Sérgio-Cabral-Adriana Rattes, deveriam ser demitidos na hora

Ela “acabou” com a Casa França-Brasil, sem falar nada com o governador. Este assinou sem ler e sem saber. 5 deputados da Alerj protestaram (começando com Luiz Paulo Corrêa da Rocha). Serginho Cabralzinho Filhinho acordou, anulou o ato da secretária.

Ela não pode continuar, a irresponsabilidade dele mais uma vez comprovada. E a oposição consciente de que pode obter vitórias como essa, se opondo. Em tempo: nenhum órgão (a não ser o oficial) noticiou qualquer coisa. (A não ser este blog, que acompanhou tudo).

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *