Sergio Cabral filho, confuso, assustado, sem entender, querendo seguir Lula no caso Sarney, mas como?

O presidente do Conselho de Ética, é Paulo Duque, suplente do suplente do governador. Leal, sabendo que se não for, pode ser afastado, tenta buscar orientação com o “chefe”. (Chefão, mas não poderoso).

É que como Lula cada vez se revela mais contraditório no assunto, Serginho não sabe o que fazer. E “sente” que está a cada dia mais impopular, com medo de Gabeira, Lindemberg, sem perceber que o verdadeiro adversário é Garotinho. (Exclusiva)

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *