegado da Policia Federal na Amazônia, Alexandre Saraiva. Saraiva atacou fortemente o atual ministro do meio ambiente, acusando-o de apoiar devastadores da região que chegaram a estocar 200 mil metros cúbicos de árvores derrubadas.

Hamilton Mourão dirige um grupo especial que supervisiona os desmatamentos e queimadas na Amazônia, crime que tanto influi para o aquecimento global quanto para desgastar a imagem do Brasil no exterior.

TUCANOSO repórter João Pedro Pitombo, em matéria de grande destaque na Folha de São Paulo, revela que com o apoio do governador João Doria, o PSDB iniciou um processo visando afastar bolsonaristas do partido e ao mesmo tempo entregar comandos regionais capazes de tentar uma aproximação com as esquerdas. Para mim, uma consequência do lançamento da candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva.

João Doria com a sua iniciativa está sinalizando que será candidato à reeleição em São Paulo, afastando-se da ideia de concorrer à Presidência da República em 2022. Ele estava disposto a enfrentar Bolsonaro nas urnas. Mas em relação a Lula não é esse o seu objetivo. Ao contrário, admite até um acordo com o ex-presidente da República. 

30 thoughts on “Se Deus é onipresente, as pessoas podem fazer as orações em suas próprias casas

  1. Ops, falha nossa. PIX não.

    Transferências por meios oficiais vão mostrar o enriquecimento desses homens de “deus” (bispos e pastores) com as “doações”.

  2. Quando perguntaram à Einstein se ele acreditava em Deus, ele respondeu: Creio no Deus de Baruch Spinoza, que se revela por si mesmo na harmonia de tudo que existe, não no Deus que se interessa pela sorte e pelas ações do homem.
    Como Eistein, creio no mesmo Deus de Spinosa, o resto, é puro engodo, uma artimanha que os espertalhões da História, desenvolveram para enganar e dominar os ignorantes e dominados.

  3. Bom dia , leitores (as):

    Senhor Pedro do Coutto esses autodenominados ” MAGISTRADOS E JURISTAS ” , querem tão somente meterem a mão nos ” BOLSOS E CARTEIRAS ” , dos incautos frequentadores das igrejas evangélicas , não importando se isso os levará ao contágio por ” COVID-19 ” e das pessoas em seu entorno , pois o único deus e santa que eles conhecem , adoram e idolatram , são o dinheiro e a corrupção .

  4. O que mais me chama a atenção são pessoas que não participam de nenhum seguimento religioso e condena o que participa.
    É lógico que em todos os seguimentos da sociedade tem os que prestam e os que não prestam , está ai os presídios que não deixa margem de dúvida.

    Mas as entidades religiosas faz o que o estado não faz …

    Por exemplo : o lado espiritual.

    Sou totalmente a favor das igrejas abertas que observa os protocolos sanitários ..

    Principalmente porque os transportes coletivos não observam qualquer protocolo sanitário.

  5. E é assim que começa o fim da liberdade vai se abrindo exceção por algo que parece certo e justificável .

    Só lembrar que um pequeno furo em uma represa de água, é só o começo do rompimento !

  6. Não funciona! Quaisquer tentativas de estabelecer uma relação com o Sagrado, sem a intercessão do pastor, será contraproducente. Pois o próprio termo, Onipresente já significa: Oni (tudo, todo) + Presente (corrente, atual, oferta, doação). E, o único Ente sob os céus, digno de Todos os Presentes, é ele mesmo: o Sr. Reverendo!

  7. Deus nos ama mais do que nós mesmos. Qualquer um, que tenha, um mínimo de razão, sabe onde a humanidade vai parar se não for corrigida com freios. Genocídio. O pai que ama o filho, o castiga e fica zangado quando o vê indo para o lado errado. Ele sabe o que estamos passando, sabe os sacrifícios, vai relevar se alguém deixar de ir na Santa Missa, pois temos também a obrigação de cuidar do nosso corpo, templo do Espírito Santo. Como tbm devemos, por caridade, manter o distanciamento social, para preservar a saúde de nossos irmãos. Falo como católico, para quem acredita e tem fé. Jamais devemos desprezar a fé em comunidade e a Santa Missa, dobde nos são distribuídos, os Dons do Espírito Santo, prlis Sacramentos. Os sacramentos são atos visíveis da Graça Divina. Chegará, se não chegou ainda, o tempo em que Deus será amado em Espírito e Verdade. REPITO. Falo como católico, para quem acredita e tem fé.

  8. Em vez de orar para o vento, não seria mais humilde pensar naqueles que precisam de ajuda, uma mão amiga cheia de pão em vez da etérea oração? É dando que se recebe e o senhor não precisa de prece – ele já tem um universo com bilhões de galáxias para se ocupar.
    Vamos lá, vamos ajudar, esqueçam pelo momento o deleite de orar.

  9. Para surtir efeito, há que se conhecer e invocar o nome correto, pois está escrito:
    “Meu nome será lembrado de geração em geração por aqueles que me conhecem e me amam e conforme Salmos 148:…4,5,6,7…

  10. Esse texto de Francisco Javier Ángel Real é o que dá maior significado a Deus. Que bom seria se a gente pensasse no Deus retratado no diálogo imaginado pelo autor.

    “Para de ficar rezando e batendo no peito! O que eu quero que faças é que saias pelo mundo e desfrutes de tua vida. Eu quero que gozes, cantes, te divirtas e que desfrutes de tudo o que Eu fiz para ti.

    Para de ir a esses templos lúgubres, obscuros e frios que tu mesmo construíste e que acreditas ser a minha casa. Minha casa está nas montanhas, nos bosques, nos rios, nos lagos, nas praias. Aí é onde Eu vivo e aí expresso meu amor por ti.

    Para de me culpar da tua vida miserável: eu nunca te disse que há algo mau em ti, ou que eras um pecador, ou que tua sexualidade fosse algo mau. O sexo é um presente que Eu te dei e com o qual podes expressar teu amor, teu êxtase, tua alegria. Assim, não me culpes por tudo o que te fizeram crer.

    Para de ficar lendo supostas escrituras sagradas que nada têm a ver comigo. Se não podes me ler num amanhecer, numa paisagem, no olhar de teus amigos, nos olhos de teu filhinho… Não me encontrarás em nenhum livro!

    Confia em mim e deixa de me pedir. Tu vais me dizer como fazer meu trabalho? Para de ter tanto medo de mim. Eu não te julgo, nem te critico, nem me irrito, nem te incomodo, nem te castigo. Eu sou puro amor.

    Para de me pedir perdão. Não há nada a perdoar. Se Eu te fiz… Eu te enchi de paixões, de limitações, de prazeres, de sentimentos, de necessidades, de incoerências, de livre-arbítrio.

    Como posso te culpar se respondes a algo que eu pus em ti? Como posso te castigar por seres como és, se Eu sou quem te fez? Crês que eu poderia criar um lugar para queimar a todos meus filhos que não se comportem bem, pelo resto da eternidade? Que tipo de Deus pode fazer isso?

    Esquece qualquer tipo de mandamento, qualquer tipo de lei; essas são artimanhas para te manipular, para te controlar, que só geram culpa em ti. Respeita teu próximo e não faças o que não queiras para ti. A única coisa que te peço é que prestes atenção a tua vida, que teu estado de alerta seja teu guia.

    Esta vida não é uma prova, nem um degrau, nem um passo no caminho, nem um ensaio, nem um prelúdio para o paraíso. Esta vida é a única que há aqui e agora, e a única que precisas.

    Eu te fiz absolutamente livre. Não há prêmios nem castigos. Não há pecados nem virtudes. Ninguém leva um placar. Ninguém leva um registro. Tu és absolutamente livre para fazer da tua vida um céu ou um inferno.

