Supremo e TSE investigam financiadores dos atos antidemocrticos de 7 de setembro

7 de Setembro: o que vem pela frente depois dos atos

Investigaes vo identificar que pagou por essa festana

Mariana Muniz
O Globo

O Supremo Tribunal Federal (STF) e o Superior Tribunal Eleitoral (STE) abriram investigao sobre financiamento das manifestaes anitidemocrticas de 7 de Setembro das quais participou o presidente Jair Bolsonaro. Segundo a TV Globo, o STF incluiu a investigao no inqurito que investiga a organizao de atos contra instituies da Repblica, como o Congresso e o prprio STF.

Foram alvos desse inqurito, entre outros, o cantor Srgio Reis, o deputado Otoni de Paula (PSC-RJ) e o caminhoneiro Z Trovo.

QUEM PAGOU A CONTA? – O Supremo e o TSE querem saber quem financiou as viagens de caminhes e nibus de diferentes partes do pas e as dirias de hotis para participantes dos atos em Braslia e em So Paulo. H suspeita de que as manifestaes podem ter sido financiadas por empresrios ou polticos. O TSE tambm vai investigar se houve contedo de campanha eleitoral antecipada.

Ao determinar a investigao nesta quarta-feira, o corregedor-geral da Justia Eleitoral, ministro Luis Felipe Salomo, mandou incluir no inqurito administrativo provas de vdeo e notcias divulgadas pela imprensa que demonstrariam que as manifestaes podem ter sido financiadas por empresrios ou polticos.

Para o ministro, notcias divulgadas na imprensa e vdeos que circulam nas redes sociais mostram situaes que podem ter conotao de abuso de poder econmico e poltico. Por isso, pediu Polcia Federal que transcreva e investigue o material.

CAMPANHA ELEITORAL – H notcias nos grandes veculos de comunicao e redes sociais, que apontam que foram confeccionados bons e roupas, com a mesma finalidade e com eventual intuito eleitoral, o que pode ainda caracterizar possvel campanha eleitoral antecipada, explicou o corregedor.

Segundo o despacho desta quarta-feira, o material um vdeo divulgado nas redes sociais que mostra cenas do interior de um nibus que supostamente saiu de Pompeia, interior de So Paulo.

O inqurito administrativo foi aberto pelo TSE no incio de agosto com o objetivo de apurar a articulao de rede de pessoas que disseminam notcias falsas, investiga fatos que possam configurar abuso do poder econmico e poltico, uso indevido dos meios de comunicao social, corrupo, fraude, condutas vedadas a agentes pblicos e propaganda antecipada, relativamente aos ataques contra o sistema eletrnico de votao e legitimidade das Eleies 2022.

ATAQUE A MORAES – Ao falar na Avenida Paulista, Bolsonaro chamou o ministro do STF Alexandre de Moraes de “canalha”, disse que ele deveria “pegar o chapu” e deixar a Corte e afirmou que no iria mais cumprir decises de Moraes. Descumprimento de medidas judiciais crime, segundo o artigo 330 do Cdigo Penal.

Ele tem tempo ainda para se redimir, de arquivar seus inquritos… Ou melhor, acabou o tempo dele. Sai, Alexandre de Moraes! Deixa de ser canalha. Deixa de oprimir o povo brasileiro, deixa de censurar o seu povo. Eu falo em nome de vocs. Devemos determinar que todos os presos polticos sejam postos em liberdade disse Bolsonaro, classificando como “presos polticos” aliados seus que foram presos sob suspeita de cometer crimes contra a Constituio, como ameaar ministros do Supremo.

Dizer a vocs que qualquer deciso do senhor Alexandre de Moraes, esse presidente no mais cumprir. A pacincia do nosso povo j se esgotou. Ele tem tempo para pedir seu bon e ir cuidar da sua vida. Ele, para ns, no existe mais.

###
NOTA DA REDAO DO BLOG
O Alto Comando do Exrcito no apoiou essa valentia toda contra Moraes, relator de quatro inquritos contra Bolsonaro no STF e responsvel por decises contra apoiadores do presidente que ameaam as instituies e a democracia. O feroz Bolsonaro ento caiu na real, tremeu de medo e pediu arreglo. Conforme disse seu apoiador Otoni de Paula, era leo, virou gatinho. (C.N.)

12 thoughts on “Supremo e TSE investigam financiadores dos atos antidemocrticos de 7 de setembro

  1. Os ces de Pavlov da imprensa venal e prostituda salivam de dio quando escutam o nome Bolsonaro. Eu no sabia que a lei proibe financiamento e organizao de manifestaes pblicas.

    • A lei no probe manifestaes pblicas.
      A lei probe dinheiro PBLICO financiando manifestaes polticas e ideolgicas.

      Agora, se a tua expresso:

      “Os ces de Pavlov da imprensa venal e prostituda salivam de dio quando escutam o nome Bolsonaro … ”

      No for exatamente a demonstrao de dio incontido contra quem critica a pssima administrao de Bolsonaro, eu diria que s a reencarnao de Jesus!

      Valha-me Deus!

      • “A lei proibe dinheiro pblico … ”

        Isso a vale para o fundo eleitoral? Para a grana dos sindicatos? Para doaes do PCC? Para os 10% tomados obrigatoriamente dos filiados petistas nomeados a cargos pblicos (conforme o estatuto do pt)?

        J lestes o romance “Inocncia”?

  2. E quem financia quem?
    Ser que o Partido Comunista Chins financia algo ou algum?
    Sou eleitor do Bolsonaro e se provarem que ele financiado pelo PCC paro de votar nele.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.