    Não te poderia dizer se há algo depois desta vida, mas posso te dar um conselho: vive como se não o houvesse. Como se esta fosse tua única oportunidade de aproveitar, de amar, de existir. Assim, se não há nada, terás aproveitado da oportunidade que te dei. E se houver, tem certeza que Eu não vou te perguntar se foste comportado ou não. Eu vou te perguntar se tu gostaste, se te divertiste… Do que mais gostaste? O que aprendeste?

    Para de crer em mim – crer é supor, adivinhar, imaginar. Eu não quero que acredites em mim. Quero que me sintas em ti. Quero que me sintas em ti quando beijas tua amada, quando agasalhas tua filhinha, quando acaricias teu cachorro, quando tomas banho no mar.

    Para de louvar-me! Que tipo de Deus ególatra tu acreditas que Eu seja? Aborrece-me que me louvem. Cansa-me que me agradeçam. Tu te sentes grato? Demonstra-o cuidando de ti, de tua saúde, de tuas relações, do mundo. Sentes-te olhado, surpreendido?… Expressa tua alegria! Esse é o jeito de me louvar.

    Para de complicar as coisas e de repetir como papagaio o que te ensinaram sobre mim. A única certeza é que tu estás aqui, que estás vivo, e que este mundo está cheio de maravilhas. Para que precisas de mais milagres? Para que tantas explicações?

    Não me procures fora! Não me acharás. Procura-me dentro de ti. Aí é que estou.”

      • Minhas antecessoras me disseram que a nossa colega não era venenosa.

        Supõe-se uma jiboia porque nem tão grande quanto as sucuris, anacondas e pítons reticuladas, e nem tão pequena, que a Eva não visse a minha irmã, a jiboia, lhe fazendo a proposta.

  11. Taí o resultado.
    O homem não sabe se reza, se não reza, se vai à Igreja, se fica em casa, se acredita ou não acredita, se tem fé “de mais ou fé de menos”, se contribui em dinheiro com a congregação, se pagando o dízimo será salvo ou não …

    A razão dessa inconstância e confusão mental, origina-se na crença do que falei para Eva:
    Experimenta o fruto do bem e do mal.
    Nhac, a dentada na fruta dada pela primeira mulher porque acreditou na cobra ou em mim, sabemos as consequências.

  12. Cumpri com a minha obrigação histórica, e fui castigada por isso.

    Desde aquela época que me arrasto, e sou o animal que mais medo e asco ocasiona na espécie humana.

  13. Que raciocínio mais simplista, se fosse verdade igrejas e templos nunca deveriam ter existido, e eles existem desde a Antiguidade. Simplificar esta questão é o que os governos mais querem, no nosso caso é ainda pior, a suprema corte está se metendo em seara alheia, como vem sempre fazendo. A liberdade de culto está prevista na Constituição e vem sendo desrespeitada desde o ano passado pelas decisões ditatoriais de governadores e prefeitos. A lei é para todos e deve ser respeitada, para os que acreditam em Deus ou não.

  14. Eu estava presente no Sermão da Montanha quando Jesus afirmou:

    “Mas, quando você orar, vá para seu quarto, feche a porta e ore a seu Pai, que está em secreto. Então seu Pai, que vê em secreto, o recompensará.”
    MATEUS 6;6

    O raciocínio do articulista está correto.
    Com o tempo, “as casas de Deus” se transformaram em balcão de negócios, onde a presença do fiel se faz necessária não para cultuar Deus, mas ele enaltecer a si mesmo e demais pessoas, mostrando que é religioso e tem “fé”.
    Mas na medida exata do seu óbolo, da sua doação, do seu dízimo.

    Ficar em casa e rezar tem o mesmo efeito que ir à igreja, templo, mesquita, sinagoga, oráculos, ermidas, capelas … além de ser bem mais econômico.

  15. Mas em relação a Lula não é esse o seu objetivo. Ao contrário, admite até um acordo com o ex-presidente da República.

    PSDBPT = PTPSDB.

    E ainda tem pessoas que acreditam que os dois partidecos corruptos são oposição um ao outro..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *